Mundo
A guerra esquecida na República Democrática do Congo
Violência sem fim
Nos últimos meses uma violência absurda instalou-se por todo o lado como uma epidemia descontrolada. O presidente não quer abandonar o poder e as ruas encheram-se de tiros, morte e medo. Algumas igrejas têm sido vandalizadas, seminários destruídos e até uma irmã foi assassinada.
ver [+]
Fundação AIS lança campanha pela Igreja que sofre em África
Combater a indiferença
Só a Ásia se compara a África como o continente com o maior aumento de vocações sacerdotais. Este é o lado bom desta história. O pior é o resto: a violência, as guerras, a extrema pobreza, a fome e a ameaça do radicalismo islâmico. A Igreja em África...
ver [+]
Memórias do ataque a Bocaranga, na República Centro-Africana
Quatro horas de horror
Os Padres Capuchinhos e as Missionárias da Caridade estiveram na mira das armas de milícias rebeldes em Bocaranga. Durante quatro longas horas, a cidade transformou-se quase num campo de batalha, com tiros e explosões por toda a parte, com bandos de homens à solta, matando, ferindo, pilhando.
ver [+]
Os heróis que levam o Evangelho ao coração do Amazonas, no Brasil
Saudades da Missa
São dias e dias para se chegar a cada aldeia, a cada casa. São viagens enormes e perigosas em velhos barcos de madeira, nas únicas “estradas” na selva da Amazónia. A Diocese de Tefé, por exemplo, tem quase três vezes o tamanho de Portugal,...
ver [+]
Populações aterrorizadas com a guerra sem fim no Sudão do Sul
“Os ataques foram brutais…”
É um conflito tribal que já provocou mais de 10 mil mortos e dois milhões de refugiados. Ninguém está a salvo. A violência parece imparável. Quase todos os dias há relatos de violações de mulheres, de rapazes recrutados à força por grupos armados, de populações em fuga.
ver [+]
Iraque: reconquista não significa regresso imediato dos Cristãos
A sombra do medo
Igrejas esventradas, imagens decepadas, paredes queimadas, livros sagrados espalhados pelo chão. Aos poucos, com a libertação de vilas e aldeias no Iraque, em especial na chamada Planície de Nínive, percebe-se que os jihadistas se alimentam de ódio puro contra os Cristãos.
ver [+]
Índia: Igreja defende os direitos de milhões de “dalits”
Os insignificantes
Não têm direitos. Na Índia, há milhões de crianças, mulheres e homens que são vistos como indignos. São os “dalits”, os intocáveis. São milhões e, no entanto, é como se não existissem, como se fossem invisíveis, insignificantes. Muitos destes “dalits” são cristãos.
ver [+]
Anterior    9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24      Próximo
Na Tua Palavra
Não nos separemos d’Ele!
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Ainda está por escrever a história da perseguição à Igreja católica, durante o período da dominação soviética, nos países do leste da Europa.
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
A atribuição a José Mattoso do Prémio Árvore da Vida - Padre Manuel Antunes constitui um justo reconhecimento...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES