Mundo
Egipto: jihadistas atacam peregrinos em viagem para o mosteiro de São Samuel
Morrer outra vez
Foi há um mês. Um autocarro que se dirigia para o mosteiro de São Samuel, situado numa região desértica no Egipto, foi atacado por terroristas. Morreram sete pessoas. Quando soube da notícia, Nadia voltou a lembrar-se do seu filho, assassinado mesmo...
ver [+]
No Vale dos Cristãos, na Síria, a ajuda da Fundação AIS faz milagres
Aprendiz de anjo-da-guarda
Majd Jalhoum era dentista em Homs, a cidade onde começou a guerra na Síria. A violência dos combates obrigaram-na a fugir, tal como milhares de pessoas. Hoje vive em Marmarita, uma pequena localidade no chamado Vale dos Cristãos. A pobreza no país é...
ver [+]
Síria: a família Ghattas quer voltar ao lugar onde já foi feliz
Regresso a casa
O prédio onde viviam ruiu quando um morteiro desabou no telhado, reduzindo tudo quase a escombros. Desde então, a vida da família Ghattas tem sido um tormento. Não é fácil sobreviver no dia-a-dia num país em guerra. Mas agora, graças à ajuda da Fundação...
ver [+]
Crise independentista nos Camarões provoca onda de violência
Morrer com o terço na mão
Estava ajoelhado no chão, perto da igreja, quando soldados dispararam contra ele. Três vezes. Ninguém consegue compreender porque razão o mataram. Gerard Anjiangwe tinha apenas 19 anos de idade. O jovem seminarista sonhava servir a Igreja do seu país.
ver [+]
A missão discreta da Irmã Samia Jriej, em Homs, Síria
Pequenos milagres
A cidade de Homs esteve no centro da guerra na Síria. Por lá travaram-se encarniçadas batalhas que trouxeram sofrimento e morte. No meio do caos, algumas irmãs do Sagrado Coração faziam o que podiam em socorro das populações. E nunca deixaram de erguer...
ver [+]
A história incrível de um jovem perdido no mar na Indonésia
Quarenta e nove dias
Passaram por ele dez barcos, mas ninguém o viu. Passaram dias e noites, passaram horas e semanas, e ninguém o viu. Arrastado pelo vento, numa cabana de madeira que se transformou em jangada, o jovem Adilang, de 18 anos, sobreviveu a comer peixe cru e a beber água filtrada pela roupa.
ver [+]
Síria: um vale de lágrimas no Vale dos Cristãos
Fazer a diferença
Maha Sanna já perdeu a conta às lágrimas que chorou desde que um dos seus filhos foi assassinado em Homs, onde vivia. Não há pior dor do que essa, a de uma mãe com o filho ensanguentado nos braços, já sem vida. Desde então, desde esse dia, o mundo de Sanna desmoronou por completo.
ver [+]
Anterior    2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17      Próximo
A OPINIÃO DE
António Bagão Félix
Diante da morte, compreendemos com absoluta nitidez o valor insubstituível da vida. Diante da morte,...
ver [+]

P. Manuel Barbosa, scj
Escrevo estas notas alguns dias antes de ser votada a despenalização da eutanásia pelos “representantes”...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES