Artigos
Guilherme d’Oliveira Martins
Uma beleza que nos pertence…
Há dias, o Cardeal D. José Tolentino Mendonça afirmou no Seminário do Instituto Camões sobre Cooperação e Língua, na Fundação Calouste Gulbenkian, que a “cultura é um recurso essencial para a construção da paz. Nos momentos de escassez e de crise...
ver [+]
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Dois Papas, uma Igreja una
Todos os anos, a Igreja católica prepara-se para a festa da conversão de São Paulo, a 25 de Janeiro, com um oitavário de oração pela unidade dos cristãos. Durante oito dias, os fiéis são convidados a rezar pela unidade de todos os que crêem em Jesus de Nazaré.
ver [+]
P. Nuno Amador
Da menina Greta ao Menino da gruta
Parece haver algum alarme! Há meninas zangadas, cientistas sobressaltados e adultos a fazer cimeiras. Dizem que aumentam as temperaturas e sobem os mares, que chove onde não deve e não há água onde é preciso, que o calor e o frio não sabem de que terra são e há espécies que se extinguem.
ver [+]
Isilda Pegado
Referendar a Lei, ou referendar a Vida?
1. Como sabemos, no Parlamento estão já a ser discutidos quatro diplomas (PS, PEV, BE, PAN) para despenalização do homicídio a pedido da vítima e da ajuda ao suicídio (a que chamam legalização da Eutanásia). Pela composição política do Parlamento parece...
ver [+]
Pedro Vaz Patto
Discurso de ódio
A legislação de vários países (e nelas se inclui o Código Penal português) vem criminalizando o chamado “discurso de ódio” (“hate speech”), isto é, o incitamento à violência, ao ódio e à discriminação em razão da raça, etnia,...
ver [+]
António Bagão Félix
Natal: doçura e esperança
Doçura é ternura. Mas também bondade. E paz. E sabedoria virtuosa. Doçura é feminina. Associada à vida nascente. À uterinidade materna.  Doçura precisa de ser constante, equilibrada, com quietude. Numa só palavra, mansuetude. Está perto o Natal, símbolo máximo da Vida e da paz.
ver [+]
P. Manuel Barbosa, scj
Viver na paz
Estamos no quarto domingo e começa a última semana do Advento, breve pois o Natal já aí está. Nestes tempos, o adventício e o natalício, a paz aparece como principal marca: paz que compreende justiça, alegria e felicidade; paz que somos chamados a praticar...
ver [+]
Anterior    1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66   67   68   69   70   71   72   73   74   75   76   77   78   79   80   81   82   83   84   85   86   87   88   89   90   91   92   93   94   95   96   97   98   99   100   101   102   103   104   105   106   107   108   109   110   111   112   113   114   115   116   117   118   119   120   121   122   123   124   125   126   127   128   129   130   131      Próximo