Artigos
Ainda a lição do Chile (por António Bagão Félix)
No meio da desgraça que perpassa pelo nosso País, escrevo sobre a boa graça do resgate dos mineiros chilenos. Até pelo seu simbolismo não o devemos esquecer, mas prolongá-lo no tempo e na nossa memória. Em primeiro lugar, porque foi um exemplo de...
ver [+]
Partilha entre Igrejas de África e da Europa (pelo P. Duarte da Cunha)
As relações pessoais e institucionais entre a Europa e África são um aspecto fundamental da vida actual de toda a sociedade e também da vida da Igreja. Não são certamente de agora mas desde há séculos, a existência de uma relação estreita entre a Igreja em África e a da Europa.
ver [+]
Diálogo Inter-Religioso. (por Guilherme d?Oliveira Martins)
O diálogo é a chave para a solidariedade nas comunidades plurais do século XXI. A identidade faz-se, desfaz-se e refaz-se nas sociedades abertas e complexas e o grande apelo do presente é no sentido de a globalização não se tornar uma marca de indiferença e de uniformização.
ver [+]
Um nome sem importância (pelo P. Gonçalo Portocarrero de Almada)
Se há alguma importância em se chamar Ernesto (1), não há nenhuma em chamar-se Dora. Com efeito, a mulher que teve este nome não foi vedeta, nem actriz, não foi famosa, nem rica, não escreveu livros, nem foi conhecida pela sua beleza ou por outro atributo.
ver [+]
Liberalização do aborto ? 3 anos após (por Isilda Pegado, Presidente Fed. Port. pela Vida)
Desde há 3 anos que em Portugal o aborto passou a ser livre, a pedido da mulher e pago pelo Serviço Nacional de Saúde. De 1984 a 2007 muitos foram os que se bateram contra tal lei. Foram 23 anos de uma longa e gloriosa luta pela defesa da Vida, e da dignidade Humana.
ver [+]
Mudar de sexo (por Pedro Vaz Patto)
Estão em discussão na Assembleia da República uma Proposta de Lei (do Governo) e um Projecto de Lei (do Bloco de Esquerda) que permitem a mudança de registo de sexo desde que diagnosticada a transexualidade e independentemente de alguma mudança anatómica.
ver [+]
Redesenhar o céu da nossa cidade (pelo Pe. Alexandre Palma)
Há em Roma um tipo estranhíssimo de habitantes. São estorninhos, que por esta época invadem aos milhares a velha cidade. Não fora a quase contradição, diria-se-ia que estes animais têm personalidade. Eles, na verdade, povoando a cidade, como que lhe resistem.
ver [+]
Anterior    1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66   67   68   69   70   71   72   73   74   75   76   77   78   79   80   81   82   83   84   85   86   87   88   89   90   91   92   93   94   95   96   97   98   99   100   101   102   103   104   105   106   107   108   109   110   111   112   113   114   115   116   117   118   119   120   121   122   123   124   125   126   127   128   129   130   131   132   133   134   135   136   137   138   139   140   141   142   143   144   145   146   147   148   149   150   151   152      Próximo