Lisboa |
Foz do Arelho
Uma igreja ampliada para servir a comunidade
<<
1/
>>
Imagem

Após cerca de ano e meio de obras, a vila da Foz do Arelho, nas Caldas da Rainha, já tem a sua igreja restaurada e ampliada. O Cardeal-Patriarca de Lisboa presidiu, no dia 11 de Dezembro, à Missa de reabertura ao culto da igreja de Nossa Senhora da Conceição.

 

Inicialmente ainda foi colocado em cima da mesa a possibilidade de construir uma nova igreja. Mas os elevados custos que a obra comportaria, levou a optar pela ampliação do templo na Foz do Arelho. A primeira pedra para ampliação da igreja foi lançada em Junho de 2010, numa cerimónia onde esteve presente a imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima e que contou com a presença do então Bispo Auxiliar de Lisboa, D. Anacleto Oliveira, hoje Bispo de Viana do Castelo. Dezoito meses passaram-se até ao dia em que a Foz do Arelho viu a sua ‘nova’ igreja estar pronta. As obras, que custaram aproximadamente 250 mil euros, permitiram a quase duplicação do espaço da igreja, além do seu embelezamento.

Os festejos da ampliação da igreja iniciaram-se no passado dia 8 de Dezembro, Dia de Nossa Senhora da Conceição, padroeira da Foz do Arelho e de Portugal. Após a procissão, foi celebrada a Eucaristia, presidida pelo padre Rui Gregório, na já reestruturada igreja, a que se seguiu um convívio, no Centro Social e Recreativo da Foz do Arelho.

 

Foz do Arelho acolhe Cardeal-Patriarca

No dia 11 de Dezembro, 3º Domingo do Advento, a Foz do Arelho acolheu o Cardeal-Patriarca de Lisboa para a celebração que marcou a reabertura ao culto da ‘nova’ igreja. No Domingo da Alegria, D. José Policarpo lançou diversas questões: “O que é para nós a alegria? Como é que a procuramos? Ainda sentimos alegria por sabermos que o Senhor está connosco?”. E garantiu: “A alegria cristã é uma experiência comum e fundamental da nossa caminhada cristã”. Na sua homilia, o Patriarca de Lisboa sublinhou ainda que “a experiência da fé, a experiência de Deus, é uma forte experiência de alegria”. Tal como no dia 8, a Eucaristia foi seguida de festa com animação musical, no Centro Social e Recreativo da Foz do Arelho.

texto e fotos por Diogo Paiva Brandão
Na Tua Palavra
Não nos separemos d’Ele!
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
Isilda Pegado
1. Neste tempo, em que o individualismo parece imperar, apesar da destruição que gera na Sociedade,...
ver [+]

P. Duarte da Cunha
Que todos os homens querem ser felizes não parece ser objecto de discussão entre pessoas sãs. Todos queremos, de facto, ser felizes.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES