Lisboa |
Comunidade Vida e Paz
Fazer acontecer Natal todos os dias
<<
1/
>>
Imagem

De ano para ano, os ‘convidados’ têm aumentado. São cada vez mais os que procuram a Festa de Natal dos sem-abrigo de Lisboa, organizada pela Comunidade Vida e Paz, para buscar conforto e atenuar as dificuldades por que passam.

 

“O ano passado já se notou uma diferença bastante acentuada. Enquanto há dois, três anos, eram apenas os que estão na rua que vinham à Festa de Natal dos sem-abrigo, agora temos visto famílias inteiras a virem até cá nestes três dias”. Vítor é voluntário da Comunidade Vida e Paz e há três anos que se entrega de alma e coração à Festa de Natal dos sem-abrigo, que este ano decorreu de 16 a 18 de Dezembro, na cantina da Cidade Universitária de Lisboa.

Vítor e a mulher, Helena, são da paróquia de Frielas e na Festa de Natal deste ano coordenaram a área da espiritualidade. “Ajudar na Festa de Natal dos sem-abrigo alimenta-nos! É tão bom receber aquilo que Deus nos dá e que depois nós temos de repartir com os outros. E isso, enquanto casal, une-nos porque caminhamos os dois no mesmo sentido!”, conta Helena ao Jornal VOZ DA VERDADE, acrescentando que “o testemunho e a partilha fortalece a relação”.

Vítor e Helena estão casados há 33 anos, são catequistas e, além de voluntários na Comunidade Vida e Paz, pertencem ao movimento dos Cursilhos de Cristandade. “Na nossa vida familiar, temos de conjugar tudo. Actualmente, lá em casa, somos cinco – já fomos nove! – e por vezes é complicado gerir, mas sempre que podemos estamos os dois presentes nos trabalhos de voluntariado da Comunidade Vida e Paz”, assegura Vítor.

 

Motivar os sem-abrigo

A irmã Cristina, das Concepcionistas ao Serviço dos Pobres, é quem coordena, juntamente com este casal e com uma equipa da Comunidade Vida e Paz, a área da espiritualidade da Festa de Natal dos sem-abrigo. “Este é o cantinho do Evangelho, do encontro com Jesus. Foi do encontro com Jesus que nasceu a Comunidade Vida e Paz e é do encontro com Jesus que a missão da comunidade quer continuar a ser”, refere esta religiosa ao Jornal VOZ DA VERDADE.

Ao longo dos três dias, os voluntários da espiritualidade procuraram motivar os sem-abrigo a dirigirem-se à capela. “Alguns já têm conhecimento e vêm até à capela. Mas o papel dos voluntários é precisamente esse: motivar os sem-abrigo a virem ao cantinho da Comunidade”. Oração e bênção dos voluntários, exposição do Santíssimo Sacramento, oração mariana, celebração da misericórdia com período de confissões e Eucaristia diária foram algumas das propostas espirituais da Festa de Natal dos sem-abrigo de Lisboa. “A Comunidade Vida e Paz quer fazer acontecer Natal todos os dias!”, garante a irmã Cristina.

texto e fotos por Diogo Paiva Brandão
Na Tua Palavra
Não nos separemos d’Ele!
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
Pe. Alexandre Palma
Quais serão as realizações da Igreja em Portugal, fruto do seu empenho e compromisso, minimamente nacionais?...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
O príncipe Harry e a esposa, Meghan Markle, declararam que não pretendem ter mais do que dois filhos,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES