Missão |
Cátia e Yves Vieira
Missão em Moçambique e com uma Família numerosa
<<
1/
>>
Imagem

Cátia, Yves, Catarina, Teresa, David Nuno, Maria e João Pedro constituem a família que hoje vamos conhecer melhor. A Cátia nasceu em Moçambique e o Yves em França. Ela é Engenheira do Ambiente e ele Engenheiro Físico. Portugal juntou-os e Fátima abriu-lhes as portas para um amor sem fronteiras.

Dois anos com os Leigos para o Desenvolvimento (LD) em Moçambique lançou-os na construção de um projecto de família alargada, transformado em espaço de Missão.

 

O impacto de Fátima…

A Cátia nasceu em Moçambique e veio para Queijas com 2 anos. O Yves nasceu em França e veio para Lisboa aos 9 anos. Os pais e avós da Cátia não se casaram pela Igreja, mas deram-lhe educação católica. O Yves só começou a participar na Eucaristia aos 19 anos.

Conheceram-se em Fátima em 1994 e sentiram, desde a primeira hora, que foi Maria quem os juntou para sempre. Começaram a namorar. O Yves licenciou-se em Engenharia Física e a Cátia em Engenharia do Ambiente. Ele começou a trabalhar num laboratório de investigação de aeroespacial ligado ao lançamento do PoSAT-1, o primeiro satélite português.

A Cátia e o Yves foram crescendo na forma como percebiam a Igreja e se sentiam seus membros activos.

 

Missão em Moçambique

Atraía-os a dimensão missionária da Igreja e, no fim dos cursos, pensaram partir em Missão. Fizeram a formação nos LD e, na hora da decisão, o Yves tinha três hipóteses de futuro a ponderar: “Fazer doutoramento nos Estados Unidos, entrar para piloto na TAP ou ir para missão. Ir para missão era a última das possibilidades”. Sete dias de Exercícios Espirituais apontaram-lhes o caminho de Moçambique. O momento mais lindo deste doloroso tempo de discernimento foi quando ambos decidiram ficar um com o outro, quer isso implicasse partir em Missão, quer obrigasse a privilegiar a via académica. E nessa hora tudo foi fácil: Cristo venceu e partiram em Missão.

O norte interior de Moçambique acolheu-os durante dois anos. Foi uma Missão dura, mas muito marcante para as suas vidas. Havia muito trabalho, viviam em comunidade com outros leigos. Em 1999 assumiram o noivado e decidiram casar a 30 de Abril de 2000, seis anos depois de se terem conhecido em Fátima.

 

Projecto de Família

De regresso a Portugal, a celebração do Matrimónio realizou-se na Igreja de Santa Maria, em Sintra: “Foi uma festa única, cheia de universalidade e missão, com cânticos portugueses, clássicos e africanos, envolvendo também dança. Foi um dia muito alegre”. O casamento tornou-se a sua nova missão.

A Cátia trabalhou vários anos numa frente importante da Igreja ligada à Missão e ao Voluntariado: a Fundação Fé e Cooperação (FEC). Fez um trabalho reconhecido no âmbito do Voluntariado Missionário e na cooperação com as Igrejas do espaço Lúsófono.

Remadores contra a corrente social, têm cinco filhos, todos com nomes muito especiais, como explicam: “A Catarina nasceu a 15 de Julho de 2002 e o seu nome foi inspirado na vida de Catarina de Sena; a Teresa viu a luz do dia a 1 de Abril de 2004, com nome inspirado em Teresa do Menino de Jesus e um pouco em Teresa de Ávila; o David Nuno nasceu a 26 de Janeiro de 2007, com nome inspirado no rei David, linhagem de Jesus Cristo, e Nuno de Santa Maria; a Maria nasceu a 13 de Fevereiro de 2009, com nome inspirado, obviamente, em Maria, Mãe de Jesus; finalmente, o João Pedro nasceu a 16 de Fevereiro de 2011, com nome inspirado em dois apóstolos que representam os lados dos pais: a Cátia é mais parecida com Pedro, pois é uma mulher pragmática, sólida e constante; o Yves é mais parecido com João, que é mais intimista, contemplativo”.

 

Vidas com Missão

A Cátia foi representante de grupo de acolhimento dos LD de 2001 a 2005 e é Catequista em Queijas desde 2011. O Yves foi representante de anciãos dos LD de 2001 a 2003 e coordenador do grupo de jovens de Queijas de 2006 a 2008. Ambos fazem parte das Equipas de Nossa Senhora desde 2001.

A Cátia gere hoje um projecto da Paróquia de Algés que dá apoio domiciliário a idosos e o Yves gere uma empresa de aeroespacial. Ambos, no seu trabalho e vida, encaram cada momento como uma missão. É na família, na Paróquia de Queijas e no trabalho do dia-a-dia que tentam ser cada vez mais fiéis à Missão que Deus lhes confia.


 

PERFIL

 

1971 – Nascimento do Yves em França

1974 – Nascimento da Cátia em Moçambique

1997 – Missão em Moçambique

2000 – Celebração do Matrimónio em Sintra

2002 – Nascimento da Catarina

2004 – Nascimento da Teresa

2007 – Nascimento do David Nuno

2009 – Nascimento da Maria

2011 – Nascimento do João Pedro

Tony Neves
A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Onde está a Igreja nesta guerra mundial, que é a pandemia do coronavírus? Está, como sempre esteve, na...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Na impossibilidade de celebrações eucarísticas presenciais, em boa hora a Conferência Episcopal Portuguesa...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES