Lisboa |
Comunicado
Federação Portuguesa pela Vida mostra-se contra a adopção por casais homossexuais
<<
1/
>>
Imagem

A Federação Portuguesa pela Vida (FPV) manifestou-se contra a adopção de crianças por casais homossexuais, sublinhando que “o princípio feminino e o princípio masculino servem de base não só à vida, como à integração da própria criança no mundo que a rodeia, como dois contributos que se completam nas suas diferenças”.

 

Em comunicado, a FPV aponta que em seu entender “o princípio da vida está e estará sempre ligado à união entre masculino e feminino, homem e mulher” e que por isso “esse modelo de afecto de um homem e uma mulher deve manter-se, sempre que possível, no crescimento e na educação das crianças”.

Referindo que “há muitas situações onde isso não acontece” – “há crianças sem pais que cuidem delas, há casais que se separam, há casais em que um deles morre, há crianças a viver só com a avó, um tio ou uma tia” – a Federação Portuguesa pela Vida lembra que “o princípio de dualidade (que traduz a génese da vida) está sempre presente e é, a nosso ver, necessário para o crescimento humanamente harmonioso da criança”. Segundo a FPV, “isto não traduz uma discriminação dos homossexuais, pelo contrário, é uma confirmação do princípio da igualdade, que exige o tratamento igual para situações iguais, e diferente, para situações diferentes”.

“De uma união homossexual nunca surgiu nem nunca poderá surgir a vida. Vedar a adopção por homossexuais é reafirmar que a criança tem o direito a crescer num ambiente o mais próximo possível do que seria o dos seus pais. É permitir à criança que verifique, no seu dia a dia, que foi fruto de uma união de um homem e de uma mulher. E que a vida não pode surgir senão desse modelo de entrega”, garante a Federação Portuguesa pela Vida, sublinhando que “subverter este princípio é desumanizar a pessoa, é instrumentalizá-la, é fazer dela um meio e não um fim, é torná-la alvo de um direito dos outros”.

 

________________


II Congresso da FPV

‘Defender o Futuro’ é o tema do II Congresso da Federação Portuguesa pela Vida, que decorre dia 16 de Março na Associação Comercial de Lisboa.

 

Informações: 216072072 ou www.federacao-vida.com.pt

Na Tua Palavra
Não nos separemos d’Ele!
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Outubro ficará na história da Igreja em Portugal por dois principais motivos: a entrada, para o colégio cardinalício, de D.
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Se houve nas últimas décadas uma cristã militante social da maior relevância, exemplo do compromisso...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES