Lisboa |
Após 20 anos encerrada
Atouguia da Baleia recupera igreja
<<
1/
>>
Imagem

Foi recuperada a igreja de São José de Atouguia da Baleia, que se encontrava encerrada há mais de 20 anos, tendo também sido construído um edifício anexo para albergar o centro interpretativo da freguesia.

 

Em conferência de imprensa, o pároco da Atouguia da Baleia, Padre Gianfranco, explicou que “a igreja esteve muitos anos fechada dada a impossibilidade da paróquia em recuperá-la”. Os trabalhos incidiram ainda na recuperação do retábulo do altar-mor e, desde 2007, na recolha junto da população do património existente na freguesia e respectiva inventariação. Daí resultaram 600 peças, das quais 90 por cento estão inventariadas e 20 por cento conservadas. O espólio engloba peças em arte sacra, esculturas de figuras religiosas, da cultura etnográfica e achados geológicos. Este investimento de 650 mil euros da Câmara Municipal de Peniche foi inaugurado no passado dia 17 de Março, com uma exposição alusiva ao projecto museológico.

A igreja, datada do século XVII, vai ficar integrada na rede concelhia de museus e vai ficar aberta ao público com actividades já agendadas para este ano, tais como uma sessão de poesia, uma exposição sobre o associativismo e outra decorrente da iniciativa ‘Pintar Atouguia’.

Na Tua Palavra
Não nos separemos d’Ele!
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Erram os que pensam que o mistério da paixão e morte de Cristo é algo passado e que, portanto, não lhes diz respeito.
ver [+]

P. Nuno Amador
Quando as mulheres foram ao sepulcro de madrugada, o primeiro sinal que encontraram foi o túmulo vazio.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES