Lisboa |
Peregrinação Internacional Aniversária
Cardeal do Vaticano apela a cristãos activos
<<
1/
>>
Imagem

O presidente do Conselho Pontifício para a Cultura, cardeal Gianfranco Ravasi, presidiu à Peregrinação Internacional Aniversária das Aparições em Fátima, tendo pedido aos cristãos que “sujem as mãos” na ajuda aos “miseráveis da terra”.

No Santuário da Fátima, no dia 13 de Maio, o cardeal italiano lembrou o tempo de crise. “Fazer, operar é o verbo típico das mãos. Não devemos ter medo de sujar as mãos, ajudando os miseráveis da terra. Para que servirá ter as mãos limpas, se as temos no bolso?”, questionou, apelando a uma “fraternidade operativa”. Na sua homilia, D. Gianfranco Ravasi centrou-se no corpo, que considerou mais do que “um aglomerado de células”, tendo capacidade para comunicar “a alegria e o amor” e “também a dor e o ódio”, num “santuário que pode ser dessacralizado pelo pecado”. O cardeal italiano alertou ainda para a inconsistência da cultura actual e lembrou os sofrimentos da humanidade. Na véspera, na procissão das velas, o cardeal Ravasi exaltou o amor de Deus e afirmou que “peregrinar é deixar o estilo normal de vida”. “O mundo actual vive quase sempre em lugares de dispersão, nos quais dominam a palavra sem consistência, de mero entretenimento”, referiu, contrapondo para o lugar de destaque que deve ser dado aos santuários enquanto locais de confluência dos crentes. As celebrações do 12-13 de Maio em Fátima, por coincidirem com o fim-de-semana, registaram uma enchente, com os fiéis a concentrarem-se para além dos limites do Santuário.

A OPINIÃO DE
Pe. Alexandre Palma
Não aprecio o género. Não só por isso, mas também por isso, nem sequer sou conhecedor da matéria. Mas,...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
A comunicação social vem acompanhando com todo o interesse, quase como se de uma novela se tratasse,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES