Lisboa |
Solenidade do Sagrado Coração de Jesus
Contemplar o amor de Deus
<<
1/
>>
Imagem

“A Solenidade do Sagrado Coração de Jesus leva-nos à contemplação do amor de Deus”, garantiu D. Joaquim Mendes, Bispo Auxiliar de Lisboa, na celebração desta solenidade, na Basílica da Estrela.

 

Garantindo que “só enraizados em Cristo” é que os cristãos poderão “alcançar o amor de Deus”, D. Joaquim Mendes salientou também que o amor de Deus manifestado em Cristo é a base e o apoio da vida cristã. “O amor de Deus manifestado em Cristo é aquela terra rica, estável, sólida, onde o cristão se pode estabelecer e crescer até à plenitude de Deus, até à plena maturidade cristã”, referiu.

Celebrar o Coração de Jesus “é celebrar o amor de Deus que em Jesus nos alcançou, nos redimiu, nos salvou”. Neste sentido, segundo o Bispo Auxiliar de Lisboa, os cristãos não podem ignorar o amor de Deus: “Celebrar o Coração de Jesus é fazer memória do amor de Deus, não só ao longo da história da salvação, mas também ao longo da nossa existência até ao presente, e tomar consciência de que, muitas vezes, tal como aconteceu com o povo de Israel, ignoramos esse amor, não o entendemos, não nos demos conta da mão amorosa e providente de Deus que nos guiou, nos protegeu, nos acariciou, nos tomou nos seus braços. Deus ama-nos! Esta é a grande verdade da nossa ida e que dá sentido a tudo o mais”.

A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
No passado dia 18, ocorreu o centenário do nascimento de São João Paulo II. O último Papa a ser canonizado...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
À memória de João Gomes, discípulo do Cardeal Cardijn e dirigente da JOC. Vivemos um estranho paradoxo.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES