Mundo |
A inspiradora história de Santa Teresinha do Menino Jesus
O poder da oração
<<
1/
>>
Imagem

Santa Teresinha, que a Igreja celebra no primeiro dia de Outubro, demonstrou que o amor incondicional a Jesus está ao alcance de todos. A Padroeira das Missões tem sido “a alma” para centenas e centenas de sacerdotes e religiosas que se dedicam totalmente aos outros. Muitas vezes, arriscando a própria vida. A sua vida é também inspiradora para a Fundação AIS.

 

Santa Teresinha do Menino Jesus, que se considerava a si própria como “um obscuro grão de areia”, tinha noção da sua pequenez, de não ser muito culta, de não ter muita saúde, da impossibilidade, até, de cumprir o sonho antigo, de menina, de partir mundo fora para ser missionária. No entanto, ela foi tudo o que sonhou: tornou-se santa e descobriu “um caminhito completamente novo” para se chegar a Deus: “o elevador que me há-de levar até ao Céu, são os vossos braços, Jesus! Para isso não tenho necessidade de crescer; pelo contrário, é preciso que eu permaneça pequena, e que me torne cada vez menor, oh meu Deus!”.

 

Missão da AIS

Este “pequeno caminho”, em que, por amor, nos despedimos das nossas vaidades, das nossas vontades, é trilhado todos os dias por centenas de sacerdotes e religiosas no mundo. Às vezes correndo riscos, incompreensões, perseguições. Apoiar a Igreja em missão é uma das prioridades da Fundação AIS. Está no centro da sua razão de ser. Apoiar a Igreja necessitada, ajudar a Igreja que sofre.

 

Fé simples, quase infantil

A história de Santa Teresinha, que o saudoso Papa João Paulo II proclamou Doutora da Igreja, apesar de não ter escrito nenhum tratado de teologia, é inspiradora para nós, hoje em dia, e será, certamente, exemplo para todos os Cristãos em todos os tempos. A sua fé, simples, quase infantil, foi o grande segredo da sua vida. A oração, como Santa Teresinha do Menino Jesus nos ensinou, pode transformar cada um de nós em verdadeiros missionários.

 

Missionários pela Oração

Tal como ela, que sem sair dos muros do convento não perdeu um segundo da sua vida sem o oferecer em reparação às ofensas a Deus, também nós somos chamados a seguir o seu exemplo. Em todos os lugares onde os Cristãos são perseguidos e rejeitados, é o próprio Cristo que é perseguido e rejeitado. A primeira missão dos benfeitores da Fundação AIS é precisamente essa: tornarem-se missionários através da oração. E, por que não, com a intercessão da Santa Teresinha do Menino Jesus?

Fundação Ajuda à Igreja que Sofre
Na Tua Palavra
Não nos separemos d’Ele!
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Foi há alguns dias que, na espaçosa capela de um colégio, presenciei uma cena que me deu que pensar.
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Celebram-se este ano cem anos do nascimento de Sophia de Mello Breyner, um sinal muito português e universal de talento, sensibilidade e sabedoria.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES