Lisboa |
Paróquia de São João das Lampas recebe Visita Pastoral
Dar a conhecer Deus através da caridade
<<
1/
>>
Imagem

É uma paróquia cuja acção social atinge diariamente mais de mil pessoas. Situada na Vigararia de Sintra, a paróquia de São João das Lampas é uma das maiores da diocese em extensão e acolheu esta semana a Visita Pastoral.

 

“Esta é uma paróquia que tem sede de Deus!”. O padre Alberto Oliveira, de 34 anos, está em São João das Lampas há menos de um ano e meio e relata ao Jornal VOZ DA VERDADE a sua experiência de pastor nesta paróquia da Vigararia de Sintra, que tem mais de 13 mil habitantes: “O meu telemóvel não tem um segundo de sossego! Em São João das Lampas sente-se que o povo precisa muito do padre. A figura do padre é algo de muito importante para esta gente e nós, como sacerdotes, temos de estar sempre disponíveis para todos”. Chegado a esta paróquia rural vindo da cidade – o padre Alberto foi até Setembro de 2011 capelão do Hospital Egas Moniz e vigário paroquial (coadjutor) na paróquia da Ajuda –, este sacerdote diz que as diferenças entre a realidade urbana e a de São João das Lamas “é enorme”. Mas assegura: “É aqui que o Senhor me quer, por isso, é aqui que estou a servir o Povo de Deus”.

Esta é uma paróquia com dez lugares de culto. O padre Alberto Oliveira sublinha que tem de chegar a todo o lado. “Temos seis igrejas e quatro capelas! E agora, na construção de um novo lar privado, que nem pertence à Igreja, construíram também uma capela e já me pediram para ir lá celebrar também! Por isso, esta paróquia passará a ter onze lugares de culto!”.

A presença junto das pessoas, segundo este sacerdote, tem também um objectivo muito específico: a evangelização. “Na catequese, por exemplo, temos 300 crianças, o que é um bom número, mas a verdade é que há outras 300 crianças que não vêm à catequese”. Na juventude, o desejo do padre Alberto é criar um agrupamento de escuteiros. Uma medida que, segundo garante, está prestes a ser concretizada. “Temos rapidamente de constituir um agrupamento de escuteiros em São João das Lampas! Mesmo com a dificuldade de encontrar bons dirigentes, acredito que os escuteiros são um elemento essencial para chamar a juventude à Igreja!”, destaca o padre Alberto Oliveira, presente em São João das Lampas desde Setembro de 2011.

 

Um mundo!

A paróquia de São João das Lampas, que tem por orago São João Baptista, faz da caridade um pólo central da evangelização. Todos os dias, mais de mil pessoas são ‘atingidas’ pela missão do Centro Social Paroquial de São João das Lampas, uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) fundada pelo padre José do Casal, em 7 de Fevereiro de 1956. “O Centro Social Paroquial de São João das Lampas pretende criar em cada um a missão de servir. É um parceiro activo, dinamizador da comunidade que complementa a acção das famílias e promove os valores da Doutrina Social da Igreja”, refere a Missão desta instituição católica. Na área da infância, a creche recebe 47 crianças, o pré-escolar 129, o 1º Ciclo do Ensino Básico tem 81 crianças e o ATL mais 54. Na vertente da terceira idade, o lar de idosos acolhe 62 utentes, o centro de dia tem 30 utentes e o apoio domiciliário é prestado a mais 45 utentes. O Centro Social Paroquial de São João das Lampas assiste também cerca de 100 famílias – para um total de 282 utentes, sendo 106 crianças – através do apoio do Banco Alimentar. Nas cantinas sociais, são servidas refeições a 80 pessoas e no bairro social a instituição tem 10 casas. Finalmente, o GIP (Gabinete de Inserção Profissional) tem um protocolo com o Centro de Emprego de Sintra e visa apoiar jovens e adultos desempregados na definição ou desenvolvimento do seu percurso de inserção ou reinserção no mercado de trabalho. “O nosso centro social paroquial é um mundo! Temos 11 valências, para mais de mil utentes diários, sendo que trabalham na instituição 112 colaboradores”, salienta o pároco de São João das Lampas que, por inerência, é o presidente da instituição.

 

Estar próximo

Foi esta instituição católica, pertencente à paróquia de São João das Lampas, que D. Joaquim Mendes, Bispo Auxiliar de Lisboa, foi conhecer na tarde do passado dia 6 de Dezembro. Realizada no âmbito da Visita Pastoral à Vigararia de Sintra, a visita iniciou-se no externato de 1º ciclo do Ensino Básico, com D. Joaquim Mendes a desafiar os mais novos à amizade com Jesus. “Da comunhão com Jesus, nasce a comunhão de nós, uns com os outros, em que nós nos olhamos não somente como amigos mas como irmãos”. Num outro edifício está situado o ‘Pé Ante Pé’, nome da nova valência de berçário/creche e pré-escolar do Centro Social Paroquial de São João das Lampas e que foi inaugurada no passado mês de Junho. Esta nova resposta social recebeu a Visita Pastoral, com D. Joaquim a visitar cada uma das salas da instituição. A cruz peitoral do bispo fazia a ‘delícia’ dos mais pequenos. ‘Sabes quem é? É Jesus!’, explicava o Bispo Auxiliar de Lisboa. No ATL, que se encontra agregado ao Externato do Ensino Básico do Centro Social São João das Lampas quer ao nível de espaço geográfico como também com o auxílio de professores e auxiliares, D. Joaquim Mendes contactou com os pequenos utentes da instituição e ouviu uma canção de Natal interpretada pelas crianças.

Após conhecer as valências dedicadas à infância, o Bispo Auxiliar de Lisboa foi ao encontro da terceira idade. No lar de idosos, D. Joaquim Mendes escutou a história de cada um dos utentes. “É muito importante a Igreja mostrar que está próxima de toda esta gente”, referia, no final da visita, o pároco de São João das Lampas, padre Alberto Oliveira.

 

Seguir Jesus em Igreja

A juventude não foi esquecida nesta Visita Pastoral à paróquia de São João das Lampas. Na noite do dia 7 de Dezembro, D. Joaquim Mendes encontrou-se com os jovens desta paróquia para lhes garantir que “a vida cristã é uma aventura de amizade com Jesus”. Neste encontro, que juntou também jovens das paróquias da Terrugem e Colares, o Bispo Auxiliar de Lisboa lembrou que “não é possível seguir Jesus individualmente”. “Nós seguimos Jesus em Igreja! A nossa fé é a fé da Igreja!”, frisou sublinhando que “a fé ajuda a compreender o valor da vida”. D. Joaquim Mendes apresentou, ainda, aos jovens e adolescentes o catecismo para jovens ‘Youcat’, lembrando que este serve “para ajudar a crescer na fé”, porque “a fé nasce do encontro com Jesus”. No final deixou um apelo aos cerca de 50 jovens e adolescentes das três paróquias: “Desafio-vos a serdes jovens crentes. Precisamos de cristãos convictos e a força da fé torna-nos verdadeiros discípulos e apóstolos”, observou. 

texto e fotos por Diogo Paiva Brandão
Na Tua Palavra
Não nos separemos d’Ele!
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
António Bagão Félix
Na semana passada li uma entrevista com um candidato a deputado (cabeça-de-lista) pelo circulo eleitoral do Porto.
ver [+]

P. Manuel Barbosa, scj
Com “missão nas férias” não quero propor programas de férias missionárias, nem dizer que a missão está de férias.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES