Lisboa |
Música na Sé
Dois coros apresentam CD de Natal
<<
1/
>>
Imagem

“Um trabalho notável no panorama da Música de Natal” é o modo como o maestro Luís Filipe Fernandes define o CD, publicado recentemente pela Paulus Editora, ‘ É Natal, Cristo nasceu’.


Em comunicado enviado ao Jornal VOZ DA VERDADE, o maestro do coro da Catedral de Lisboa salienta que neste novo trabalho discográfico com canções de Natal se podem encontrar “maioritariamente, trechos originais e ou versões jamais cantadas ou gravadas em Portugal”. Segundo este responsável, o mérito desta obra que foi apresentada no passado Domingo, 16 de Dezembro na Sé Patriarcal de Lisboa, deve-se inteiramente à arte e talento desse notável compositor de música litúrgica da Diocese de Beja, o padre António Cartageno”.

No concerto de apresentação intervieram o Coro do Carmo de Beja, com direção musical do padre António Cartageno e o Coro da Catedral de Lisboa, orientado por Luís Filipe Fernandes, dois coros que já efetuaram trabalhos distintos para a referida editora.

Segundo o maestro Luís Filipe Fernandes a qualidade deste CD passa pelas “mensagens contidas nos trechos natalícios, assim como as adaptações, transcrições, harmonizações e instrumentais efetuados pelo padre António Cartageno”.

No concerto de apresentação foram interpretadas músicas provenientes dos vários cantos do mundo. “De acordo com o alinhamento do CD, atuou em primeiro lugar o Coro da Catedral de Lisboa que apresentou composições de Portugal, Polónia, França e Inglaterra; depois, o Coro do Carmo de Beja que cantou trechos musicais de Portugal, Itália, Espanha e República Checa. Os coros interpretaram, ainda, conjuntamente três cânticos: Alegrem-se os céus e terra (popular); Mary’s boy Child (Estados Unidos da América) e “É Natal, Cristo nasceu!”, composição escrita de raíz pelo Pe. António Cartageno e que dá o título a esta coletânea de cânticos. Participaram, ainda, neste concerto Joana Aleixo, Mafalda Vasques, Sofia Lemos (solistas), Claúdia Marques, Fernanda Luís, Inês Abundância, Manuela Luis, Maria de Lurdes Silva e Sofia Rita (pequeno coro), Alzira Trindade (flauta), Andreia Rosa (clarinete), Edgar Albuquerque (trompete), André Fresco e Carmen Machado (violinos) e João Cavaco (órgão).

Na gravação deste trabalho participou, também, o professor Antoine Sibertin Blanc, organista da Sé Patriarcal falecido recentemente.

Na Tua Palavra
Não nos separemos d’Ele!
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Foi há alguns dias que, na espaçosa capela de um colégio, presenciei uma cena que me deu que pensar.
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Celebram-se este ano cem anos do nascimento de Sophia de Mello Breyner, um sinal muito português e universal de talento, sensibilidade e sabedoria.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES