Lisboa |
Visita Pastoral à Vigararia de Caldas da Rainha – Peniche
Promover a convivência e proximidade entre bispos e comunidades cristãs
<<
1/
>>
Imagem

A Vigararia de Caldas da Rainha - Peniche vai receber, a partir do próximo dia 13 de janeiro, Domingo, a Visita Pastoral, que pretende promover a convivência e proximidade entre os bispos e as comunidades cristãs. Ao longo de cerca de um mês e meio, D. José Policarpo, D. Joaquim Mendes e D. Nuno Brás vão conhecer as 25 paróquias desta vigararia.

 

Depois de Loures-Odivelas e mais recentemente Sintra, a Vigararia de Caldas da Rainha - Peniche é a terceira vigararia a receber as Visitas Pastorais, que foram retomadas pela diocese em maio do ano passado. Entre 13 de janeiro e 3 de Março, o Cardeal-Patriarca de Lisboa, D. José Policarpo, e os dois Bispos Auxiliares, D. Joaquim Mendes e D. Nuno Brás, vão conhecer a realidade eclesial e contactar com as comunidades cristãs das 25 paróquias desta vigararia: A-dos-Francos, A-dos-Negros, Alvorninha, Amoreira, Atouguia da Baleia, Caldas da Rainha, Carvalhal Benfeito, Coto, Landal, São Pedro de Óbidos, Santa Maria de Óbidos, Olho Marinho, Nossa Senhora da Ajuda de Peniche, São Pedro de Peniche, São Sebastião de Peniche, Salir de Matos, Salir do Porto, Santa Catarina, São Gegório, Serra d’El Rei, Serra do Bouro, Sobral da Lagoa, Tornada, Vau e Vidais. “O objetivo desta visita é que os senhores bispos conheçam a realidade desta vigararia do Oeste e, ao mesmo tempo, que nós possamos ter uma proximidade com os nossos bispos, de conviver com eles, falar-lhes das nossas vidas, da nossa vida de fé e também dos nossos problemas”, refere ao Jornal VOZ DA VERDADE o vigário desta vigararia, padre Gianfranco Ventura Bianco. Segundo este sacerdote, que é pároco de Atouguia da Baleia há 11 anos, as comunidades têm-se preparado para receber os bispos. “Cada paróquia, com os respetivos párocos, está a organizar a visita em dois âmbitos: a visita à comunidade em primeiro lugar, para conhecer as suas realidades, os seus movimentos; e no diálogo com a sociedade, nas relações com outras instituições, sejam elas a nível do poder local, empresarial, cultural, recreativo ou desportivo. O desejo é que haja diálogo entre a Igreja e a sociedade”, aponta o padre Gianfranco, salientado ainda “as várias atividades gerais, dirigidas a toda a vigararia, como os encontros de catequese, dos centros sociais ou com a liturgia”.

A Visita Pastoral à Vigararia de Caldas da Rainha - Peniche tem início no próximo Domingo, dia 13 de janeiro, em Peniche, com um encontro do Cardeal-Patriarca de Lisboa com os Conselhos Pastorais da Vigararia (15h00), a que se segue a Eucaristia (16h30) para todos os cristãos desta vigararia da diocese.

texto por Diogo Paiva Brandão
A OPINIÃO DE
Pe. Alexandre Palma
Não aprecio o género. Não só por isso, mas também por isso, nem sequer sou conhecedor da matéria. Mas,...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
A comunicação social vem acompanhando com todo o interesse, quase como se de uma novela se tratasse,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES