Lisboa |
Nomeação dos Ministros Extraordinários da Comunhão
Colaborar com simplicidade, humildade e espírito de serviço
<<
1/
>>
Imagem

D. Joaquim Mendes, Bispo Auxiliar de Lisboa, convidou os novos Ministros Extraordinários da Comunhão a exercerem esta missão “com simplicidade, humildade e espírito de serviço”.

 

Agradecendo aos Ministros Extraordinários da Comunhão a “disponibilidade ao convite” que a Igreja lhes dirigiu, através dos párocos, “para exercer este ministério na comunidade cristã”, D. Joaquim Mendes recomendou: “A vossa idoneidade é indispensável para o exercício deste belo ministério de distribuir a sagrada Comunhão aos demais fiéis e de a levar aos doentes”. Na sua homilia, na Sé de Lisboa, o Bispo Auxiliar lembrou também a atitude que deve presidir a esta missão: “Na ausência do sacerdote ou do diácono, quando o sacerdote está impedido por enfermidade, idade avançada, ou por outra verdadeira causa, ou quando é grande o número de fiéis para comungar, sois chamados a dar a vossa colaboração com simplicidade, humildade e espírito de serviço”.

Esta celebração de nomeação decorreu no Domingo, 3 de fevereiro. “A vossa particular relação com Jesus Eucaristia deve levar-vos a promover, antes de mais, com o exemplo da vossa própria vida, o amor e a devoção à Santíssima Eucaristia, junto dos doentes e dos restantes fiéis da comunidade, a ser verdadeiros adoradores em “espírito e verdade””, salientou D. Joaquim Mendes.

foto por Grupo de Oração Verdade e Vida, OTA
A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
No passado dia 18, ocorreu o centenário do nascimento de São João Paulo II. O último Papa a ser canonizado...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
À memória de João Gomes, discípulo do Cardeal Cardijn e dirigente da JOC. Vivemos um estranho paradoxo.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES