Lisboa |
Festa de São Jorge
Escuteiros desafiados a amarem como Jesus amou
<<
1/
>>
Imagem

“Caríssimos Escuteiros: a «boa ação», o serviço gratuito, a vida em comunidade no «bando», na «patrulha» ou na «equipa», e a fraternidade que desejamos só são possíveis se amarmos como Jesus nos amou”. O alerta foi deixado por D. Joaquim Mendes, Bispo Auxiliar de Lisboa, aos cerca de oito mil escuteiros da Região de Lisboa do Corpo Nacional de Escutas (CNE) - Escutismo Católico Português que participaram na Festa de São Jorge.

 

No Dia de São Jorge, patrono mundial do escutismo, assinalado no passado dia 28 de abril, o Bispo Auxiliar do Patriarcado presidiu à Eucaristia com os escuteiros, no Parque Urbano do Silvado, em Odivelas. “Os valores evangélicos que permeiam o projeto escutista brotam de uma pessoa concreta, têm o seu fundamento no exemplo vivido por Jesus Cristo, no amar como Ele amou, no amar como Ele nos ama. A proposta escutista não é possível sem o mandamento novo do amor que hoje Jesus nos propõe Sede pois portadores deste «mandamento novo», sobretudo com o testemunho da vossa vida, para tornar este nosso mundo um pouco melhor, mais fraterno, onde é bom viver, conviver, partilhar e dar as mãos para construir um futuro melhor para todos”, frisou.

 

‘Eu Amo!’

A atividade teve como mote ‘Eu Amo!’, que é o tema regional escolhido pela Junta Regional de Lisboa para o ano escutista 2012/2013. “Sede um «laboratório» onde se experimenta, se vive e se testemunha o «mandamento novo de Jesus», para poderdes dizer com verdade: «eu amo», dando assim vida ao tema deste encontro”, realçou D. Joaquim Mendes.

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Há dias, o Cardeal D. José Tolentino Mendonça afirmou no Seminário do Instituto Camões sobre Cooperação...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Todos os anos, a Igreja católica prepara-se para a festa da conversão de São Paulo, a 25 de Janeiro,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES