Roma |
A uma janela de Roma
Papa convidado a visitar Jerusalém
<<
1/
>>
Imagem

Francisco foi convidado pelo presidente de Israel a visitar Jerusalém e desafiou os jovens a terem coragem de permanecer no caminho da fé. Um realizador alemão quer fazer um filme sobre o Papa, que esta semana atingiu os 6 milhões de seguidores no Twitter. Bento XVI, o Papa Emérito, regressou ao Vaticano.

 

1. O Papa Francisco recebeu em audiência, esta terça-feira, o presidente de Israel, Shimon Peres. Durante o encontro, que durou cerca de 30 minutos, o governante israelita convidou o Papa a visitar Jerusalém, realçando que essa é a vontade dos seus conterrâneos. "Espero-o em Jerusalém, não só eu, mas todo o povo de Israel", disse Shimon Peres, no Vaticano.

A Santa Sé e Israel têm relações diplomáticas desde 1994, mas há várias questões pendentes que precisam ainda de ser resolvidas, incluindo assuntos relacionados com o pagamento de impostos e direitos das propriedades eclesiásticas na Terra Santa.

 

2. O Papa convidou os jovens que este Domingo receberam o sacramento da Confirmação a permanecerem no caminho da fé. Na Praça de São Pedro, em Roma, Francisco desafiou os presentes a seguirem contra a corrente e sem medo das dificuldades. “Permaneceis firmes no caminho da fé, com segura esperança no Senhor. Aqui está o segredo do nosso caminho. Ele dá-nos a coragem de ir contra a corrente. Oiçam isto bem, jovens! Ir contra a corrente! Faz bem aos corações. Mas é preciso coragem para ir contra a corrente. É Ele que nos dá essa coragem”, disse Francisco, dirigindo-se especialmente aos 44 jovens que crismou, vindos dos cinco continentes.

O Papa sublinhou ainda que “não há dificuldades, tribulações, incompreensões que possam meter-nos medo, se permanecermos unidos a Deus como os ramos estão unidos à videira, se não perdermos a amizade com Ele, se lhe dermos cada vez mais espaço na nossa vida”.

Depois, na recitação do Regina Coeli, Francisco lembrou as vítimas do colapso de um edifício no Bangladesh. O Papa exprimiu solidariedade para com as famílias e lançou um apelo à dignidade e segurança dos trabalhadores. “Neste momento, desejo elevar uma oração pelas numerosas vítimas causadas pelo trágico desmoronamento de uma fábrica no Bangladesh. Exprimo a minha solidariedade e profunda proximidade para com as famílias que choram os seus queridos e dirijo do fundo do coração, um forte apelo para que sejam sempre tuteladas a dignidade e segurança do trabalhador”, pediu Francisco. Nesta altura há já poucas esperanças de encontrar sobreviventes entre os escombros. Quatro dias depois do acidente tinham morrido 363 pessoas e mais de 900 eram dadas como desaparecidas.

 

3. Um realizador alemão, convertido ao catolicismo, prepara um filme sobre o Papa Francisco. Christian Peschken planeia produzir um filme sobre a vida de Jorge Bergoglio, com o título ‘O amigo dos pobres: a história do Papa Francisco’. Segundo o site americano National Catholic Register (NCR), o filme deve ser filmado na Argentina e em Roma e já arrecadou 25 milhões de dólares de investidores europeus. “Quando o vi na loggia (da basílica de São Pedro, no dia da sua eleição, a 13 de Março), pensei que esta cena seria perfeita para o final de um filme. A ideia nasceu em mim e não parei de trabalhar desde então”, declarou o produtor alemão ao NCR.

Christian Peschken, de 57 anos, que vive nos Estados Unidos, entrou em contacto com o vaticanista italiano dos jornais La Stampa e Vatican Insider, Andrea Tornielli, autor de uma biografia sobre Jorge Bergoglio, para pedir conselhos. Tornielli confirmou o contacto e manifestou a sua disponibilidade.

O cineasta alemão espera estrear o filme a 17 de dezembro de 2014, por ocasião do 78º aniversário do Papa.

 

4. O Papa já soma mais de seis milhões de seguidores no Twitter (www. twitter.com/Pontifex). De origem argentina, Francisco fez disparar o interesse dos latino-americanos pelo seu perfil na rede social e esta semana a conta ultrapassou os seis milhões de seguidores, com o crescimento médio diário a rondar os 60 mil.

Francisco tomou posse como Papa a 13 de março e desde então já publicou 27 mensagens no Twitter.

 

5. Bento XVI regressou esta semana ao Vaticano. Foi no passado dia 2 de maio, quinta-feira, com o Papa Emérito a viver agora no Mosteiro ‘Mater Ecclesiae’, um edifício situado nos jardins do Vaticano a poucas centenas de metros da casa Santa Marta, onde vive o Papa Francisco. Com o Papa Emérito passam a viver as quatro leigas consagradas que sempre o acompanharam, bem como o arcebispo Georg Gaenszwein, seu secretário pessoal e também Chefe da Casa Pontifícia do Papa Francisco.

Segundo o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, o Papa Emérito "não tem qualquer doença", mas é "um homem idoso, enfraquecido pela idade". O padre Federico Lombardi anunciou ainda aos jornalistas que a viagem desde o palácio apostólico de Castel Gandolfo, nos arredores de Roma, para o Vaticano será feita em helicóptero.

Bento XVI, recorde-se, deixou o Vaticano a 28 de fevereiro último, último dia do Pontificado, após ter renunciado ao mesmo.

Aura Miguel, à conversa com Diogo Paiva Brandão
Na Tua Palavra
Não nos separemos d’Ele!
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
António Bagão Félix
Na semana passada li uma entrevista com um candidato a deputado (cabeça-de-lista) pelo circulo eleitoral do Porto.
ver [+]

P. Manuel Barbosa, scj
Com “missão nas férias” não quero propor programas de férias missionárias, nem dizer que a missão está de férias.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES