Lisboa |
Papa Francisco escreveu aos novos Cardeais
Cardinalato não é “um prémio”, mas uma vocação “de serviço”
<<
1/
>>
Imagem

O Papa Francisco enviou uma carta aos 20 novos Cardeais, entre os quais D. Manuel Clemente, Patriarca de Lisboa, onde pede aos prelados para serem comedidos nos festejos e avisa que o novo cargo não é um prémio.

 

Francisco recorda que o cardinalato é uma vocação de serviço e sugere aos futuros Cardeais que repitam a expressão que Jesus sugeriu aos seus discípulos, para se manterem humildes: “Digam: ‘Somos servos inúteis’”. “Manter a humildade no serviço não é fácil quando se considera o Cardinalato como um prémio, como o culminar de uma carreira, uma dignidade de poder ou de distinção superior”, refere a carta, que tem data de 4 de janeiro mas que foi divulgada somente na passada semana pelo jornal do Vaticano, L’Osservatore Romano. “Ser Cardeal significa incardinar-se na Diocese de Roma para dar testemunho da Ressurreição do Senhor, e dar totalmente, até ao derramamento de sangue, se necessário”.

A carta do Papa refere-se ainda aos festejos que costumam acompanhar estas cerimónias. “Muitos se alegram por esta tua nova vocação e, como bons cristãos, farão festejos (porque é próprio do cristão alegrar-se e saber festejar). Aceita-os com humildade. Mas fá-lo de modo a que, nesses festejos, não se insinue o espírito da mundanidade que entontece mais do que a aguardente em jejum, desorienta e separa da cruz de Cristo”, aconselhou o Papa Francisco, que assegura aos futuros Cardeais a sua oração para este “novo serviço, que é um serviço de ajuda, apoio e proximidade especial à pessoa do Papa e pelo bem da Igreja”.

D. Manuel Clemente, recorde-se, será feito Cardeal, juntamente com outros 19 Bispos, no dia 14 de fevereiro, numa celebração que vai ter lugar em Roma. “Adeus, até 14 de fevereiro. Prepara-te com a oração e um pouco de penitência, que tenhas muita paz e alegria. E, por favor, peço-te que não te esqueças de rezar por mim”, conclui a carta do Papa.

 

________________


Viagem a Roma com inscrições fechadas

O Serviço de Turismo do Patriarcado informa que a viagem a Roma que está a organizar por ocasião da elevação de D. Manuel Clemente a Cardeal “está completamente esgotada”. “Estamos certos de que aqueles que  marcarem presença em Roma, representarão muitos outros e fica desde já marcado um encontro  do Cardeal-Patriarca, com toda a Diocese de Lisboa, no Mosteiro dos Jerónimos, na tarde do próximo dia 22 de fevereiro”, refere um comunicado, que salienta ainda estar aberta, até dia 21 de fevereiro, a conta bancária para quem desejar fazer uma oferta a D. Manuel Clemente que “signifique a estima e consideração de todos”. “As ofertas podem ser feitas através de depósito bancário ou por transferência bancária e os dados da conta são os seguintes: NIB: 0033000000170425024”.

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
A encíclica «Fratelli tutti» (FT) é uma corajosa invocação de S. Francisco de Assis, a lembrar-nos que...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Deo gratias! No passado dia 10 de Outubro, foi beatificado Carlo Acutis, um jovem italiano de 15 anos, falecido em 2006.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES