Missão |
Fundação João XXIII – Casa do Oeste
“Missão Visão Guiné”
<<
1/
>>
Imagem

A Fundação João XXIII é uma Instituição do Patriarcado de Lisboa que tem como finalidade a promoção e o desenvolvimento do meio rural, “à luz da mensagem Cristã”.

 

As primeiras férias solidárias e o nascer da Missão Visão Guiné

“Em 1990, um grupo de pessoas da Fundação João XXIII fez as primeiras férias solidárias em Bissau, convivendo com a população e ajudando a recuperar casas de um bairro da Caritas em Santa Luzia. Desde essa data todos os anos um ou mais grupos de voluntários partem por algumas semanas para esta missão, suportando cada um as suas despesas, para apoiar os projetos que, entretanto foram nascendo”, escreve a equipa responsável pela Fundação João XXIII – Casa do Oeste. Sonhou-se então a “Missão Visão Guiné”, tal como escrevem os responsáveis deste projeto: “Nas suas variadas incursões à Guiné, os elementos da Fundação João XXIII foram-se apercebendo das inúmeras lacunas e deficiências existentes no âmbito dos cuidados de saúde. Em diversas áreas, a assistência é mesmo inexistente, levando a situações de grande carência e abandono. Foi numa destas viagens de apoio humanitário que se tornou patente e existência de inúmeras situações de cegueira, muitas delas atingindo mesmo pessoas relativamente jovens. Este quadro triste sensibilizou os elementos em missão e fê-los pensar em promover um projeto na área da oftalmologia. Nasceu, assim, o Projeto Visão Guiné. A ideia inicial seria de ir com uma equipa médica até Ondame e operar cerca de 50 pessoas cegas, de forma a devolver-lhes a visão. E foi assim que, nos primeiros meses de 2010, começaram os preparativos de toda a logística necessária à persecução da missão projetada para 2011. Não seria uma missão simples de organizar, mas com a boa vontade de todos não seria impossível. Reuniões, contactos, planos e o projeto foi crescendo.”

 

Dar continuidade à ação humanitária desenvolvida

Após a primeira missão em 2011, estabeleceram-se contatos e foi feito um levantamento das necessidades da população de forma a dar continuidade à ação humanitária desenvolvida. A equipa de oftalmologistas em colaboração com a Fundação João XXIII e o Hospital de Cumura lançaram assim as bases para uma ação mais sustentada no programa que iniciaram. “A meta principal foi dotar o hospital de Cumura com os meios técnicos necessários para que se torne um centro de formação e assistência oftalmológica de referência na Guiné-Bissau e onde, periodicamente, se possam deslocar equipas de voluntários com a missão de realizar cirurgias oftalmológicas nesta população tão carenciada; evitar, tanto quanto possível, a vinda dos pacientes a Portugal com todos os gastos inerentes para o estado Guineense e Português; e fazer formação de técnicos locais promovendo a sua autossuficiência.”

 

Quinta “Missão Visão e a promessa do regresso para transformar vidas!

Recentemente, realizou-se a quinta “Missão Visão”, que angariou consumíveis e reuniu 11 médicos oftalmologistas e alguns enfermeiros que pagaram as suas próprias viagens e despesas para ir á Guiné-Bissau e durante 11 dias dar consultas e realizar cirurgias no Hospital de Comura (nos arredores de Bissau), que se juntaram a médicos guineenses (que aprendem assim a usar a tecnologia avançada levada pelos profissionais portugueses). De acordo com um dos médicos que integrou esta missão, cerca de quatro quintos dos doentes que operam têm menos de 10% de visão em cada olho ou são totalmente cegos. Entre os muitos casos que encontraram, destacam-se as cataratas num grau muito mais grave que as que costumam observar na Europa. No regresso, faz-se o balanço e prepara-se o regresso no próximo ano, com o objetivo de “transformar vidas”!

 

Para mais informações, pode consultar: http://www.solidariedadeguinebissau.com

texto por Catarina António, FEC – Fundação Fé e Cooperação
Na Tua Palavra
Não nos separemos d’Ele!
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Outubro ficará na história da Igreja em Portugal por dois principais motivos: a entrada, para o colégio cardinalício, de D.
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Se houve nas últimas décadas uma cristã militante social da maior relevância, exemplo do compromisso...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES