Roma |
A uma janela de Roma
Humildade é o “estilo de Deus e do cristão”
<<
1/
>>
Imagem

O Papa iniciou a Semana Santa no Vaticano com um pedido aos cristãos. Francisco recordou novamente as vítimas da queda do avião da Germanwings, pediu a um cardeal para viajar para o Iraque para transmitir solidariedade e proximidade, cumprimentou pessoas sem-abrigo que visitaram o Vaticano e foi anunciado parte do programa da visita do Papa aos EUA, em setembro.

 

1. O Papa pediu aos cristãos para que recusem a vaidade e o orgulho. Durante a celebração de Domingo de Ramos, no dia 29 de março, Francisco apelou à humildade e lembrou o exemplo de todos quantos renunciam a si mesmos para estarem ao serviço do outro. “Há outro caminho, contrário ao caminho de Cristo: o mundanismo. O mundanismo oferece-nos o caminho da vaidade, do orgulho, do sucesso. É o outro caminho”, precisou, na homilia da Missa a que presidiu, perante milhares de pessoas reunidas na Praça de São Pedro. Francisco apresentou a humildade como o “estilo de Deus e do cristão” elogiou o exemplo de fé dado por “tantos homens e mulheres que em cada dia, no silêncio e escondidos, renunciam a si mesmos para servir os outros: um familiar doente, um idoso sozinho, uma pessoa deficiente, um sem-abrigo”.

O Papa homenageou também as vítimas da intolerância religiosa, numa alusão aos cristãos perseguidos pelos terroristas do Estado Islâmico. “Pensamos também na humilhação das pessoas que, pela sua conduta fiel ao Evangelho, são discriminadas e pagam na própria pele. E pensamos ainda nos nossos irmãos e irmãs perseguidos porque são cristãos, os mártires de hoje: não renegam Jesus e suportam, com dignidade, insultos e ultrajes”, prosseguiu.

No final da Missa no Domingo de Ramos, o Papa Francisco saudou os jovens por ocasião da XXX Jornada Mundial da Juventude, celebrada nesse dia a nível diocesano. “Queridos jovens, eu vos exorto a prosseguirem o vosso caminho, seja nas dioceses, seja na peregrinação através dos continentes, que vos levará no próximo ano a Cracóvia, pátria de São João Paulo II, iniciador das Jornadas Mundiais da Juventude”. O Papa destacou que o tema desta jornada – ‘Felizes os puros de coração, porque verão a Deus’ – e encorajou os jovens: “Deixem-se cumular pela ternura do Pai, para difundi-la aos demais”.

 

2. O Papa voltou a recordar as vítimas do acidente com o avião da Germanwings, que se despenhou no passado dia 24 de março, nos Alpes franceses, provocando 150 mortos. “Confio à proteção de Maria as vítimas do acidente aéreo da última terça-feira, entre os quais havia também um grupo de estudantes alemães”, lembrou, durante a oração do Angelus, no passado Domingo. O voo partiu de Barcelona em direção a Dusseldorf e, segundo a investigação, o copiloto fez embater o Airbus A320 contra as montanhas dos Alpes franceses.

 

3. O Papa Francisco pediu ao cardeal Fernando Filoni para viajar para o Iraque, como já fez em agosto, para transmitir aos deslocados a proximidade e a solidariedade do Papa, informou o Vaticano. “O Papa Francisco não esquece as tantas famílias cristãs e outros grupos do Iraque, vítimas da expulsão das suas próprias casas e dos seus próprios povos, em particular na cidade de Mossul e na planície de Ninawa, muitos dos quais se refugiaram na região autónoma do Curdistão iraquiano”, afirmou a Santa Sé. Por esta razão, Francisco enviou como emissário o cardeal Filoni, governador regional para a Evangelização dos Povos, a este país do Oriente Médio onde em agosto o mesmo fez chegar aos deslocados “o amor” do Papa, além de um investimento em dinheiro não especificado. “O Papa reza por eles e espera que possam retornar em breve à sua própria vida nas terras e nos lugares onde, durante centenas de anos, mantiveram relações de boa convivência com todos”, prossegue a nota.

A Santa Sé anunciou ainda que o papa Francisco não esquece “o sofrimento das famílias do norte da Nigéria”, um país que atravessa o seu momento mais dramático com milhares de assassinatos cometidos pelo grupo jihadista Boko Haram. Também a estas famílias, o Papa enviou uma mensagem de solidariedade e proximidade através da Conferência Episcopal.

 

4. O Papa encontrou-se com cerca de 150 pessoas sem-abrigo de Roma que tinham sido convidados para visitar os museus do Vaticano. Francisco cumprimentou vários dos presentes, deu-lhes as boas-vindas e, dirigindo-se a todos disse: “Bem-vindos. Esta casa é para todos, é a vossa casa. As portas estão sempre abertas para todos”. De seguida, Francisco deu a bênção e pediu as orações: “Rezem por mim. Preciso das orações de pessoas como vocês.”

Os convidados do Santo Padre permaneceram depois no Vaticano, onde lhes foi servido um jantar. Segundo uma nota da Sala de Imprensa da Santa Sé, o próprio Papa terá pedido que não fossem tiradas fotografias ou feita qualquer gravação vídeo durante o encontro com Francisco.

 

5. Segundo um comunicado da Casa Branca, o Papa Francisco vai encontrar-se com o presidente norte-americano, Barck Obama, no dia 23 de setembro. O encontro vai acontecer no âmbito da primeira visita do Papa argentino aos Estados Unidos. Francisco e Obama vão falar, entre outras questões, sobre como cuidar dos marginalizados e pobres, a integração de imigrantes e refugiados, a proteção das minorias religiosas e a promoção da liberdade religiosa em todo o mundo.

O programa do Papa em terras americanas inclui um discurso no dia 24 no Congresso norte-americano. No dia seguinte, desloca-se à sede das Nações Unidas onde vai encontrar-se com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e proferir mais uma palestra.

Francisco visita os Estado Unidos da América para participar no Encontro Mundial das Famílias, marcado para Filadélfia, entre os dias 22 e 27 de setembro.

Aura Miguel, à conversa com Diogo Paiva Brandão
Na Tua Palavra
Não nos separemos d’Ele!
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
Pe. Alexandre Palma
Quais serão as realizações da Igreja em Portugal, fruto do seu empenho e compromisso, minimamente nacionais?...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
O príncipe Harry e a esposa, Meghan Markle, declararam que não pretendem ter mais do que dois filhos,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES