Lisboa |
Ultreia Regional dos Cursilhos de Cristandade
“Cursilhos de hoje são tanto ou mais importantes” do que quando foram fundados
<<
1/
>>
Imagem

O Cardeal-Patriarca de Lisboa destacou o papel dos Cursilhos de Cristandade na evangelização, lembrando “o anúncio forte de Jesus” que o movimento faz. D. Manuel Clemente participou Ultreia Regional, que decorreu na noite do passado dia 25 de junho.

 

Neste encontro com os Cursilhistas da Grande Lisboa, que teve lugar no auditório da igreja de São João de Deus, o Cardeal-Patriarca, segundo um comunicado, referiu que “os Cursilhos de hoje são tanto ou mais importantes do que na altura que o fundador Eduardo Bonín, e seus amigos, deram início a este movimento”. “O contexto da sociedade espanhola de então era bastante difícil e complicado mas propiciava a criação de movimentos espirituais no seio das famílias tradicionais e realmente católicas. Nos dias de hoje, há muitas famílias destruturadas e algumas comunidades mais desatentas pelo que os cursilhistas são impelidos a cumprir a sua missão evangelizadora”, salienta a nota.

Durante o encontro, que contou com a presença do diretor espiritual do movimento, padre António Ramires, uma das participantes fez um apelo a D. Manuel Clemente para que “sensibilizasse os senhores padres a uma maior colaboração com o MCC – Movimento dos Cursilhos de Cristandade, nomeadamente nas Ultreias e Cursilhos”.

Sobre o Sínodo Diocesano de Lisboa, o Cardeal-Patriarca sublinhou que a celebração, em novembro de 2016, dos 300 anos da atribuição a Lisboa, pelo Papa Clemente XII, da designação de Patriarcado, é “uma oportunidade para se proceder à reflexão sobre o passado e o anúncio do futuro”. D. Manuel Clemente, de acordo com o comunicado, “deu como exemplo que, em meios urbanos como Lisboa cidade, ainda há quem nunca tenha ouvido falar de Jesus”.

Durante o encontro, foi “destacado, a título de curiosidade, que o primeiro registo de participação do Senhor D. Manuel num Cursilho em Lisboa remonta a abril de 1997, no Cursilho nº. 441”.

Na Tua Palavra
Não nos separemos d’Ele!
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Foi há alguns dias que, na espaçosa capela de um colégio, presenciei uma cena que me deu que pensar.
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Celebram-se este ano cem anos do nascimento de Sophia de Mello Breyner, um sinal muito português e universal de talento, sensibilidade e sabedoria.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES