Vocações |
Semana de Oração pelas Vocações
ATREVE-TE a teres uma experiência de vida.....
<<
1/
>>
Imagem

Pensámos desafiar-te a teres uma experiência de vida! Na Semana de Oração pelas Vocações, de 30 de abril a 07 de maio próximos, com a actividade Semana.com… o Setor de Animação Vocacional do Patriarcado vem propor-te a viveres numa comunidade de vida consagrada.

 

Se és jovem, tens mais de 18 anos e procuras um desafio, vem viver uma semana numa comunidade consagrada à tua escolha! Mantendo os teus deveres académicos/profissionais durante o dia, mas estando e pernoitando na comunidade, participando da vida da mesma nos períodos em que possas estar.

 

Queres experimentar um projeto de vida diferente?

Inscreve-te para o e-mail: vocacoesxpto@gmail.com

Descobre o Sal da vida e a Luz do mundo!

 

________________

 

Carta aos superiores de comunidades religiosas

 

Rev.dos Superiores

Como no ano passado, pensámos propor a vivência da Semana de Oração pelas Vocações, de 30 de abril a 07 de maio próximos, com a actividade Semana.com… (uma comunidade de vida consagrada).

A ideia é que os/as jovens possam viver essa semana numa comunidade consagrada à sua escolha, mantendo as suas obrigações académicas/profissionais durante o dia, mas estando e pernoitando na comunidade, participando da vida da mesma nos períodos em que possam estar. As comunidades que desejem receber em suas casas jovens que participem nesta iniciativa, deverão indicar a sua disponibilidade para o e-mail vocacoesxpto@gmail.com, com a seguinte informação:

- localização geográfica / endereço da vossa casa;

- número de raparigas ou rapazes a receber (consoante seja comunidade feminina ou masculina);

- dias e horas a partir de quando podem acolher (domingo ou segunda feira conforme escolherem);

- dias e horas até quando podem acolher (sexta-feira ou sábado ou domingo conforme escolherem);

- breve parágrafo com apresentação da natureza e carisma da comunidade.

Para depois fazermos a divulgação junto dos jovens, maiores de 18 anos, e eles poderem escolher com que comunidade querem e podem viver esta semana (em razão de alguma relação existente, identificação, facilidade de deslocação, ou outra…) precisamos da vossa resposta com manifestação de interesse em acolhê-los, até ao próximo dia 30 de março.

Desejando poder contar com a participação do vosso instituto, sociedade ou outra realidade vocacional, e suplicando as maiores bênçãos para vós e para a vossa missão, apresento as minhas saudações cordiais,

O Director do S.A.V.

(Cón. José M. Pereira)

 

________________

 

Agenda

 

Rapazes não Esquecer:

- Campanários do 9º ao 11º anos: 8 a 11 de abril, Seminário de Penafirme

- Estágios Vocacionais do 7º e 8º anos: 5 a 7 de abril, Seminário de Penafirme

- Retiros para Rapazes do 12º ano e Universitários: 31 de março a 2 de abril, Seminário de Caparide

 

Raparigas não Esquecer:

- Luzeiro da Páscoa do 7º ao 9º anos: 8 a 11 de abril, Casa do Oeste

(inscreve-te em http://vocacoesxpto.net/luzeiros)

 

________________

 

Geocaching Vocacional: Religiosas de Maria Imaculada

Ajudar as jovens a “triunfar” na vida

 

A Congregação das Religiosas de Maria Imaculada foi fundada em Madrid, Espanha, em 1876, por Santa Vicenta Maria López y Vicuña, para dar resposta às necessidades das jovens que vinham das aldeias servir nas grandes cidades. Ainda hoje tem como principal alvo “salvar e santificar” as adolescentes e jovens.

 

Membros de uma família nobre, os dois irmãos Maria Eulália e Manuel Maria Vicuña fundaram, em 1842, a Congregação da Doutrina Cristã, uma associação de leigos que se dedicava a catequizar crianças e adultos internados no Hospital de São João de Deus. Preocupados, sobretudo, com as raparigas que vinham servir para a cidade e que eram vítimas fáceis de todo o género de exploração, alargaram o seu serviço a outros hospitais e à prisão das mulheres. Para elas criaram, dez anos depois, a “Casita”, um pequeno apartamento onde acolhiam e educavam as jovens que saíam daquelas instituições e não tinham trabalho nem alojamento.

Entretanto, chega a Madrid uma sobrinha, Vicenta Maria López y Vicuña, para ser por eles educada. A jovem começa a acompanhar os trabalhos da “Casita” e a manifestar um desejo de consagração a Deus e aos mais necessitados, especialmente na escola dominical que organiza para ajudar outros jovens a prepararem-se para um futuro digno. Decide, então, criar uma instituição para fazer este trabalho mais extensivamente, como conta numa carta enviada ao pai: “uma congregação de senhoras que vivam em comunidade, sob uma regra religiosa”. O novo instituto, com o nome de Religiosas de Maria Imaculada, surgiria em 1876, para o qual, Vicenta Maria, escreve uma regra dois anos depois, recebendo a aprovação pontifícia, pelo Papa Leão XIII, em 1888.

Vicenta Maria, Fundadora da Congregação das Religiosas de Maria Imaculada, falece em 1890, é beatificada pelo Papa Pio XII em 1950, e canonizada por Paulo VI, em 1975.

 

Carisma

Confiada à proteção da Imaculada Virgem Maria, a Congregação tem como missão evangelizar as jovens necessitadas, zelando pela sua salvação e santificação. O seu lema: “As Jovens triunfaram”. Para que ele se cumpra, vivem os conselhos evangélicos de pobreza, com desprendimento e trabalho; de castidade, expressão de um coração indiviso e de obediência, como expressão de fé e amor para a missão.

Marcadas pelo selo da espiritualidade inaciana, os elementos constitutivos do Carisma e Identidade das Irmãs, recebidos do testemunho de vida de Santa Vicenta Maria, são: o amor e o desejo ardente de procurar e realizar a vontade de Deus; a paixão e o zelo pelas jovens e o seu amadurecimento humano, formação, promoção e santificação; a obediência aprendida na contemplação de Cristo; a oração a partir da vida e para a vida; o amor a Maria como modelo de “mulher nova” para as jovens de hoje e o amor à Eucaristia como centro da vida e alimento para o quotidiano.

A "Casita" de outrora cresceu e hoje as Religiosas de Maria Imaculada estão presentes em quatro continentes. Em Portugal estamos em Braga, Porto, Fátima, Ponta Delgada e Lisboa.

Nesta última cidade, a missão concretiza-se na Residência Universitária Maria Imaculada e no Centro de Apoio e Orientação de Jovens e Emigrantes.

 

Em Lisboa

As Religiosas de Maria Imaculada chegam a Portugal em 1932 e à Diocese de Lisboa uns anos mais tarde. Marcadas por este mesmo amor, pedagogia preventiva e inquietação evangelizadora, desenvolvem a sua ação pastoral na Residência Universitária Maria Imaculada, uma Residência para jovens universitárias e trabalhadoras, e no Centro de Apoio e Orientação para Jovens e Emigrantes, um espaço de acolhimento, onde se privilegia a presença, a escuta, a proximidade, a compreensão e o ambiente de família.

O dia a dia das RMI é repartido entre oração, trabalho e vida fraterna. A oração pessoal e comunitária marca o ritmo do dia, tendo como centro a Eucaristia. O trabalho vai dos serviços domésticos da casa à animação e coordenação da vida espiritual e apostólica da comunidade e à preparação de projetos e iniciativas pastorais. A vida fraterna é alimentada por espaços de distensão e encontros comunitários.

textos pela Pastoral das Vocações do Patriarcado de Lisboa
Na Tua Palavra
Não nos separemos d’Ele!
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
P. Nuno Amador
Joker, de Todd Phillips, é um filme sublime e perturbador. Sublime na lentidão certa com que nos dá...
ver [+]

Isilda Pegado
1. Na Universidade diziam-nos que quando entra a Justiça, já não há Família. E por isso, o chamado...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES