Lisboa |
Exposição ‘Corpus Christi’, na Igreja da Graça
Miniaturas mostram procissão do Corpo de Deus no século XVIII
<<
1/
>>
Imagem

A exposição ‘Corpus Christi. A procissão do Corpo de Deus’, na Igreja da Graça, em Lisboa, apresenta 1587 miniaturas em barro não cozido, concebidas e moldadas à mão, entre 1944 e 1948, por Diamantino Tojal, que retratam a procissão do Corpo de Deus no século XVIII.


Patente na Sala do Capítulo do Convento da Graça, a mostra foi inaugurada no passado dia 15 de junho, e é promovida pela Câmara Municipal de Lisboa, a EGEAC, através do Museu de Lisboa, a Igreja da Graça e a Associação Mais Graça. “Esta será uma ocasião única para ver a totalidade desta coleção e também a primeira oportunidade de ver o resultado das importantes obras de restauro realizadas na Sala do Capítulo do Convento da Graça, no âmbito do protocolo entre a Câmara de Lisboa, a Fábrica Paroquial da Freguesia de Santo André- Graça e a Real Irmandade de Santa Cruz e Passos da Graça”, refere um comunicado, salientando que “o vasto conjunto, que faz parte do acervo do Museu de Lisboa, apenas tinha sido apresentado na sua totalidade em 1948 no Palácio Galveias”. “Em 2016, algumas peças foram expostas, durante cerca de uma semana, nos Paços do Concelho para assinalar a reposição do feriado nacional”, salienta a nota.

A exposição ‘Corpus Christi. A procissão do Corpo de Deus’ tem entrada livre e pode ser visitada até dia 1 de outubro, de terça-feira a sábado, entre as 10h00 e as 17h30, e aos Domingos, das 10h00 às 18h00.

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Há dias, o Cardeal D. José Tolentino Mendonça afirmou no Seminário do Instituto Camões sobre Cooperação...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Todos os anos, a Igreja católica prepara-se para a festa da conversão de São Paulo, a 25 de Janeiro,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES