Lisboa |
Visita Pastoral à Paróquia do Alto do Lumiar
Sementes para o mundo
<<
1/
>>
Imagem

É uma paróquia que no próximo ano celebra 25 anos e que tem recebido, nos últimos tempos, muitos casais novos. A Paróquia do Alto do Lumiar recebeu a Visita Pastoral, com D. José Traquina, Bispo Auxiliar de Lisboa, a sublinhar que os cristãos são “semente para o mundo e não o inverso”.

 

O Alto do Lumiar “não seria a mesma coisa sem esta paróquia”, garantiu D. José Traquina, na conclusão da Visita Pastoral a esta paróquia da cidade de Lisboa. “É esta consciência de missão que é necessário continuar. É necessário um cuidado permanente de testemunho pessoal e de propostas de evangelização para todas as idades. O ambiente familiar e social desta zona da cidade continuará dependente do bom testemunho e das propostas de evangelização que a paróquia conseguir promover e assegurar”, lembrou o Bispo Auxiliar de Lisboa, que no final deste mês será o novo Bispo de Santarém.

Na conclusão da Visita Pastoral à Paróquia do Alto do Lumiar, D. José Traquina apontou ainda que “a comunidade cristã é sacramento de salvação”. “É perigoso quando a comunidade cristã copia o mundo. Nós somos semente para o mundo e não o inverso. É o encontro com Cristo que faz luz sobre a nossa existência. Esta é a experiência de sempre e deve ser esta que nos deve guiar. Quem se encontra com Cristo, descobre que é amado por Deus, descobre que não nasceu por acaso, descobre que tem uma missão e vocação. Não construamos barreiras entre nós, cristãos, que nos dividem. É claro que numa comunidade cristã existem carismas diferentes, mas o Espírito é o mesmo”, observou.

Na homilia da Missa de encerramento, na manhã do passado Domingo, 5 de novembro, D. José Traquina sublinhou que a Visita Pastoral, que está a decorrer atualmente às 15 paróquias da Vigararia Lisboa IV, pretende ser “um sinal da parte de Deus às comunidades”. “Um sinal de que Deus a todos ama, a todos quer bem, quer atenção à sua Palavra, sempre escutada e proclamada, quer estar na intimidade de cada um, em cada família, quer fazer luz sobre a existência humana”, referiu, salientando que “o número significativo de casais novos e de crianças que vivem na paróquia” foi “mais um testemunho” que recebeu. “Permite-me concluir que existe um testemunho de caminho percorrido à luz da fé”, observou.

No final da celebração, o pároco do Alto do Lumiar desafiou a comunidade ao anúncio. “É importante tomarmos consciência da nossa missão como paróquia, tomarmos consciência que a evangelização é feita por cada um de nós. A Igreja somos todos nós e todos temos uma missão que nos responsabiliza. É muito bom ver a nossa igreja sempre cheia de gente, mas há muito mais gente que ainda não conhece verdadeiramente Jesus Cristo”, apontou o padre Duarte Andrade e Sousa.

 

Proximidade

Presente nesta paróquia da zona Alta de Lisboa desde 2015, o padre Duarte faz “um balanço muito positivo” da Visita Pastoral, “para o conjunto da paróquia, internamente e externamente”. “Externamente foi muito bom, com a visita às entidades e instituições, como os colégios, as casas religiosas, o centro de refugiados da Câmara Municipal de Lisboa ou o lar militar da Cruz Vermelha. Foi bom ter a presença do senhor Bispo, para cimentar a própria relação da paróquia com essas instituições. Internamente, correram muito bem os encontros com todos os movimentos da paróquia, com a catequese e os pais, com os jovens, com todas as realidades. As pessoas gostaram muito da proximidade do senhor Bispo e julgo que o senhor Bispo também gostou de ver o funcionamento da paróquia e os desafios que tem”, salienta este sacerdote ao Jornal VOZ DA VERDADE, destacando “o encontro com toda a catequese, os catequistas, os miúdos e as famílias”.

 

Gente jovem

A Paróquia de Nossa Senhora do Carmo do Alto do Lumiar foi criada em 1993, ao ser desanexada da Paróquia do Lumiar, “uma paróquia muito antiga, que este ano festeja 750 anos”. “A nossa paróquia vai celebrar 25 anos em 2018. Se calhar, por ser uma comunidade nova tem muita força e muita vida. A maior parte das pessoas são daqui, de Lisboa, e segundo os dados oficiais o Lumiar é a freguesia mais populosa da cidade, ultrapassando os Olivais”, descreve o pároco.

A Visita Pastoral à Paróquia do Alto do Lumiar decorreu de 31 de outubro a 5 de novembro. Das palavras de D. José Traquina à comunidade cristã, o padre Duarte Andrade e Sousa destaca “a palavra de ânimo” e “o reconhecimento de que o Alto Lumiar é uma paróquia viva, com gente jovem, que é próprio da demografia desta zona da cidade”. “Temos muitos casais novos, muitas famílias e a riqueza que isso é. A nossa paróquia tem todas as faixas etárias e isso é também um desafio de evangelização. Ter muita gente é uma graça, mas é também um desafio”, salienta, reconhecendo “a influência dos muitos colégios católicos da zona”. “Na paróquia temos o Colégio de São Tomás e o Colégio de Santa Doroteia e, mesmo ao lado, temos o Colégio São João de Brito e o Planalto. Isso também traz muita gente para aqui, para esta zona”, salienta o padre Duarte.

texto por Diogo Paiva Brandão; fotos por Filipe Teixeira
Na Tua Palavra
Não nos separemos d’Ele!
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
Isilda Pegado
1. Termina agora o ano judicial e milhares de casos de crianças, pais e mães envolvidos em longas contendas,...
ver [+]

P. Duarte da Cunha
Os nossos olhos e tudo o que lhes está associado no cérebro tornam possível essa coisa maravilhosa que é ver.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES