Lisboa |
Aos 86 anos
Morreu D. Maurílio de Gouveia, Arcebispo Emérito de Évora que foi Bispo Auxiliar de Lisboa
<<
1/
>>
Imagem

D. Maurílio de Gouveia era “o Pastor próximo, atento e humano”, que “ficou no coração do povo alentejano e do povo ribatejano”. É desta forma que o Arcebispo de Évora, D. Francisco Senra Coelho, recordou à Renascença o Arcebispo Emérito de Évora, falecido no passado dia 19 de março, aos 86 anos. Já o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, sublinhou que, “através da sua voz ponderada e experiente, da sua inteligência discreta mas penetrante”, a presença de D. Maurílio “fez-se sentir na sociedade portuguesa em alguns momentos decisivos da sua História recente, trazendo-lhe a marca de uma religiosidade profunda e amadurecida, de um conhecimento solidário e próximo de todos quantos buscam na mensagem evangélica uma fonte de apoio moral e espiritual”.

Arcebispo de Évora durante 27 anos (1981-2008), D. Maurílio de Gouveia tinha sido Bispo Auxiliar de Lisboa, entre 1973 e 1981, e vigário geral do Patriarcado a partir de 1978.

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Há dias, o Cardeal D. José Tolentino Mendonça afirmou no Seminário do Instituto Camões sobre Cooperação...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Todos os anos, a Igreja católica prepara-se para a festa da conversão de São Paulo, a 25 de Janeiro,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES