Lisboa |
Comemoração de Todos os Fiéis Defuntos
“Com Cristo, em Deus”
<<
1/
>>
Imagem

O Cardeal-Patriarca de Lisboa lembrou que a Comemoração de Todos os Fiéis Defuntos é uma celebração “de esperança”. No Panteão dos Patriarcas, no Mosteiro de São Vicente de Fora, D. Manuel Clemente presidiu à Eucaristia pelos antecessores.

“Não podemos dizer corretamente que [os anteriores Patriarcas] estão aqui sepultados. Não, o que estão aqui são os seus restos mortais. Eles estão com Cristo, em Deus. Se não, também nós não estaríamos aqui. Se fosse para velar quem partiu, não se justificaria. Eles estão com Cristo, em Deus. Este é um momento muito especial, na roda do ano, para lembrar esta verdade. Estamos a lembrar os que foram, os restos que ficaram, mas sobretudo como estão com Cristo, em Deus, para serem, para todos nós, um incentivo também”, salientou o Cardeal-Patriarca.

Na capela tumular, no passado dia 2 de novembro, D. Manuel Clemente sublinhou que os restos mortais “são, sobretudo, promessa e expectativa da vida que têm”. “Este ‘Vinde a Mim’ que Cristo nos diz no Evangelho nunca mais acaba. É com Ele que estaremos”, observou, destacando que “estas celebrações são de esperança”. “Fomos salvos na esperança. E a esperança, como lembrava o Papa Bento XVI, é performativa, quer dizer, realiza aquilo que diz. Não há finados, porque ninguém acaba aqui. Há defuntos, que cessaram o que estavam a fazer neste mundo, mas continuam com Cristo, em Deus. Este é que é o ponto cristão das coisas. Esta celebração, por eles, por nós, é o momento de esperança”, terminou o Cardeal-Patriarca de Lisboa.

texto por Diogo Paiva Brandão; fotos por Filipe Teixeira
A OPINIÃO DE
P. Manuel Barbosa, scj
Estamos a terminar a fase diocesana do processo sinodal, com a apresentação da respetiva síntese. Mas...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Continuamos a ler os Atos dos Apóstolos, e a acompanhar Paulo e Barnabé no seu percurso: «Naqueles...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES