Lisboa |
Semana de Oração pelos Seminários
“Sacerdócio ministerial existe por causa da humanidade”
<<
1/
>>
Imagem

O reitor do Seminário Maior de Cristo Rei dos Olivais destacou, no encerramento da Semana de Oração pelos Seminários, que “ninguém é padre para se resolver a si próprio”.

“Ao celebrarmos o Dia dos Seminários, a Palavra de Deus começa por pôr diante de nós a condição humana, para que ninguém se engane. Ninguém é padre para se resolver a si próprio. O sacerdócio ministerial existe por causa da humanidade, por causa daquilo que Deus quer oferecer à humanidade”, destacou o cónego José Miguel Pereira. Na Igreja dos Pastorinhos, em Alverca do Ribatejo, na Missa no passado Domingo, 7 de novembro, este responsável apelou à radicalidade. “Não percamos o tesouro que é esta possibilidade daqueles que, abandonando-se a Cristo, se tornam, para todos nós, sinal do sustento, da presença, da radicalidade com que Cristo se nos oferece. No Dia dos Seminários, peçamos ao Senhor que muitos jovens experimentem no seu coração este apelo de radicalidade, este apelo de entrega, este apelo de consagração, este apelo de compromisso, pelo Reino de Deus, pelos irmãos mais necessitados. Que muitos jovens confiem ao Senhor o caminho com que o Senhor os pode preencher, para preencherem a humanidade”, desejou.

 

____________


Os Seminários do Patriarcado de Lisboa estiveram reunidos em Penafirme, a 6 de novembro, para o magusto comemorativo do Dia dos Seminários.

A OPINIÃO DE
Pe. Alexandre Palma
A ecologia parece um assunto novo. Ampliado pelo actual sobressalto ambiental, o termo e o tema determinam hoje muito da nossa agenda pública.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
De entre os episódios de violência e perseguição contra cristãos, têm vindo em particular evidência nos últimos tempos os ocorridos na Nigéria.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES