Lisboa |
Apresentadas alterações ao projeto
Recuperação da Sé Patriarcal concluída no terceiro trimestre de 2022
<<
1/
>>
Imagem

O projeto de recuperação e valorização da Sé Patriarcal de Lisboa, incluindo o seu núcleo arqueológico, deve estar concluído no terceiro trimestre do próximo ano, revelou o diretor-geral do Património Cultural, João Carlos Santos.

O responsável deu esta garantia na conferência de imprensa, no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, a 29 de novembro, para apresentação das alterações ao projeto inicial de recuperação e valorização da Sé Patriarcal de Lisboa, cujas obras vão iniciar-se em janeiro próximo. “A proposta apresenta uma solução de compromisso entre a necessidade de reforço estrutural da ala sul do claustro (…), a reconstrução dos elementos arquitetónicos desmontados, e a preservação ‘in situ’ do maior número de estruturas associadas aos edifícios islâmicos ali identificados”, anunciou João Carlos Santos, acrescentando que esta solução permite “conservar ‘in situ’ a estrutura dos arcos” e a observação deste vestígio, que se encontra entre os projetados pisos -1 e -2.

A segunda alteração ao projeto inicial tem em conta as recomendações da Secção do Património Arquitetónico e Arqueológico do Conselho Nacional de Cultura, nomeadamente “a integração dos vestígios arqueológicos” identificados recentemente, e a “musealização das ruínas arqueológicas”, informou João Carlos Santos. Esta segunda alteração ao projeto vai permitir “mostrar mais um terço do que estava previsto, dos vestígios arqueológicos”, observou.

As obras nos claustros da Sé estão suspensas desde fevereiro, estando prevista a retoma dos trabalhos no início de 2022.

A OPINIÃO DE
José Luís Nunes Martins
i) Deus está na alegria e na tristeza. Está sempre presente, ainda que muitos dos que se sentem alegres...
ver [+]

P. Manuel Barbosa, scj
Qualquer reforma é um dinamismo permanente na vida das pessoas e instituições. Nesse sentido se entente...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES