Lisboa |
Ação de formação em Fátima
Integrar capelães e assistentes espirituais nos “recursos dos hospitais”
<<
1/
>>
Imagem

Ação de formação permanente para capelães e assistentes espirituais hospitalares, decorrida em Fátima, sublinhou a importância da missão destes agentes no contexto da saúde.

“Insistentemente foi ressaltada, por vários técnicos, de áreas muito distintas do mundo da saúde, a importância e pertinência da integração de Capelães e Assistentes Espirituais no elenco efetivo das várias equipas assistenciais e no quadro efetivo de recursos dos hospitais, de modo a que toda a atenção à pessoa possa, de facto, realizar-se numa dimensão integral do cuidado, trazendo toda a realidade da pessoa doente para o centro da sua atuação”, salienta um comunicado, sobre o encontro em Fátima, de 29 de novembro a 1 de dezembro.

A formação foi organizada pela Coordenação Nacional das Capelanias Hospitalares e a Associação Portuguesa de Capelães e Assistentes Espirituais e, segundo a nota, foram refletidos temas como ‘Psicologia do doente e necessidades espirituais e religiosas na doença’, ‘Atenção personalizada ao doente’ ou ‘Dos lutos do doente aos lutos da família e amigos’, entre outros, que visaram “uma fundamental profissionalização e rigorosa especialização” destes agentes, que, “diariamente, asseguram o cuidado e o acompanhamento espiritual e religioso de muitas pessoas que experimentam a fragilidade das suas vidas e, tantas vezes, a debilitação do seu sentido”, refere a nota.

A OPINIÃO DE
P. Manuel Barbosa, scj
No momento em que traço estas notas, o mundo anda em rebuliço: vastíssimos incêndios a ceifar vidas...
ver [+]

António Bagão Félix
Escreveu Miguel Torga na sua carta ao romancista e poeta brasileiro Ribeiro Couto (“Traço de...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES