Uma semana com... um padre |
Padre Luís Manuel Alvarez: ?Quem prepara quem??
<<
1/
>>
Imagem
Um dia depois de ter comemorado 43 anos de sacerdócio, o padre Luís Manuel Alvarez, pároco «in solidum» (moderador) de Charneca, Catujal e Unhos, partilhou o seu dia-a-dia no blogue “Uma semana com... um padre”. Sacerdote dos Padres dos Sagrados Corações, o padre Luís Manuel partilhou a história de vida de uma mulher com Sida que quer receber a Primeira Comunhão e lança a questão: “Quem prepara quem?”.

Sacerdote espanhol que passou muitos anos no Brasil, o padre Luís Manuel Alvarez realiza a sua missão nas paróquias de Charneca, Catujal e Unhos. A semana começa com “um dia intenso, bem, como todos os sábados”, mas fica uma enorme alegria: a nova igreja do Catujal. “A igreja nova do Catujal é bem mais confortável que a velha Capela, não está cheia, mais ou menos 70 pessoas, a homilia consegue ser uma partilha de experiência. Sabem? Por vezes é assim, a sair de dentro. Outras vezes chega a hora e falta inspiração, sei lá. Mas hoje pedi ao povo para ‘levantar-se e voltar ao Pai’”, conta.

O domingo, dia 14 de Março, foi passado em Fátima: “Passei o dia em Fátima, na edição 2010 do Retiro inter-paroquial que todos os anos organizamos nas duas paróquias de Unhos e Catujal. Foram 129 pessoas em três autocarros: um núcleo comunitário para já tradicional e fiel; um bom número de pessoas que gostam de visitar Fátima; algumas outras que acharam bom passear no domingo”.

As segundas-feiras “costumam ser o dia da amizade, do passeio, da comunidade”. Mas a vida continua: “Recebo telefonema do marmorista que está a pôr o altar, bancos, pia baptismal, etc., na nova igreja, converso com a arquitecta pelo telemóvel, nem sempre estamos de acordo, enfim. A paróquia traz consigo uma quantidade enorme de pequenas coisas de tipo administrativo e organizativo que tendem a invadir todos os espaços...”. Terça-feira, dia 16 de Março, o padre Luís Manuel partilha uma história de vida: “Esta tarde visitei o hospital, a Letícia (nome fictício) avisou pelo telemóvel para não ir à casa dela: a debilidade física ficou tão grande que o pai chamara a ambulância... A mulher está magra, os olhos a exprimir um sono que não tem, perguntei-lhe se de vez em quando falava com Jesus. Olhou para mim com ar cansado, mas gizou um sorriso a dizer: ‘Eu sempre falo com Ele’. A Letícia não tem sido pessoa de Igreja, nem de longe. Mais tem participado no mundo dos drogados, uma cruz. Agora é o HIV já em fase avançada. Mas ela não é uma pessoa revoltada, nem amargurada. Carrega consigo um certo desalento, sim. Os filhos que não ficaram com ela, o marido que sumiu um dia…, são feridas que não cicatrizam de uma hora para outra. Mas ela fala dessas feridas com uma certa paz, sem ira. ‘Eu sempre falo com Ele’, disse. E eu me senti evangelizado, ouvi a Boa Notícia vinda de uma pessoa com Sida. A Letícia quer fazer a Primeira Comunhão e eu tento prepará-la para o encontro com Cristo e com a Comunidade cristã. Mas, pergunto-me, quem prepara quem?”.
Quarta-feira uma confissão: “Não gosto de funerais”. Mas, assume, num funeral pode “exercer o ministério da consolação e da esperança”. Quinta foi dia de conselho pastoral na Charneca. “Esta questão dos Conselhos Pastorais é fulcral, acho, na minha acção pastoral. É um esforço por envolver os leigos nas decisões pastorais, nas programações, na vida, afinal, da Comunidade”. E a semana chegava ao fim, na sexta-feira, dia 19 de Março. “Dia de São José, Padroeiro da Igreja, das Vocações, dos Seminários... Comentámos no pequeno almoço que precisávamos pedir mais a intercessão do Santo para as poucas vocações que temos, por quê será? Eu acho a nossa vida interessante muito embora na contramão do que os jovens querem...”.

Comentários e opiniões

“Olá. Continuação de bom trabalho. Muito interessante este blog. (…) E fiquei a conhecer um novo local de Portugal, via google... até pensei que não era em Portugal.
Este Portugal tem uns nomes engraçados...”
Zé Manel Azevedo

 

“O Espírito Santo permanece no coração daqueles que o servem e só ele impulsiona aqueles que por amor se dispõem a difundir o amor de Deus pelos corações dos Homens. Só assim consigo compreender aquilo que de mais belo, ontem e hoje, me foi possível ler.”
Varandas

 

“‘Mas, pergunto-me, quem prepara quem?’ Profunda esta questão! Obrigada por esta partilha...”

Canela

 

“Foi emocionada que li a sua partilha. ‘Quem prepara quem?’, interroga-se e fez-me reflectir... Bem haja pe. Luis, pelo seu testemunho, através do apoio ao excluidos do século XXI. e é tão fácil excluir. Jesus teria feito o mesmo. Obrigada querido sacerdote por perpetuar esta entrega de Cristo através do seu ministério.”

Salomé (Gaeiras)

 

“Padre Luís, a sua inquietação (de Cristo, hoje), faz-me reflectir: qual o testemunho que dou para os que me rodeiam sejam cristãos autênticos, e não de hoje sim e amanhã não. Cristo Ama-nos, mas quer o nosso coração, a nossa vida dada para Ele através dos irmãos.”

Romão (Gaeiras)

Todas as partilhas do padre Luís Manuel Alvarez

http://umasemanacom.blogspot.com/search/label/Pe.%20Luis%20Alvarez

Diogo Paiva Brandão
A OPINIÃO DE
Pe. Alexandre Palma
Vivendo numa época pródiga em tantos progressos tecnológicos, talvez nos surpreenda verificar que a...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Grande clamor e indignação suscitou a proposta (entretanto retirada) da Comissão Europeia de aconselhar/proibir...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES