Cáritas de Lisboa |
Vila Franca de Xira
A Cáritas Paroquial que cumpre a sua missão e não pára um só dia
<<
1/
>>
Imagem

A Cáritas Paroquial de Vila Franca de Xira foi fundada nos anos 80. Iniciou a sua atividade com uma família a prestar os primeiros apoios, tendo passado a IPSS poucos anos após a sua fundação. Atualmente, emprega 17 funcionários, tem 3 viaturas, serve cerca de 70 refeições diariamente, tem as valências de Centro de Dia, Apoio Domiciliário, Loja Social, Apoio Alimentar e de Vestuário. Assim, nestes 40 anos, a Cáritas tornou-se uma referência de apoio social para a população local. Está localizada no “coração” de Vila Franca, junto ao Mercado Municipal, um local com grande ligação aos seus utentes.

 

A maior parte do trabalho desenvolvido é principalmente com a população mais idosa no Centro de Dia e com o Apoio Domiciliário. O avançar da idade e a sua consequente perda de saúde e de autonomia requerem fortes respostas sociais. Estas duas valências permitem que a população idosa continue nas suas casas – evitando até ao limite do possível a sua entrada em lares – garantindo a instituição, além das necessidades básicas (alimentação, medicação, higiene pessoal e de roupas), outras necessidades importantes como o convívio, o lazer, a partilha de experiências e de saberes acumulados ao longo da vida, estimulando o idoso de uma forma integrada e completa. O nosso trabalho é em total articulação com os utentes, com as suas famílias e com as estruturas locais, sejam as autoridades de segurança (PSP), de saúde (hospital, centro de saúde e outras instituições) e o sempre presente poder local (junta de freguesia e município).

A crise sanitária colocou enormes desafios à instituição de modo a garantir o acompanhamento dos seus utentes – muitos em situações já extremamente frágeis. As atividades do Centro de Dia foram domiciliadas, a instituição e os seus funcionários adaptaram-se para continuar a apoiar os seus “velhinhos” em segurança. Apesar de ter vários surtos à porta nos picos da crise, a Cáritas de Vila Franca não parou um só dia e nunca deixou de cumprir a sua missão.

O apoio alimentar e de vestuário está integrada em redes de apoio sociais nacionais (Banco Alimentar, Cáritas Diocesana e outras), municipais (Câmara Municipal, Junta de Freguesia) e outras instituições locais. Assim, no caso de uma pessoa ou uma família precisar de algum tipo de apoio, deve dirigir-se à sua Junta de Freguesia. Aqui é-lhe atribuído um(a) Assistente Social que analisa a situação dessa família, acompanha-a e encaminha-a para um dado apoio, enquanto for necessário. É importante referir que a Cáritas nunca deixa de dar apoio de emergência a quem a ela recorra, mas esta formalidade, além de envolver o poder local, permite mobilizar mais meios, mas também serve para evitar situações abusivas de modo a garantir que a ajuda chegue efetivamente a quem dela precisa. Desta forma, a comunidade tem confiança que os seus apoios são efetivamente bem distribuídos, felizmente não faltando donativos nem apoios. A confidencialidade está garantida quer com as leis de proteção de dados, quer com a consciência ética das pessoas envolvidas, o que é muito importante principalmente em “terras pequenas” como a nossa. No limite, se um vizinho tiver de recorrer a algum tipo de ajuda, terá esse apoio, mas “ninguém o saberá”. Infelizmente hoje em dia, um salário médio já não é garantia de conforto económico para uma família. Os custos com saúde, habitação, com as crianças ou até mesmo com as deslocações para o local de trabalho, podem absorver em demasia os rendimentos disponíveis, sendo necessário deitar mão a outros apoios.

Toda a atividade da Cáritas de Vila Franca está atualmente assente nos seus inexcedíveis funcionários, estando o voluntariado suspenso devido à pandemia, exceto a Direção que é composta por voluntários.

Para terminar, e de uma forma não menos importante, a nossa Cáritas já tem um impacto significativo na economia local. Além dos empregos diretos, tem no seu circuito económico preferencialmente fornecedores locais, o que também alimenta alguns apoios e donativos. As empresas estão cada vez mais despertas para a Responsabilidade Social, além de lhes ser conveniente a nível fiscal e de gestão.

Quanto ao futuro, a Cáritas certamente estará presente e dará os apoios necessários à comunidade, seja a idosos, seja a colmatar as dificuldades económicas das famílias, seja com outro tipo de intervenção. Em suma, estamos cá!

texto e fotos por Direção da Cáritas Paroquial de Vila Franca de Xira
A OPINIÃO DE
P. Manuel Barbosa, scj
No momento em que traço estas notas, o mundo anda em rebuliço: vastíssimos incêndios a ceifar vidas...
ver [+]

António Bagão Félix
Escreveu Miguel Torga na sua carta ao romancista e poeta brasileiro Ribeiro Couto (“Traço de...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES