Lisboa |
CNJP e os refugiados
“Pessoa humana colocada no centro”
<<
1/
>>
Imagem

A Comissão Nacional Justiça e Paz (CNJP) destaca a “notável generosidade” com que muitas famílias têm cedido alojamento para receber cidadãos ucranianos, que fogem dos “horrores da guerra” e chegam em situação de vulnerabilidade. “A pessoa humana tem que ser colocada no centro da atuação dos agentes sociais, económicos, políticos e culturais”, defende o organismo católico, numa nota, lembrando que este será um processo longo.

Entretanto, os secretários-gerais das Comissões Justiça e Paz da Europa apelaram a uma investigação de “todos os crimes de guerra e violações do direito humanitário internacional” na guerra da Ucrânia.

Informações: www.ecclesia.pt/cnjp

A OPINIÃO DE
Pe. Alexandre Palma
A ecologia parece um assunto novo. Ampliado pelo actual sobressalto ambiental, o termo e o tema determinam hoje muito da nossa agenda pública.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
De entre os episódios de violência e perseguição contra cristãos, têm vindo em particular evidência nos últimos tempos os ocorridos na Nigéria.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES