JMJ Lisboa 2023 |
Angola
Jornada Nacional de Benguela com presença da JMJ Lisboa 2023
<<
1/
>>
Imagem

Entre os dias 9 e 13 de novembro, teve lugar a Jornada Nacional da Juventude (JNJ) de Angola. Esta foi a terceira JNJ e realizou-se em Benguela, tendo como tema “Maria levantou-se e partiu apressadamente”, o mesmo da JMJ Lisboa 2023.

O dia 9 de novembro, primeiro dia da Jornada Nacional da Juventude, ficou reservado para o acolhimento aos peregrinos de todo o país, já que foram cerca de 1300 as pessoas que marcaram presença neste encontro, contando com a participação de jovens de diversos pontos do país.

Já no dia 10 de novembro, à semelhança do que ocorre durante a Jornada Mundial da Juventude, foi inaugurada a Feira Vocacional e celebrada a Missa de Abertura, com D. António Jaca, Bispo de Benguela. A jovem Roseira Correia, da Diocese de Benguela, que participou pela primeira vez numa Jornada Nacional da Juventude, olha para a JMJ Lisboa 2023 como “o grande evento mundial que acolhe a juventude católica do mundo inteiro”. 

No dia seguinte, foi celebrada a Missa por D. Filomeno Vieira Dias, Arcebispo da Arquidiocese de Luanda, seguida dos momentos de catequese, cujos temas residiram em “a juventude e a Fé recebida” e “a juventude e a Fé celebrada”.

Para a Irmã Elisa, representante do Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil da Diocese de Banguela, a principal motivação para a participação na JNJ “é mesmo este encontro pessoal dos jovens com Jesus Cristo e sobretudo a partilha, desde a experiência, a cultura e tudo mais com os jovens das outras Dioceses e Arquidioceses”.

Durante os dias da Jornada Nacional da Juventude de Benguela estiveram presentes representantes da JMJ Lisboa 2023 que, no dia 12 de novembro, tiveram a oportunidade de apresentar esta Jornada. Segundo Madalena Perloiro, representante do Comité Organizador Local (COL) em Angola, a participação na JNJ de Benguela “permitiu-nos ver e fazer parte da Igreja jovem de Angola”.

Além disso, esta foi uma oportunidade de “falar da JMJ Lisboa 2023 a jovens que estavam mais longe desta realidade, ou que até a desconheciam”, acrescentou. A delegação portuguesa teve ainda a oportunidade de reunir com o embaixador de Portugal, com os vários Bispos angolanos e com o Cônsul de Benguela.

Madalena Perloiro contou ainda que “se sente o entusiasmo e alegria dos jovens angolanos com a vinda à JMJ Lisboa 2023”, apesar de inquietações que se possam sentir no que toca às questões financeiras e à obtenção dos vistos. No entanto, a esperança é a de que tudo se resolverá a tempo do grande encontro mundial.

A OPINIÃO DE
P. Manuel Barbosa, scj
Acolhendo a Paz como dom de Deus, somos chamados a contruí-la, como tarefa permanente, em todos os...
ver [+]

José Luís Nunes Martins
Será que há um Deus capaz de dar fé a uns, mas a outros não? Será que somos nós que devemos inventar...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES