CNE Região de Lisboa |
Presépio
“Parte à descoberta, vem ver o que eu vi.”
<<
1/
>>
Imagem

O presépio, fundado por São Francisco de Assis, é a realidade concreta, as parábolas do quotidiano, onde o Reino manifesta-se em tantos reinos e realidades. Do Pai e pelo Pai vemos e revemos, reconhecemo-lo e O glorificamos “Louvado sejais Senhor”.

Propomos que seja deste modo a construção do presépio descobrindo Aquele que nasceu e sempre sustenta tudo e todos.

É “presépio” a manifestação do Pastor nas famílias, amigos e periferias como também Lisboa em Agosto será presépio vivo jovem e renovado. Convidamos, neste advento, a edificar dois presépios: em casa e na paróquia.

 

0. Preparar o mapa onde no centro há um espaço para o menino Jesus.

Marcar os lugares das casas de familiares e amigos.

Escolher uma hora fixa em família em redor do presépio.

1. Colocar as fotografias de todos os que fazem parte do presépio desta família.

 Rezar por cada um!

2. Lembrar algumas profissões que são tão necessárias no mundo e representá-las no presépio.

Rezar por aqueles que exercem a profissão e comprometer-se por uma missão em casa.

3. Trazer para o presépio desconhecidos que tenhamos cruzado pela rua.

Em cada pessoa representar com uma casa colocar junto do coração de Jesus cada um destes irmãos.

4. Receber na paróquia a Luz da Paz de Belém rezando pela paz e por todos os que pertencem ao presépio e por todo o mundo.

 

0. Preparar a planta do território da Paróquia onde no centro há um espaço para o menino Jesus.

Marcar os lugares de culto.

1. Peregrinos JMJ

Convidar e colocar no presépio os jovens da paróquia que irão participar na JMJ em agosto 2023.

2. Voluntários JMJ

Convidar vizinhos a inscrever-se junto do COP como voluntários paroquiais e conhecer as várias missões.

Em cada inscrição colocar um boneco representativo da missão JMJ: cozinheiros, seguranças, administrativos, rececionista…

3. Famílias de Acolhimento

Marcar a casa de cada paroquiano e dos vizinhos quem deseja acolher peregrinos na JMJ.

4. Rede de Oração

Promover uma rede de oração com todos aqueles que se comprometem a rezar pela JMJ até agosto 2023.

A OPINIÃO DE
P. Manuel Barbosa, scj
Acolhendo a Paz como dom de Deus, somos chamados a contruí-la, como tarefa permanente, em todos os...
ver [+]

José Luís Nunes Martins
Será que há um Deus capaz de dar fé a uns, mas a outros não? Será que somos nós que devemos inventar...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES