Uma semana com... um padre |
Padre João Prego - Um padre de oração, de Deus e dos homens
<<
1/
>>
Imagem
Oriundo de Bengela (Angola), o padre João Prego, pároco de Vialonga, partilhou a sua semana no blogue ‘Uma semana com… um padre’, tendo  reflectido sobre o que é ser padre: “Ser padre hoje é ser homem de oração e homem de Deus e dos homens”.

Faltavam duas semanas para o final do Ano Sacerdotal e o 28º pároco a aceitar o desafio de escrever sobre o seu dia-a-dia era um sacerdote africano. Presente em Portugal há quase dez anos, o padre João Prego, pároco de Vialonga, iniciou a sua

partilha (sábado, 29 de Maio) com o falecimento de um paroquiano: “O senhor Artur ‘só’ despertava em mim o gosto de ser padre, pároco e esforçar-me por ser bom pastor”. Para o segundo dia da partilha, o padre João Prego começou por dizer o que era para si ser padre nos dias de hoje: “Ouve-se com frequência que hoje é muito difícil ser padre. Dizem: ‘se os padres casassem hoje haveria muito mais padres’. Por mim, o casamento dos sacerdotes talvez aumente o número dos sacerdotes, mas duvido que haja disponibilidade para a comunidade, para a vida de oração e para o anúncio do Evangelho. Considero também que ser padre hoje é falar a linguagem do povo e ir ao seu encontro; é acolher os fiéis e dedicar um tempo para os escutar e dar uma palavra que dê luz, sentido ao seu dia a dia, mas sobretudo mostrar-lhes Cristo. Ser padre hoje é ser homem de oração e homem de Deus e dos homens”, partilhava o padre João.

Segunda-feira é o dia que o padre João chama de “dia do clero”, por normalmente ser dia de descanso. Mas foi também dia de estágio na Casa do Gaiato do Tojal onde este sacerdote escutou uma revelação surpreendente. Descubra qual em http://umasemanacom.blogspot.com

Na terça-feira, dia 1 de Junho, o padre João volta a falar sobre sacerdócio depois de ter sido interpelado por “três estudantes em busca de informações para o trabalho da escola: ‘o testemunho de um padre’”. Em análise estiveram os 11 anos como padre: “Já lá vão 11 anos desde que sou padre. Destes 11 anos, 2 anos foram passados no Seminário Maior de Teologia da Diocese de Benguela (Angola) como Prefeito dos estudos; 1 ano como vigário paroquial de três paróquias do Patriarcado de Lisboa e 8 anos como pároco de Vialonga”. Mas nem tudo foi um mar de rosas. Conheça os ‘espinhos’ na vida deste sacerdote no blogue ‘Uma semana com… um padre’.

A partilha de quarta-feira teve como tema ‘Ser bom pai é fazer todas as vontades dos filhos?’. Saiba qual é a solução apresentada pelo pároco de Vialonga em http://umasemanacom.blogspot.com.

Quinta-feira, dia 3 de Junho. Neste dia santo, Solenidade do Corpo de Deus, o padre João Prego presidiu à missa de encerramento da catequese na Mata do Paraíso, um local de culto a dois quilómetros do centro de Vialonga. Nesta Eucaristia, “a homilia foi feita com base na partilha dos conhecimentos adquiridos ao longo do ano catequético”, partilhava este sacerdote. Desde os catequizandos até aos pais, todos partilharam como tinha sido este ano: “Os catequizandos referiam ter aprendido sinal da cruz, as orações, os Mandamentos de Deus, as Bem-aventuranças, o respeito pelos outros, a caridade, ler a Bíblia. Já os pais sublinharam a aprendizagem da tolerância e paciência, assim como os catequistas. E eu, pároco, partilhei a alegria e simplicidade que tenho aprendido com as crianças.”

No último dia da sua partilha, sexta-feira 4 de Junho, o padre João Prego lançou algumas pistas para as leituras do próximo domingo e deteve-se na segunda leitura, da carta de São Paulo aos Gálatas: “O Evangelho anunciado não é de inspiração humana, mas revelação de Jesus Cristo, embora ele se refira à gratuidade do Evangelho. É uma lição de humildade, simplicidade que dá aos cristãos em geral e aos sacerdotes em particular. Digo aos sacerdotes em particular porque, sendo nós também fracos, muitas vezes somos tentados a fazer do sacerdócio um bem próprio, sem humildade e sem espírito de serviço para os irmãos”. Concluía, desta forma, a semana de partilhas com os leitores do blogue ‘Uma semana com… um padre’.

 

Comentários e opiniões:

“Pe. João, as crianças da sua Paróquia gostam muito de si, por se fazer pequeno como elas e explicar de uma forma simples os mistérios do Reino. Obrigado por conseguir falar numa linguagem muito própria que todos entendem.”
Ricardo Oliveira


“Como ovelha do seu rebanho, sinto-me guiada pela mão de Cristo na pessoa do Padre João, como ovelha que segue o Pastor. E, na minha opinião, padre João tem essa essência de simplicidade e humildade de falar e cativar as crianças e jovens como Jesus o fazia e dizia: ‘deixai vir a mim as criancinhas’.”
Sara Sequeira

 

“Diz Padre João Prego que: ‘Ser padre hoje é falar a linguagem do povo e ir ao seu encontro; é acolher os fiéis e dedicar um tempo para escutar e dar uma palavra que dê luz, sentido ao dia a dia, mas sobretudo mostrar-lhes Cristo’. Penso que a comunidade Paroquial de Vialonga, ficou mais rica e vai caminhando e crescendo com este jovem sacerdote que vai inspirando novas vocações e com pastor caminha com suas ovelhas.”
Uma paroquiana, Sara

 

Todas as partilhas do padre João Prego

http://umasemanacom.blogspot.com/search/label/Pe.%20Jo%C3%A3o%20Prego

João Carita
Na Tua Palavra
Não nos separemos d’Ele!
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Foi há alguns dias que, na espaçosa capela de um colégio, presenciei uma cena que me deu que pensar.
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Celebram-se este ano cem anos do nascimento de Sophia de Mello Breyner, um sinal muito português e universal de talento, sensibilidade e sabedoria.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES