Na Tua Palavra |
D. Nuno Brás
As consequências da Páscoa

Obviamente, a ressurreição de Jesus é um acontecimento que, em primeiro lugar, tem a ver com o próprio Senhor. Ele estava morto e depois apareceu vivo aos seus discípulos.

Esta sua vida nova significa, no entanto, que teve início o mundo novo, de que Ele é o primogénito. É o nascimento daquele mundo de que fala o livro do Apocalipse, através de imagens muitas das vezes estranhas, porque a linguagem humana se mostra pequena, limitada, para falar da grandeza da nova vida que Deus oferece ao homem.

Mas isso significa que a ressurreição de Jesus não tem apenas a ver com a pessoa do Ressuscitado: já o facto de o Senhor ter aparecido aos discípulos nos mostra que, longe de ser uma realidade exclusiva do mundo de Deus é, igualmente, uma realidade do nosso mundo, que traz consigo um novo modo de viver já aqui, na história.

Jesus ressuscitado não aparece aos seus gratuitamente, como se o seu objectivo fosse um mero “espectáculo de magia” para que O possam aplaudir. Ele torna os discípulos homens novos, com novos critérios, com novo entusiasmo, nova ousadia, novas capacidades.

É este mundo novo que surge em Jesus e se resume na vida nova que Ele manifesta nas aparições que, desde esse momento, tem marcado a vida da Igreja. Esta é, pois, o fruto do Ressuscitado que derrama o seu Espírito sobre os discípulos e os torna suas testemunhas até aos confins da terra.

É certo que a história da Igreja se encontra marcada por muitos pecados dos seus membros ao longo dos séculos. Mas ela seria incompreensível, com todas as obras que os cristãos têm realizado no tempo, e que são precursoras daquilo que actualmente são os direitos humanos, se essa mesma história não fosse, acima de tudo, o fruto desse mundo novo, já vivido no seio da história. Mas isso significa igualmente que aquilo que afirmamos a respeito dos cristãos em geral é também verdade para cada um: cada um de nós é inserido, de facto, nessa nova realidade que surgiu da ressurreição do Senhor. E daí devemos retirar todas as consequências.

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
A encíclica «Fratelli tutti» (FT) é uma corajosa invocação de S. Francisco de Assis, a lembrar-nos que...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Deo gratias! No passado dia 10 de Outubro, foi beatificado Carlo Acutis, um jovem italiano de 15 anos, falecido em 2006.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES