Especiais |
Apresentado em Lisboa o livro ‘A Jornada em que almocei com o Papa - Uma revolução do coração’
O ‘murro no estômago’ dado por Francisco
<<
1/
>>
Imagem

O jovem português Filipe Teixeira almoçou com o Papa Francisco, durante a Jornada Mundial da Juventude do Rio de Janeiro, em 2013, e colocou agora em papel a experiência deste encontro. O livro ‘A Jornada em que almocei com o Papa - Uma revolução do coração’ foi apresentado em Lisboa no passado dia 19 de junho, pela jornalista Aura Miguel, da Rádio Renascença.

 

“O título do livro – ‘A Jornada em que almocei com o Papa - Uma revolução do coração’ – promete! Almoçar com o Papa, quem é que não gostava?”, questionou, em tom de brincadeira, Aura Miguel. Na Livraria Ferin, no Chiado, em Lisboa, a jornalista apresentou a obra de autoria de Filipe Teixeira, um jovem que trabalhou durante 9 meses na comunicação da JMJ, sendo o único voluntário português na preparação da jornada do Rio. O livro, segundo a jornalista católica, faz a descrição do tempo passado por este jovem de Lisboa em terras brasileiras. “Trata-se de um testemunho pessoalíssimo do Filipe Teixeira, que vai relatando o que lhe aconteceu nestes meses, em que arriscou ele próprio a aventura de ser voluntario nesta grande iniciativa da Jornada Mundial da Juventude do Rio de Janeiro. Praticamente em todos os capítulos ele mistura factos e acontecimentos dos mais variados, relacionados com o trabalho que lhe foi dado, a família que o acolheu, as visitas às favelas”, referiu.

 

Um português entre os 12?

Perante uma sala cheia, em especial de amigos e familiares do autor, Aura Miguel revelou que conheceu Filipe quando recebeu o comunicado da Santa Sé com a lista dos 12 jovens – representantes de todo o mundo – que iam almoçar com o Papa durante a jornada do Rio: Nessa informação constava o nome de um jovem português. “Na conferência de imprensa com os 12 jovens, o mais impressionante foi o testemunho de um deles, acerca de uma espécie de ‘murro no estômago’ que aconteceu durante o almoço com o Papa e que o Filipe relata muito bem neste livro. Em jeito de despedida, o Papa pergunta a estes jovens: ‘porque há gente a sofrer?’, ‘porque há jovens como vocês que não têm acesso a estudos ou à saúde?’, ‘porque estão vocês aqui a almoçar representando os jovens do mundo inteiro?’. Francisco respondeu às suas questões, dizendo: ‘Eu não peço que respondam agora. Rezem! Falem com Jesus e quando encontrarem a resposta a essas perguntas, mesmo com o coração a chorar, aí sintam-se mais próximos de Deus. Nós somos todos amados com um amor especial. Digo-vos isso não para vos reconfortar interiormente, mas para que amem mais’. Isto define muito o Papa Francisco e percebo perfeitamente que estes jovens tenham ficado perfeitamente azamboados depois deste almoço com o Papa, que é uma das coisas mais maravilhosas que nos pode acontecer!”, afirmou Aura Miguel, sublinhando que “num momento que tinha tudo para ser ‘romântico’ estes jovens ‘levam’ com esta provocação fortíssima do Papa”.

 

Uma experiência de encontro

O autor de ‘A Jornada em que almocei com o Papa - Uma revolução do coração’ aponta que o livro retrata “uma história que já dura há dois mil anos e que por isso tem uma garantia absoluta de que vai dar certo”. “Na verdade, esta história do livro não é minha, não é nossa, é realmente do único Autor, do único que tem o poder para fazer estas coisas”, salientou Filipe Teixeira, durante a apresentação do seu livro. Referindo que o fio condutor da obra foram as crónicas ‘Visto do Rio’, publicadas no Jornal VOZ DA VERDADE, Filipe garantiu que não tem “o sonho de ser escritor”, mas sublinhou o “dever missionário” de partilhar com todos a sua “experiência de encontro”. “A experiência de encontro muda tudo! Estando dentro ou fora da Igreja, o Senhor escolhe e o Espírito sopra onde quer. Se nós nos arriscamos a procurar Jesus, também nos vamos arriscar a encontrá-l’O”, assegurou este jovem.

 

Um livro solidário

O livro foi publicado pela Lucerna, que é uma chancela da Princípia Editora, e tem prefácios de D. Manuel Clemente, Patriarca de Lisboa, do cardeal D. Orani Tempesta, Arcebispo do Rio de Janeiro, e de Antonio Mateo, responsável pelos voluntários internacionais durante a JMJ Rio2013. Para o diretor desta editora, Henrique Mota, o livro é “uma belíssima recordação de uma jornada em que o Filipe almoçou com o Papa e muitos jovens portugueses também ali estiveram e, com certeza, trouxeram de lá recordações muito significativas”. “Espero que este livro seja interessante e útil para todos aqueles que o lerem”, desejou ainda Henrique Mota.

O livro ‘A Jornada em que almocei com o Papa - Uma revolução do coração’ chegou às livrarias de todo o país no passado dia 19 de junho. A obra conta com o apoio do Serviço da Juventude do Patriarcado de Lisboa, do Jornal VOZ DA VERDADE e do Departamento Nacional da Pastoral Juvenil, e os direitos de autor revertem na totalidade para o Colégio La Alegria en el Señor, em Lima, Peru.

 

__________________


‘A jornada em que almocei com o Papa’ à venda no Patriarcado de Lisboa

A livraria Nova Terra, situada no Mosteiro de São Vicente de Fora, em Lisboa, tem disponível para compra, desde esta semana, o livro ‘A Jornada em que almocei com o Papa - Uma revolução do coração’, da autoria do jovem Filipe Teixeira. Com um preço de capa de 8,80¤, a obra pode também ser encomendada pela internet, através do site da Princípia Editora, em www.principia.pt.

Informações: 218810568 ou livraria.nt@patriarcado-lisboa.pt

 

__________________


Livro no Facebook

www.facebook.com/ajornadaemquealmoceicomopapa

texto e fotos por Diogo Paiva Brandão
A OPINIÃO DE
José Luís Nunes Martins
Aquilo que somos depende do que fazemos com o que recebemos. A nossa primeira responsabilidade será...
ver [+]

P. Manuel Barbosa, scj
Dialogar, escutar, discernir: três atitudes a marcar o processo sinodal iniciado em outubro de 2021 com as fases diocesana e nacional.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES