Vida Consagrada |
XXX Semana de Estudos
Consagrados refletem sobre a Vida Consagrada
<<
1/
>>
Imagem

Especialmente motivada e animada pelo Ano da Vida Consagrada, realizou-se no Centro Pastoral Paulo VI, de 14 a 17 de fevereiro, a XXX Semana de Estudos sobre a Vida Consagrada, com o tema «Consagrados para anunciar a alegria do Evangelho».

 

Refletir sobre a Vida Consagrada nas suas diversas realidades e antecipar aqueles que serão os desafios do futuro são as razões para juntar, em Fátima, leigos e religiosos consagrados durante quatro dias de formação.

A Ir. Maria do Sameiro, vice-presidente da CIRP (Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal), ressalta que este ano jubilar instituído pelo Papa visa «exortar-nos a viver este tempo como um tempo de graça» para que não se deixem «adormecer» na sua vivência da Vida Consagrada. Neste sentido, e para além de «atividades pensadas para o exterior, para testemunhar o que é a Vida Consagrada», a CIRP promove estas jornadas de reflexão mais interna. «Muitas das nossas atividades este ano serão para dar testemunho para fora, mas é importante que façamos a reflexão sobre o caminho que estamos a trilhar e os desafios do futuro. Se é de outra forma que temos de estar no mundo, pois vamos descobrindo qual será. As coisas não estão claras mas queremos caminhar neste mundo e é importante estarmos atentos aos sinais dos tempos, como pede o Papa», disse esta responsável da CIRP, numa entrevista à revista Família Cristã.

No que diz respeito ao programa destas jornadas de estudos, o grande destaque foi a presença de D. José Rodríguez Carballo, Secretário da CIVCSVA (Congregação dos Institutos da Vida Consagrada e Sociedade de Vida Apostólica), espanhol que tão bem conhece a realidade portuguesa; mas são muitos os oradores e as temáticas que marcaram presença em discussão e reflexão.

O bispo do Algarve, D. Manuel Quintas, proferiu a conferência de abertura sobre «Ano da Vida Consagrada na Igreja. Razões e Objetivo». Depois da conferência inaugural, Marina Amaro, cooperadora da família, abordou o tema «Mensageiros da alegria de Deus». E o dia terminou com a celebração da Eucaristia na Basílica da Santíssima Trindade.

No segundo dia, o missionário da consolata, António Fernandes, falou sobre «Profecia da Vida Consagrada, hoje» e José Vieira, missionário comboniano, refletiu sobre «A Vida Consagrada nas periferias existenciais e culturais». A parte da tarde deste segundo dia foi preenchida com painéis dedicados às «Alegrias e Apreensões na Vida Consagrada hoje». Daniel Kouobou, dehoniano, Clarinda Gaspar, dominicana de Santa Catarina de Sena, e Maria Manuel Oliveira, dehoniana, foram oradores deste painel, ao qual se seguiu um plenário e a eucaristia, também na Basílica da Santíssima Trindade.

O terceiro destes quatro dias de formação para leigos e religiosos da vida consagrada teve mais quatro oradores. João Nélio Simões, dehoniano, abordou o tema «Fraternidade, o primeiro e mais credível Evangelho», ao que se seguiu «Fidelidade, um caminho para a vida inteira», um tema que foi desenvolvido por António Gomes Dias, redentorista.

Depois do almoço, Teresa Messias falou sobre «A vida no Espírito, fonte de alegria missionária», e o Prof. Marcos do Vale proferiu uma conferência sobre o tema «Tempo de Festa».

«Dificuldade e apreensões, perspetivas e esperanças» e «Vida consagrada na Europa: amanhecer ou entardecer?» são os temas abordados no último dia de formação pelo convidado especial deste ano, D. José Rodríguez Carballo, Secretário da CIVCSVA, que assina com o cardeal João Braz De Avis Alegrai-vos e Perscrutai. Na abertura falou Américo Lisboa Azevedo numa intervenção com o tema «Da fragilidade à alegria de viver» e a conferência de encerramento desta atividade promovida pelo CIRP (Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal) ficou a cargo do reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas, sobre «Maria, acolhedora e transmissora da alegria de Deus».

texto por Ricardo Perna, jornalista Família Cristã
A OPINIÃO DE
Padre Fernando Sampaio
Nenhum pecador pode permanecer na presença de Deus. O Profeta Isaías, depois da visão de Deus, sentiu-se...
ver [+]

Maria José Vilaça
Vivemos estes últimos meses marcados por várias notícias que merecem alguma reflexão. Desde as eleições...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES