Vocações |
8 a 15 de novembro
Semana dos Seminários
<<
1/
>>
Imagem

Nos próximos dias 8 a 15 de Novembro vamos viver a Semana dos Seminários.

Nos dias 7 e 8 de Novembro, os nossos seminaristas e pré-seminaristas estarão em visitas a várias das paróquias da nossa Diocese.

No dia 11 de Novembro, quarta-feira, realizar-se-á uma vigília de oração no Seminário dos Olivais, aberta a todos quantos queiram aparecer e rezar com o Seminário.

No dia 12 de Novembro, quinta-feira, haverá uma vigília de oração, na igreja de São Nicolau, às 21h30, com a presença do Seminário de Caparide.

Para as famílias e comunidades que não possam estar presentes, mas queiram viver durante esta semana um tempo mais forte de comunhão e oração pelos nossos seminaristas e pelas vocações sacerdotais, deixamos aqui uma proposta de Vigília que pode ser adaptada e usada pelos diferentes grupos:

 

TEXTO INTRODUTÓRIO
(Cardeal Patriarca D. António Ribeiro - 17 / 4 / 1993)

“A base imprescindível de qualquer acção da Igreja em favor das vocações reside necessariamente na oração.

Cada vocação representa sempre um dom de Deus que precisamos de implorar e agradecer. Na raiz de qualquer vocação consagrada, bem como na sua qualidade, perseverança e fecundidade espiritual, encontra-se indiscutivelmente a oração individual e comunitária.

Só a oração pessoal dispõe o coração do homem para ouvir a palavra e acolher a vontade de Deus a seu respeito. Só a oração comunitária consegue gerar, no seio da comunidade cristã, a adequada sensibilidade ao valor real das vocações consagradas.

Promovam, nas comunidades à que preside, tempos especiais de oração pelas vocações, falemos aos fiéis sobre temas vocacionais e não deixem de lhes propor, sobretudo aos jovens, o ideal de uma vida consagrada.

«Chegou o tempo de falar corajosamente da vida sacerdotal como valor inestimável e como forma esplêndida e privilegiada de vida cristã. Os educadores, especialmente os sacerdotes, não devem ter medo de propor, de modo explícito e premente, a vocação ao presbiterado como possibilidade real para aqueles jovens que demonstram possuir os dons e capacidades a ela correspondente». (Ex. Ap. “Pastores dabo vobis”, 39 – João Paulo II).

Exortação idêntica faço-a também aos religiosos e religiosas, e aos responsáveis dos movimentos laicais de Espiritualidade e de apostolado.

A última palavra desta exortação pastoral endereço-a especialmente aos jovens, rapazes e raparigas, da diocese de Lisboa. Caríssimos jovens, rezai também vós, pelas vocações de consagração e, se vós mesmos fordes por Ele chamados, prestai ouvidos atentos a sua voz (Cf. Jer. 9, 20).”

 

RITOS INICIAIS / CÂNTICO

 

LITURGIA DA PALAVRA

1ª leitura: Is 55, 1-3;

SALMO: Sal 94 (95) - Hoje se escutardes a voz do Senhor, não fecheis os vossos corações.

EVANGELHO: Mt 3, 13-17

EXPOSIÇÃO DO SANTÍSSIMO: Tempo de Adoração /Silêncio intercalado com cânticos

 

REFLEXÃO / PARTILHA

(Cardeal Patriarca D. José Policarpo, sobre o silêncio)

O silêncio hoje é uma fome, é uma necessidade fundamental.

Este silêncio não é necessariamente ausência de ruído. A ausência de ruído ajuda ao silêncio. Para fazermos uma pedagogia de silêncio na nossa vida convém termos períodos em que estejamos mesmo em silêncio.

O silêncio é a paz com Deus! O silêncio é o silêncio de Deus, que para nós é um mistério muito grande. É o participar, em cada momento, de uma outra dimensão da vida que não é aquela que eu consigo imediatamente. O silêncio está muito ligado ao anseio de profundidade. A superficialidade é sempre contra o silêncio.

É um facto que hoje vivemos numa sociedade de “balbúrdia”. Mas também podemos fugir dela! Eu costumo brincar com os meus sobrinhos e irmãos, quando começam a refilar com os programas de televisão, e digo-lhes sempre: ‘Mas a televisão tem um botão... vocês podem apagar!”. Hoje em dia, as pessoas são capazes de refilar mas não são capazes de ‘desligar o botão’. Mas isto é apenas uma pedagogia para o silêncio. Porque o silêncio é uma experiência de interioridade.

A oração é sempre a participação no silêncio de Deus. A oração é certamente a expressão principal dessa pedagogia do silêncio, mas por vezes é um silêncio muito atravessado por mensagens. Não é um silêncio pacífico, porque Deus precisa de tempo para se nos manifestar e revelar.

 

PRECES                                                        

Oremos irmãos, com toda a confiança a Deus Pai, que por amor nos enviou o seu Filho Jesus, o qual veio para servir e não para ser servido.

R. Ouvi-nos, Senhor.

1. Pela Santa Igreja,
Para que Deus não lhe falte com os servidores de que ela necessita, oremos irmãos

2. Pelo Santo Padre e pelos Bispos, sucessores dos Apóstolos,
Para que não lhes faltem os cooperadores necessários ao pastoreio do povo que Deus lhes confiou, oremos irmãos

3. Pelos sacerdotes que servem o povo cristão,
Para que, através da alegria com que vivem a sua entrega, Deus chame alguns jovens ao sacerdócio, oremos irmãos

4. Pelos padres que exercem o seu ministério nos Seminários,
Para que Deus os ilumine na sua missão de formadores dos futuros pastores do povo de Deus, oremos irmãos

5. Pelos seminaristas da nossa Diocese,
Para que Deus lhes dê o dom de perseverança e faça crescer o seu amor pelas multidões que andam como ovelhas sem pastor, oremos irmãos

6. Pelos membros dos institutos e famílias religiosas, e pelos que se preparam para neles ingressar para que, cheios do Espírito de Cristo, sejam sinal de comunhão na Igreja, oremos irmãos

7. Pelas famílias da nossa comunidade,
Para que os seus membros mais novos encontrem nelas “o primeiro seminário”, oremos irmãos

8. Por todos nós aqui presentes,
Para que recebendo pelas mãos do padre os meios necessários para a nossa salvação, reconheçamos nos Seminários “o coração da Diocese”, oremos irmãos

9. Pelos que trabalharam pelas vocações sacerdotais religiosas e missionárias e já partiram deste mundo, para que o Senhor os acolha na sua glória, oremos irmãos

 

PAI NOSSO

ORAÇÃO FINAL / BÊNÇÃO DO SANTÍSSIMO / CÂNTICO FINAL

  

________________________


Fórum Nacional das Vocações

 

Realizou-se nos passados dias 23 e 24 de outubro, no Santuário de Fátima, mais um Fórum Nacional das Vocações, este ano subordinado ao tema “Felizes os puros de coração”, o mesmo que acompanhará os jovens a Cracóvia para a Jornada Mundial da Juventude no próximo verão. Estiveram presentes cerca de 60 participantes, todos agentes de pastoral juvenil e vocacional de alguns Institutos de Vida Consagrada e Serviços Diocesanos. Depois das abordagens bíblica, antropológica e teológico-pastoral do tema, houve também um painel de testemunhos acerca de diferentes lugares de pastoral vocacional como a família, a escola e a comunidade paroquial.

  

________________________

 

Encontro de Animadores Paroquiais das Vocações

Continuando a tentar lançar na nossa Diocese uma rede paroquial de animação vocacional dos fiéis, famílias e comunidades, realizou-se neste Sábado, dia 31 de outubro, no Seminário dos Olivais uma manhã de oração, reflexão e partilha com os diferentes animadores paroquiais das vocações, com base no discurso do Papa Francisco aos Bispos de Portugal na última visita "Ad Limina Apostolorum", do passado dia 7 de setembro de 2015.

O caminho tem sido lento, mas continuamos a dar passos enquanto Diocese para o crescimento de um cuidado vocacional mais visível em cada paróquia. Cristo e a Igreja contam connosco para que o Seu chamamento amoroso chegue a todos os corações! Possamos responder-lhe generosamente: "Aqui estou, Senhor!"

 

________________________


Próximos acontecimentos em Agenda:

13 a 15 novembro – Visita do Pré-Seminário e do Sector diocesano das Vocações à Abrigada.

20 a 22 novembro – Visita do Pré-Seminário e do Sector diocesano das Vocações a Alcobaça.

27 novembro - Vigília das Ordenações diaconais, na Sé às 21h30.

29 novembro – Ordenações diaconais, no Mosteiro dos Jerónimos às 15h30.

5 a 6 dezembro – Visita do Pré-Seminário e do Sector diocesano das Vocações a Nova Oeiras.

 

Atividades Vocacionais

Pré-Seminário (informações e inscrições em www.preseminariodelisboa.net)

20 a 22 de novembro – Retiro dos Universitários: para rapazes do 12º e universitários.

18 a 20 de dezembro – Estágio de Natal: para rapazes do 7º e 8º anos.

20 a 23 de dezembro – Campanário de Natal: para rapazes do 9º, 10º e 11º anos.

 

Sector de Animação Vocacional (informações e inscrições em www.vocacoesxpto.net)

19 a 20 de dezembro – Luzeiro de Natal: para raparigas do 7º, 8º e 9º anos.

19 a 20 de dezembro – Luzeiro de Natal: para raparigas do 10º, 11º e 12º anos.

textos pela Pastoral das Vocações do Patriarcado de Lisboa
A OPINIÃO DE
Pe. Alexandre Palma
A ecologia parece um assunto novo. Ampliado pelo actual sobressalto ambiental, o termo e o tema determinam hoje muito da nossa agenda pública.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
De entre os episódios de violência e perseguição contra cristãos, têm vindo em particular evidência nos últimos tempos os ocorridos na Nigéria.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES