Na Tua Palavra |
D. Nuno Brás
A Mãe do Senhor vem até nós

Do próximo Domingo até ao dia 7 de Fevereiro, a Diocese de Lisboa recebe a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima. Irá passar praticamente por todas as paróquias, e todos terão a possibilidade de ir ao seu encontro.

Nós, cristãos, adoramos um único Deus – Aquele que, em Jesus de Nazaré, assumiu a natureza humana, fazendo-se “em tudo igual a nós, excepto no pecado”, como afirma a Carta aos Hebreus. Mas é precisamente esta realidade de o Verbo se ter feito carne que é central na pessoa da Virgem Maria. Nela, tudo nos fala deste Deus feito Homem. Pensada por Sua causa antes de toda a eternidade; disponível e acolhedora para a missão de Mãe que Deus lhe confiara; presente no seio da Igreja – dos primeiros tempos até hoje – gerando novos filhos para a fé, Nossa Senhora é sempre portadora de Cristo.

Quando foi ter com a velha Isabel que estava para ser mãe, a Virgem Maria fê-lo, certamente, num gesto de caridade e de ajuda para com a sua parente; esse encontro constituiu, ainda, um sinal, também para Ela, envolvida nessa realidade infinita de ser a Mãe de Deus; mas a visitação foi, sobretudo, uma celebração das maravilhas que Deus realiza na história dos homens e que, no seio da Virgem, atingiram o seu momento maior.

Durante três semanas, receberemos, também nós, a visita da Virgem Maria, presente duma forma particular através da sua imagem peregrina de Fátima – aquela de que a Irmã Lúcia afirmava se assemelhar melhor à Senhora que veio ao encontro dos pastorinhos na Cova da Iria.

Por onde passar, a imagem peregrina é sinal do amor divino – desse amor que não cessa nunca de nos mostrar a sua presença e companhia ao longo da nossa vida e apesar do nosso pecado. Será também um convite a que os nossos olhos se voltem para Jesus Cristo, de quem ela sempre fala. Mas será, sobretudo, um convite a celebrar as maravilhas que Deus realiza hoje em nós e à nossa volta.

Certamente: gostaremos que tudo tenha a marca da beleza e da festa. Mas deixemos, antes de tudo o resto, que a particular presença da Virgem nos toque o coração e nos aproxime cada vez mais de Seu Filho.

A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
No passado dia 18, ocorreu o centenário do nascimento de São João Paulo II. O último Papa a ser canonizado...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
À memória de João Gomes, discípulo do Cardeal Cardijn e dirigente da JOC. Vivemos um estranho paradoxo.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES