Especiais |
Opinião pelo padre Rui Pedro Trigo Carvalho, diretor da Pastoral Familiar do Patriarcado de Lisboa
Hino à família
<<
1/
>>
Imagem

‘A alegria do amor’ é a Exortação apostólica pós-sinodal que recolhe os resultados de dois Sínodos sobre a família convocados pelo Papa Francisco. Trata-se de um verdadeiro hino à família que salienta a beleza do amor total, fiel e indissolúvel entre homem e mulher que se torna fecundo na geração dos filhos, na educação dos mesmos, na família alargada e na sociedade. Aborda também a problemática das famílias feridas, da atitude pastoral que Igreja é chamada a desenvolver no cuidado pelas mesmas. Este documento coloca a família no centro da vida da Igreja, abordando esta temática com um grande realismo, de uma forma simples e bela. Afasta-se, portanto, da estéril contraposição entre a ânsia de mudança e a aplicação pura e simples de normas abstratas que marcou muitos debates ao longo desta caminhada sinodal.

A Exortação ‘Amoris laetitia’ traz-nos um olhar atento sobre a realidade da família do nosso tempo, desafiando-nos a colocar a família como centro da ação pastoral da Igreja e da vida das nossas sociedades. Os contributos que este documento nos deixa em temas como o da preparação e acompanhamento do matrimónio, a espiritualidade familiar, a educação dos filhos, a misericórdia no discernimento pastoral das situações familiares difíceis, são de uma grande riqueza e, decerto, ajudarão a conduzir as famílias e a Igreja, entendida como família de famílias, à plenitude de amor e comunhão que Deus nos promete.

A OPINIÃO DE
José Luís Nunes Martins
Aquilo que somos depende do que fazemos com o que recebemos. A nossa primeira responsabilidade será...
ver [+]

P. Manuel Barbosa, scj
Dialogar, escutar, discernir: três atitudes a marcar o processo sinodal iniciado em outubro de 2021 com as fases diocesana e nacional.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES