Juventude |
JMJ 2019, no Panamá
Apresentado o logótipo da JMJ 2019
<<
1/
>>
Imagem

A Igreja Católica no Panamá apresentou, no passado mês de maio, o logotipo da próxima edição da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que se vai realizar de 22 a 27 de janeiro de 2019.

 

A organização da Jornada Mundial da Juventude informa que no logotipo da nova edição da JMJ está representado o Panamá, o Canal do Panamá, a Cruz Peregrina e a imagem de Nossa Senhora com uma coroa de cinco pontos brancos. As figuras do logotipo no conjunto formam um coração, e a silhueta do Istmo panamense representa o local do evento escolhido pelo Papa Francisco, no ano passado em Cracóvia. O Canal do Panamá pretende simbolizar o caminho dos peregrinos que descobrem em Maria o meio para encontrarem-se com Jesus e os cinco pontos na coroa representam os peregrinos de cada continente.

Das 103 propostas recebidas, um júri de especialistas em desenho gráfico, marketing, entre outras profissões da área, selecionaram as melhores três ideias. Ambar Calvo, uma jovem de 20 anos, estudante de Arquitetura na Universidade do Panamá, foi a vencedora do concurso, escolhida Comité Executivo da JMJ, com o Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida da Santa Sé, a quem cabia a decisão final, informa a página da Jornada Mundial da Juventude na rede social Facebook. O arcebispo de Cidade do Panamá realçou o talento da juventude panamense porque o desenho “conseguiu captar” a mensagem que desejam enviar aos jovens do mundo, “a pequenez do país” e a “grandeza do coração”. “Os jovens são a reserva moral e humana das nossas sociedades e da própria Igreja, são capazes de transformá-las por inteiro, positivamente, se formos capazes de ensinar-lhes a amar como Jesus fez connosco”, desenvolveu D. José Ulloa Mendieta.

 

Patronos

No mesmo dia, o Comité Organizador Local divulgou os patronos da próxima JMJ: seis santos, quatro da América Latina e dois europeus, e dois beatos.

 

Os santos escolhidos da América Latina são São José Sánchez del Rio que morreu mártir aos 13 anos e foi canonizado pelo Papa Francisco, a 16 de outubro de 2016, é o padroeiro dos adolescentes mexicanos; São João Diego Cuauhtlatoatzin, índio asteca (México) e São Martinho de Lima (Peru), religioso Dominicano. Foi ainda escolhida Santa Rosa de Lima, da Ordem Terceira Dominicana, padroeira do Peru, e da Europa, o Papa polaco São João Paulo II, fundador dos encontros mundiais de jovens, e São João Bosco, que fundou a Pia Sociedade de S. Francisco de Sales, os Salesianos, e o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora.

A organização da JMJ 2019 escolheu também como patronos dois beatos: María Romero Menezes, de Granada na Nicarágua, do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, e o beato Oscar Romero de El Salvador.

texto por Agência Ecclesia

 

__________________


Mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial das Missões 2017

“Os jovens, esperança da missão”

 

“Os jovens são a esperança da missão”, afirma o Papa Francisco na mensagem para o Dia Mundial das Missões 2017, que vai ser assinalado a 22 de outubro.

 

“A pessoa de Jesus e a Boa Nova proclamada por Ele continuam a fascinar muitos jovens. Estes buscam percursos onde possam concretizar a coragem e os ímpetos do coração ao serviço da humanidade”, escreveu o Papa. ‘A missão no coração da fé cristã’ é o tema da mensagem para o Dia Mundial das Missões 2017 (22 de outubro) que foi publicada na Solenidade de Pentecostes, pelo Vaticano.

“Qual é o fundamento da missão? Qual é o coração da missão? Quais são as atitudes vitais da missão?”, são perguntas que o Papa considera que tocam “a própria identidade cristã” e as responsabilidades de crentes, “num mundo baralhado com tantas quimeras, ferido por grandes frustrações e dilacerado por numerosas guerras fratricidas, que injustamente atingem sobretudo os inocentes”.

Para Francisco o Sínodo dos Bispos – ‘Os jovens, a fé e o discernimento vocacional’ -, revela-se uma “ocasião providencial” para envolver os jovens na responsabilidade missionária comum, “que precisa da sua rica imaginação e criatividade”.

 “A missão da Igreja não é a propagação duma ideologia religiosa, nem mesmo a proposta duma ética sublime. No mundo, há muitos movimentos capazes de apresentar ideais elevados ou expressões éticas notáveis. Diversamente, através da missão da Igreja, é Jesus Cristo que continua a evangelizar e agir”, desenvolve ainda o Papa na mensagem que pode ser descarregada ou lida online no site da Santa Sé (www.vatican.va).

 

__________________


Centenário das Aparições

Fátima acolhe o Jubileu da Juventude

 

Com o tema ‘Segredo da paz, caminho do coração’, o Jubileu dos Jovens do Centenário das Aparições pretende ser uma peregrinação internacional à Cova da Iria.

 

Nos próximos dias 9 e 10 de setembro, Fátima será palco de um encontro destinado a jovens de Portugal e de outros países. O padre José Nuno Silva, responsável pelo Departamento da Pastoral Intergeracional do Santuário de Fátima, destaca que o lema tem “três palavras fortes”, e o itinerário do encontro vai desenvolver-se em torno dessa temática. O programa constará de quatros etapas ao longo dos dois dias: “Preparar a paz; o coração da paz; a paz do coração e viver a paz”.

O jubileu dos Jovens do Centenário vai começar oficialmente às 16h30 com a saudação a Nossa Senhora na Capelinha das Aparições. A concentração será na Cruz Alta e em peregrinação os jovens atravessarão o pórtico do jubileu. Às 18h00 farão o sentido inverso rumo à Basílica da Santíssima Trindade para a partir da imagem de Nossa Senhora viverem ‘O Coração da Paz’. Às 21h30 a concentração será na capelinha para a participação no Rosário e na Procissão de Velas – “Direta Pacis”.

A partir das 23h00, o festival ‘Para alcançar a Paz’ contará com a actuação de cantores profissionais, no parque junto ao Espaço Jovem Papa Francisco. Os artistas serão desafiados a “compor canções” sobre a paz. O padre José Nuno Silva adiantou que serão artistas com “impacto junto dos jovens” e intervenção cultural “compatível com o lugar” em termos de mensagem. Neste momento, escutar-se-ão também testemunhos de jovens ou pessoas que em jovens “tomaram decisões difíceis para alcançar a paz”, testemunhos de exigência de vida. A noite continuará com ‘A Paz do Coração’, uma Via-Sacra nos Valinhos,  etapa “marcada pelo silêncio”. E às 05h00 será o regresso à Basílica da Santíssima Trindade para ‘Viver a Paz’.

No Domingo, dia 10 de setembro, os jovens vão reunir-se, às 10h00, na Capelinha das Aparições para a oração do Rosário e uma hora depois participam na Missa, na esplanada de oração.

As inscrições serão abertas brevemente.

texto pelo Departamento Nacional da Pastoral da Juventude (www.dnpj.pt); fotos por Arlindo Homem

 

__________________


Vigília de Pentecostes

Maria, Casa do Espírito Santo

 

A Vigília de Pentecostes, que decorreu no passado dia 3 de junho, na Sé de Lisboa, foi centrada na vida de Nossa Senhora, sempre marcada pela presença do Espírito Santo. Publicamos o testemunho da jovem Sandra Ferreiro, da Paróquia da Amadora.

 

“Maria, mulher da Escuta, da Decisão e da Acção”. Foram estes os pontos de partida e as pistas de oração para os jovens presentes na Sé de Lisboa. A partir de textos do Papa Francisco, percorremos vários episódios da vida da Mãe de jesus, e neles realçando a sua permanente abertura aos sinais do Espírito Santo. Mas o desafio era também o de reconhecer essa presença constante do Espírito de Deus na nossa vida: nas decisões quotidianas, na ação junto dos nossos irmãos e na disponibilidade para acolher os dons que Ele sempre nos quer dar.

Como é hábito nesta vigília, houve ainda espaço para os jovens que seguem o Itinerário Juvenil proposto pelo Serviço da Juventude. Os que estão no primeiro ano fizeram o seu compromisso de se dedicarem “ao anúncio do Evangelho e ao testemunho da caridade”, e receberam a luz que os iluminará nesse caminho “para que a Igreja brilhe como sinal vivo de Jesus Cristo.” Os jovens que já estão no 3º ano juntaram-se aos primeiros e juntos receberam a bênção de envio.

O itinerário Juvenil é uma proposta / subsídio do Serviço da Juventude para grupos de jovens após o 10º ano de catequese. Destinado a animadores e disponível para download no site – http://www.juventude.patriarcado-lisboa.pt – tem a duração de três anos, sendo que dois foram revistos recentemente e será apresentada, em breve, a edição revista do terceiro ano.

testemunho por Sandra Ferreiro, Paróquia da Amadora

Na Tua Palavra
Não nos separemos d’Ele!
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
P. Nuno Amador
Joker, de Todd Phillips, é um filme sublime e perturbador. Sublime na lentidão certa com que nos dá...
ver [+]

Isilda Pegado
1. Na Universidade diziam-nos que quando entra a Justiça, já não há Família. E por isso, o chamado...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES