Especiais |
Bíblia Jovem YOUCAT
“Leiam a Bíblia!”
<<
1/
>>
Imagem

No prefácio do novo livro da coleção YOUCAT, o Papa Francisco pede aos jovens para lerem a Bíblia “com frequência”, e lembra os cristãos perseguidos por terem uma Bíblia – “um livro extremamente perigoso”. Um jovem brasileiro que colaborou na realização da obra realçou, ao Jornal VOZ DA VERDADE, que a Bíblia Jovem YOUCAT pretende ser “um contributo para a nova evangelização”.

 

Bíblia Jovem YOUCAT é o mais recente livro da coleção YOUCAT e está, desde o início deste mês de julho, disponível para venda em Portugal. Ao longo de 432 páginas, os jovens (mas não só) têm um conjunto de textos bíblicos selecionados, acompanhados de comentários curtos e explicação de palavras difíceis, testemunhos e citações de Santos, Papas e Pensadores. Também presentes estão – como é habito nesta coleção – os famosos bonecos stickman.

A Paulus é a editora da Bíblia Jovem YOUCAT em Portugal e o diretor-geral da editora, padre José Carlos Nunes, explica ao Jornal VOZ DA VERDADE como está organizada a publicação: “Uma seleção de textos de todos os livros da Bíblia, com introduções, breves comentários exegéticos, testemunhos de jovens sobre esses textos bíblicos e histórias das mais importantes personagens bíblicas”. Para este responsável, o livro “pretende aproximar mais os jovens da Bíblia, levando-lhes numa primeira abordagem uma leitura espiritual de alguns textos selecionados, para que depois ganhem gosto em aprofundar a Palavra de Deus e fazer dela o ‘tesouro das suas vidas’ – como refere o Papa Francisco, no prefácio”.

 

Aplicação

A Bíblia Jovem YOUCAT “nasce das perguntas e reflexões de jovens para ajudar outros jovens a compreenderem a beleza da nossa fé”, aponta o padre José Carlos Nunes, destacando a simplicidade e pertinência destas publicações para os jovens. “Esta coleção apresenta os principais documentos da Igreja de uma forma sintética mas profunda, numa linguagem simples (como o YOUCAT Catecismo, o DOCAT sobre a Doutrina Social da Igreja e agora a Bíblia), mas também para ajudar na preparação para os sacramentos (como o YOUCAT preparação para o Crisma, YOUCAT Confissão e, no próximo ano, o YOUCAT Primeira Comunhão)”, revela.

No prefácio da publicação (ver rodapé), que é escrito pelo Papa Francisco, os jovens são desafiados a não deixarem a Bíblia na “prateleira”. Para o diretor-geral da Paulus Editora, esta obra, através dos textos selecionados, “ajuda os jovens a terem uma ideia geral da história da Salvação narrada na Bíblia, sem se perderem na leitura de alguns livros que nem sempre são fáceis de compreender. As explicações, as citações e os testemunhos de outros jovens ajudam-nos a aprofundar os vários temas da Bíblia e a aplicá-los à própria vida”, argumenta.

 

Lugar da Palavra

Para além do contributo de especialistas da Sagrada Escritura, membros da Comissão Teológica Internacional e professores do Pontifício Instituto Bíblico de Roma, a elaboração da Bíblia Jovem YOUCAT teve a contribuição de muitos jovens católicos, de todo o mundo. Em declarações ao Jornal VOZ DA VERDADE, um dos jovens que colaborou no projeto, Jerônimo Lauricio, destaca a “alegria de colaborar” e explica como participou na elaboração deste livro da coleção YOUCAT. “Em 2014 fiz uma experiência, na Alemanha, durante três meses, para ajudar na elaboração do DOCAT e da Bíblia Jovem YOUCAT. A minha colaboração foi ajudar a encontrar frases dos três últimos Papas, especificamente sobre o lugar da Palavra de Deus na nossa vida. Foi uma alegria poder encontrar os ensinamentos acerca de como devemos cultivar, em nós, o desejo sincero de orientar a nossa vida à luz da Palavra de Deus, como uma bússola”, descreve este jovem brasileiro que também esteve ligado à seleção das fotos da publicação.

 

Nova evangelização

Como principal contributo deste livro para os jovens, Jerônimo destaca a importância que a Bíblia Jovem YOUCAT traz para a nova evangelização. “Hoje, a Igreja tem-nos pedido para sermos ‘discípulos missionários’, em saída. Mas antes de sair, precisamos de fazer uma experiência de ouvir de Deus o que Ele nos quer falar.

O Papa Francisco, no prefácio, refere que temos sempre de nos perguntar, diante da Palavra de Deus, o que aquele texto nos quer dizer. Eu digo que este livro nos orienta como uma rede: pesca-nos e leva-nos para águas mais profundas da nova evangelização”, aponta o jovem missionário YOUCAT, no Brasil, incentivando todos a lerem a Bíblia. “Vale a pena fazer a experiência de leitura da Bíblia Jovem. Não é uma Bíblia completa, mas uma Bíblia com coletâneas de textos para nos familiarizar e nos fazer enamorar pela Palavra de Deus. Isso faz com que a queiramos conhecer ainda mais!”, assegura Jerônimo.

 

_________________


Acompanhados pelo próprio Deus

Numa mensagem vídeo, por ocasião da publicação da edição Bíblia Jovem YOUCAT, o Cardeal-Patriarca de Lisboa manifestou alegria por esta obra que garante o acompanhamento que “todos nós precisamos”. “Somos acompanhados por uma série de personagens e episódios do povo bíblico, mas, sobretudo, somos acompanhados por Aquele que resume toda a história Bíblica e lhe dá o pleno significado”, referiu D. Manuel Clemente.

Na mensagem, que vai estar disponível brevemente em www.youtube.com/pauluseditora, o presidente da Conferência Episcopal Portuguesa convida também os adolescentes e jovens a deixarem-se ser “intensamente acompanhados” por Deus, “como Ele quis fazer caminho entre nós, neste mundo, e como os nossos antepassados na Fé guardaram nestas páginas, sobretudo, nesta vida transmitida”.

 

_________________


Prefácio

 

Meus queridos jovens amigos,

 

Se vocês vissem a minha Bíblia, talvez não ficassem muito impressionados. Diriam: «O quê? Esta é a Bíblia do Papa? Que livro tão velho e usado!» Poderiam também oferecer-me uma nova, talvez uma que custasse 1000 euros, mas eu não gostaria dela. Amo a minha velha Bíblia, aquela que me acompanhou durante metade da vida. Viu as minhas alegrias, foi banhada pelas minhas lágrimas: é o meu inestimável tesouro. Vivo dela e por nada no mundo me desfaço dela.

A Bíblia para os Jovens, que acabaram de abrir, agrada-me muito: é tão viva, tão rica em testemunhos de santos, de jovens, que dá vontade de a ler de uma só vez, desde a primeira até à última página. E depois? Depois escondem-na, fazem-na desaparecer numa prateleira de uma biblioteca, quem sabe atrás, na terceira fila, onde acaba por acumular pó. Até ao dia em que os vossos filhos a venderão numa feira de velharias. Não, isto não pode acontecer!

 

Quero dizer-vos uma coisa: na atualidade, mais do que no início da Igreja, os cristãos são perseguidos; por que razão? São perseguidos porque usam uma cruz e dão testemunho de Cristo; são condenados porque têm uma Bíblia. Então, a Bíblia é um livro extremamente perigoso, de tal forma que em certos países quem possui uma Bíblia é tratado como se escondesse granadas no armário! Mahatma Gandhi, que não era cristão, uma vez referiu: «A vocês cristãos é confiado um texto que tem em si uma quantidade de dinamite suficiente para fazer explodir em mil pedaços a civilização inteira, para colocar de cabeça para baixo o mundo e levar a paz a um planeta devastado pela guerra. Porém, tratam-no como se fosse simplesmente uma obra literária, nada mais do que isto.»

 

O que é que vocês têm, então, nas mãos? Uma obra-prima literária? Uma seleção de antigas e belas histórias? Neste caso, seria necessário dizer aos muitos cristãos que se deixam aprisionar e torturar pela Bíblia: «Vocês são realmente tolos e pouco sábios: é somente uma obra literária!» Não, com a Palavra de Deus, a luz veio ao mundo e nunca mais se apagou. Na minha Exortação Apostólica Evangelii gaudium (n.º 175) escrevi: «Nós não procuramos Deus tateando, nem precisamos de esperar que Ele nos dirija a palavra, porque realmente “Deus falou, já não é o grande desconhecido, mas mostrou-Se a Si mesmo”. Acolhamos o tesouro sublime da Palavra revelada!»

 

Portanto, vocês têm nas mãos algo de divino: um livro como fogo, um livro no qual Deus fala. Por isso, recordem-se: a Bíblia não é feita para ser colocada numa prateleira, mas para ser levada na mão, para ser lida frequentemente, a cada dia, quer sozinho, quer acompanhado. De facto, vocês praticam desporto em grupo, vão ao centro comercial acompanhados; porque não ler juntos, em grupos de dois, três ou quatro, a Bíblia? Talvez ao ar livre, imersos na natureza, no bosque, à beira-mar, de noite à luz das velas... fariam uma experiência forte e envolvente. Ou talvez tenham medo de parecer ridículos diante dos outros?

 

Leiam com atenção. Não permaneçam à superfície, como se faz com histórias de banda desenhada! A Palavra de Deus não pode ser lida com “uma vista de olhos”! Antes, perguntem-se: «O que diz este texto ao meu coração? Deus fala-me através desta palavra? É possível que suscite anseios, a minha sede profunda? O que devo fazer?» Somente desta forma a Palavra de Deus poderá mostrar toda a sua força; somente assim a nossa vida se poderá transformar, tornando-se plena e bela.

 

Quero confidenciar-vos como leio a minha velha Bíblia. Pego nela frequentemente, leio um pouco, depois coloco-a de lado e deixo que o Senhor olhe para mim. Não sou eu que olho para Ele, mas é Ele que olha para mim: Deus está realmente ali, presente. Assim que me deixo observar por Ele e escuto – e não é um certo sentimentalismo –, percebo no mais profundo do meu ser aquilo que o Senhor me diz. Às vezes não fala: então não ouço nada, somente vazio, vazio, vazio.... Mas, paciente, permaneço lá e espero por Ele, lendo e rezando. Rezo sentado, porque me faz mal ficar de joelhos. Por vezes, quando estou a rezar, chego até a adormecer, mas não há problema: sou como um filho próximo do seu pai, e isto é que interessa. Querem fazer-me feliz? Leiam a Bíblia!

 

Vosso

Papa Francisco

texto por Filipe Teixeira, fotos da Bíblia Jovem YOUCAT
A OPINIÃO DE
José Luís Nunes Martins
Talvez ainda tenha oportunidade para me perguntar sobre o que andei a fazer durante tanto tempo. Por...
ver [+]

P. Manuel Barbosa, scj
Nestes tempos de pandemia têm surgido orientações e reflexões para a vida cristã em família, em comunidade,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES