Especiais |
‘Crónicas ainda atuais’, de Pedro Vaz Patto, apresentado na Feira do Livro de Lisboa
“Textos são de uma extrema oportunidade”
<<
1/
>>
Imagem

O livro ‘Crónicas ainda atuais’, da autoria do jurista Pedro Vaz Patto, tem textos “providenciais”, referiu o Cardeal-Patriarca, D. Manuel Clemente, na sessão de apresentação da obra publicada pela Editorial Cáritas, que decorreu na Feira do Livro de Lisboa, no passado dia 11 de junho.

Sublinhando ser “muito providencial a participação” de Pedro Vaz Patto “nos debates”, o Cardeal-Patriarca considerou que, “numa sociedade que apresenta fraturas constantes”, textos como os do livro ‘Crónicas ainda atuais’ “são providenciais”. “São de uma extrema oportunidade”, apontou D. Manuel Clemente. “A sua atuação, quer na Igreja, quer na sociedade, quer no próprio palco mediático, transporta uma serenidade, uma ponderação, no aprofundamento dos assuntos e dos temas, depois na sua exposição, que não faz inimigos. Pelo contrário, convida à comunhão”, observou, no auditório central da Feira do Livro de Lisboa, destacando igualmente “a linguagem clara” dos artigos.

O Cardeal-Patriarca de Lisboa, que escreveu o prefácio da obra, destacou também “o trabalho e a intervenção pública” de Pedro Vaz Patto. “É das poucas vozes que se pronunciam, oralmente e por escrito, e que nunca se retrai, em qualquer debate ou participação para que seja convidado. É das poucas vozes que consegue estar em tudo isto com uma grande ponderação, com uma serenidade que faz perceber as questões, com calma e o que está em causa, com precisão. Isto, precisamente em relação a questões de que não foge”, salientou. “Em termos de convicção, em termos de percurso, em termos de família, em termos de profissão, em termos de preparação jurídica, em termos de participação eclesial, ele está particularmente bem colocado para o fazer. Outros estariam também, mas ele faz e nunca se demite de o fazer”, reforçou D. Manuel Clemente.

 

Pôr em comum

Intitulado ‘Crónicas ainda atuais’, este novo livro é uma coletânea de textos da autoria de Pedro Vaz Patto, publicados em diversos órgãos de comunicação, entre os quais a Revista ‘Cidade Nova’, do Movimento dos Focolares, e o Jornal VOZ DA VERDADE. Na apresentação, o autor, que é presidente da Comissão Nacional Justiça e Paz, disse ser “uma grande alegria” que os seus “escritos cheguem a mais pessoas”. “Quando escrevemos alguma coisa, em particular quando escrevo estes textos de opinião sobre assuntos de atualidade, acho que há alguma coisa de mim próprio nestes textos. Posso dar aquilo que tenho e que pode servir os outros. São as minhas ideias, é a forma como eu encaro a realidade e acredito que é minha obrigação pôr isto em comum, partilhar com outros”, garantiu, lembrando que procura escolher “temas relativos à defesa da vida, à defesa da família, mas também à justiça social, à questão dos imigrantes, das relações internacionais e da paz”.

Presente na apresentação da obra, o presidente da Cáritas Portuguesa, Eugénio Fonseca, destacou “o interesse por tudo o que o Dr. Pedro tem escrito, e continua a escrever, no jornal oficial do Patriarcado de Lisboa, VOZ DA VERDADE”. Na sua intervenção, este responsável salientou que a Editorial Cáritas “é mais um recurso que a Cáritas tem para fazer aquilo que é um dos seus desígnios e que faz parte da sua missão intrínseca: tornar este mundo mais humano”. “Em sete anos, temos 51 livros publicados. Com a Editorial Cáritas, queremos dar um contributo, subsídios, ao pensamento para que as pessoas possam transformar este mundo e tornar este mundo mais justo e mais fraterno”, revelou Eugénio Fonseca.

O diretor geral da Paulus Editora, que vai fazer a distribuição do livro ‘Crónicas ainda atuais’, referiu que “esta obra de qualidade vem enriquecer o panorama editorial em Portugal”. “Esta parceria indica um caminho de comunhão que a Igreja vai trilhando, para levar mais longe todos estes temas. Estas obras só fazem bem, se saírem do armazém”, salientou o padre José Carlos Nunes.

texto por Diogo Paiva Brandão; fotos por Arlindo Homem
A OPINIÃO DE
José Luís Nunes Martins
Talvez ainda tenha oportunidade para me perguntar sobre o que andei a fazer durante tanto tempo. Por...
ver [+]

P. Manuel Barbosa, scj
Nestes tempos de pandemia têm surgido orientações e reflexões para a vida cristã em família, em comunidade,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES