Bible Challenge |
Bible Challenge – nº33
Tiago Roque, seminarista
<<
1/
>>
Imagem
Video

Olá a todos, sou o Tiago Roque. Começo por agradecer à Telma este convite que me fez, esta passagem de testemunho. A Palavra que vos quero apresentar é a passagem de Lucas, capítulo nove, versículos 23 a 25. E diz o seguinte: «Dizia Jesus a todos: ‘Se alguém quer vir após Mim, renuncie a si mesmo, tome a sua Cruz, cada dia, e siga-Me. Pois, aquele que quiser salvar a sua vida a perderá; mas o que perder a sua vida por causa de Mim a salvará. Com efeito, que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder ou arruinar a si mesmo?’» (Lc 9, 23-25)

Esta Palavra toca-me especialmente porque me mostra o caminho do cristão, o caminho de vida. Jesus veio-nos abrir esse caminho, o caminho da Cruz, que nos ensina a encontrar o caminho da salvação, e por isso mostra-nos como, muitas vezes, aquilo que Deus nos pede, em cada momento – a Palavra diz mesmo: ‘cada dia’ –, é algo que nos custa, que é difícil, mas, por outro lado, é algo de muito bom, é algo que nos ajuda a encontrá-l’O e a levá-l’o, também, aos outros. E então, diante desta Palavra, parece-me importante perceber o que é isto da Cruz. Como dizia, é algo que me é difícil de viver, mas é também algo de muito bom. Portanto, pode ser uma pessoa – uma pessoa com a qual Deus me chama a estar, a crescer na relação, alguém com quem eu não tenho uma relação tão fácil –, pode ser também uma missão. E isso, a mim, diz-me muito, porque me faz recordar aquele dia de março de 2011 em que eu dei a minha resposta para vir aqui, para o seminário, fazer um percurso de descoberta daquilo que Deus quer para mim. Naquele dia, na praia, olhando o mar, recordava esta passagem em que Jesus nos chama a ir para além daquilo que são os nossos planos, os nossos projetos e aceitar aquilo que, porventura, pode ser mais difícil, mas que é o projeto de Deus para nós e, por isso, é muito bom. E aí percebi: ‘Vou arriscar, vamos ver no que é que isto dá’… e, passado oito anos, cá estou eu. Realmente, o caminho de Deus leva-nos à salvação e à alegria verdadeira.

Passo então este testemunho para a minha amiga Francisca Ferreira Marques, que é estudante, tem passado também pela experiência de animar campos de férias e de chefiar equipas de monitores. Portanto, pode ser interessante ouvir o testemunho dela e a passagem que ela tem para nos revelar da Sagrada Escritura. Muito obrigado!

 

Na Tua Palavra
O “lado certo” do progresso
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
«A Anunciação a Maria» de Paul Claudel (1868-1955), traduzida para português por Sophia de Mello Breyner...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Decididamente, a história de São Marcos Kitien Siang não é comum. De certo modo, este toxicodependente...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES