Bible Challenge |
Balanço da iniciativa ‘Bible Challenge – O desafio da Bíblia’
Um Livro que toca vidas
<<
1/
>>
Imagem

Foram 38 vídeos, todos sobre a Palavra de Deus. A iniciativa ‘Bible Challenge – O desafio da Bíblia’, promovida pelo Jornal VOZ DA VERDADE, em colaboração com a Paulus Editora, colocou sacerdotes e, sobretudo, leigos, homens e mulheres, jovens e menos jovens, a mostrarem como a Bíblia toca as suas vidas. “Foi uma iniciativa que teve por objetivo provocar para o testemunho”, salienta o padre Nuno Rosário Fernandes, diretor do semanário do Patriarcado de Lisboa.

 

“Saúdo vivamente esta iniciativa do nosso Jornal VOZ DA VERDADE, que acompanhará este ano pastoral – que aqui, no Patriarcado de Lisboa, dedicamos à Palavra de Deus como lugar onde nasce a fé –, trazendo aos nossos leitores o testemunho e a presença de vários de nós que diremos como é que a Palavra de Deus é, para nós, realmente, o lugar onde nasce a fé”. Foi com estas palavras que o Cardeal-Patriarca de Lisboa deu início, na edição do passado dia 29 de outubro, à iniciativa ‘Bible Challenge – O desafio da Bíblia’. D. Manuel Clemente foi o primeiro desafiado, pela direção do jornal, e escolheu, na altura, uma passagem bíblica da Carta de São Paulo aos Filipenses, “quando São Paulo diz que considerou todas as coisas que tinha sido antes, com prejuízo, comparadas com o bem supremo que é o conhecimento de Cristo, seu Senhor, Nosso Senhor”.

O ‘Bible Challenge’, que agora termina com o testemunho de D. Rino Fisichella, presidente do Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização, decorreu ao longo de todo o ano pastoral, com os vídeos a atingirem mais de 50 mil visualizações. Semana a semana, jornal a jornal, um vídeo era publicado no YouTube e no Facebook, transmitido no canal de televisão Angelus TV e o texto transcrito nas páginas deste semanário. Após 38 vídeos, o balanço é, segundo o diretor do Jornal VOZ DA VERDADE, “bastante positivo”. “A mais valia deste desafio foi ter conseguido trazer ao de cima testemunhos pessoais de cristãos, mais conhecidos ou menos conhecidos, que com esta iniciativa se sentiram provocados a olhar e refletir mais sobre a Palavra de Deus”, refere o padre Nuno Rosário Fernandes.

Esta iniciativa, segundo este sacerdote, tinha como objetivo “testemunhar a força da Palavra de Deus na vida de cada um” e “o modo como a Palavra está presente na vida dos cristãos, no dia a dia”. “Quisemos levar a uma dinâmica do testemunho da Palavra, pondo em destaque a vida que a Palavra traz à vida de cada um, e como esta vai acompanhando, no dia a dia, o caminho, as decisões, o trabalho, a família, o encontro com a Pessoa de Jesus”, acrescenta o padre Nuno.

 

Filho Pródigo

Ao longo dos últimos nove meses, vários cristãos foram desafiados, lançando, também eles, no final, o desafio a um amigo para prosseguir a leitura e reflexão da Palavra de Deus. Nos 38 vídeos do ‘Bible Challenge’, a grande maioria dos desafiados (34, portanto quase 90%) escolheu passagens do Novo Testamento, com destaque para o evangelista São Lucas, que foi lido em 14 ocasiões. Em termos de Evangelistas, estes foram escolhidos em 30 vídeos (após São Lucas, seguiu-se São Mateus, em nove vídeos, São João, em seis ocasiões, e São Marcos, lido uma vez). As Cartas de São Paulo (aos Filipenses, aos Coríntios, em duas ocasiões, e aos Romanos) foram selecionadas por quatro desafiados. Foram também quatro as passagens do Antigo Testamento que foram escolhidas nesta iniciativa: Génesis, Eclesiastes, Livro dos Salmos e Êxodo.

O episódio bíblico mais lido foi o do Filho Pródigo, ou Pai Misericordioso, como atualmente é interpretado. Uma escolha que, segundo o padre Nuno Rosário Fernandes, pode ser entendida como “um sinal da experiência que cada um vai fazendo do amor misericordioso de Deus nas suas vidas”, frisa o sacerdote, lembrando ainda “o recente Ano da Misericórdia, convocado pelo Papa Francisco”, como justificação para a escolha desta parábola.

 

Agradecimentos

Todos os vídeos do ‘Bible Challenge – O desafio da Bíblia’ tiveram a colaboração, na edição e montagem, da Paulus Editora. O diretor do Jornal VOZ DA VERDADE deixa “um agradecimento” à editora pela disponibilidade para esta colaboração, que permitiu, assim, que “estes testemunhos fossem ilustrados de uma forma mais apelativa”.

Também aos desafiados, na sua maioria leigos da diocese, o padre Nuno Rosário Fernandes deixa “uma palavra de incentivo para que continuem, sempre, nas suas vidas, a dar testemunho da Palavra de Deus”. “Este é um desafio não só aos que participaram nos vídeos, mas a todos os cristãos, para mostrarem, assim, o modo como a Bíblia é importante para as suas vidas”, termina o diretor do Jornal VOZ DA VERDADE, a propósito da iniciativa ‘Bible Challenge – O desafio da Bíblia’. 

 

_____________


1 - D. Manuel Clemente, Cardeal-Patriarca de Lisboa

«Por causa de Cristo, porém, tudo o que considerava como lucro, agora considero-o como perda.» (Fil 3, 7)

 

2 - João Pedro Tavares, presidente da ACEGE

«Tomé, chamado Gémeo, que era um dos Doze, não estava com eles quando Jesus veio.» (Jo 20, 24)

 

3 - Isabel Figueiredo, Renascença

«Naqueles dias, Jesus foi para a montanha a fim de rezar.» (Lc 6, 12)

 

4 - Pedro Gil, Opus Dei

«O Reino dos Céus é semelhante a um homem que semeou boa semente no seu campo.» (Mt 13, 24)

 

5 - Manuel Arouca, guionista

«Levanta os olhos para o céu e conta as estrelas, se fores capaz de as contar.» (Gen 15)

 

6 - Tozé Brito, músico e compositor

«Mestre, qual é o mandamento mais importante da Lei?» (Mt 22, 34-40)

 

7 - Pedro Vaz, músico

«Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, […] se não tiver amor, nada sou.» (Cor 13)

 

8 - João Só, músico

«Portanto, não fiqueis preocupados […] basta a cada dia a própria dificuldade.» (Mt 6, 31-34)

 

9 - Gonçalo Pratas, músico

«Esta viúva pobre deitou mais do que todos os outros, […] deitou tudo o que tinha para viver.»

(Lc 21, 1-4)

 

10 - Inês Poeiras, presidente da Associação Caminhos da Infância

«Subiu Simão Pedro e tirou a rede para terra, cheia de 153 peixes.» (Jo 21, 9-14)

 

11 - Francisca Carneiro, diretora do Centro Educativo Maria de Monserrate

«Todas as coisas têm o seu tempo e todas elas passam debaixo do céu.» (Ecl 3, 1-11)

 

12 - Isabel de Castro, pensionista da Administração Pública

«Naquele tempo, o Anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia chamada Nazaré.» (Lc 1, 26-38)

 

13 - Alfredo Mendes de Almeida, chefe de vendas

«A minha alma está numa tristeza de morte. Ficai aqui e vigiai comigo.» (Mt 26, 36-39)

 

14 - Luís Roquette, músico

«Buscai primeiramente o reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.» (Mt 6, 24-25.33)

 

15 - Maria Durão, terapeuta e compositora

«Jesus, lembra-te de mim quando estiveres no teu Reino.» (Lc 23, 39-42)

 

16 - Joana Carneiro, maestrina

«Caríssimos, amemo-nos uns aos outros, porque o amor vem de Deus.» (1 Jo 4, 7.12)

 

17 - Maria do Rosário Carneiro, ex-deputada

«É que, como num só corpo, temos muitos membros, mas os membros não têm todos a mesma função.» (Rom 12, 4-5)

 

18 - Emília Nadal, pintora

«Enchendo-se de compaixão, correu a lançar-se-lhe ao pescoço, cobrindo-o de beijos.» (Lc 15, 20)

 

19 - Maria Luísa Vaz Pinto, economista

«Este meu filho estava morto e reviveu, estava perdido e foi encontrado.» (Lc 15, 11-32)

 

20 - Cecília Vaz Pardal, pensionista da Administração Pública

«Vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão. E depois virás apresentar a tua oferta.» (Mt 5, 23-24)

 

21 - Inês Nolasco, médica

«Tu me envolves por todo o lado e sobre mim colocas a tua mão.» (Sl 139, 1-5)

 

22 - Ana Pinho, professora aposentada

«Quando chegou àquele local, Jesus levantou os olhos e disse-lhe: ‘Zaqueu, desce depressa’.» (Lc 19, 1-10)

 

23 - Clara Sequeira, professora

«Alegrai-vos comigo, porque achei a minha ovelha perdida.» (Lc 15, 4-7)

 

24 - Virgínia Monteiro, médica

«Quem ouve a Palavra do Reino e não a compreende, é como a semente que caiu à beira do caminho.» (Mt 13, 18-23)

 

25 - Catarina Santo, atuária

«Alegremo-nos, porque este meu filho estava morto e reviveu, estava perdido e encontrou-se.» (Lc 15, 11-32)

 

26 - Ana Palma, bancária

«Não temas Maria, porque encontraste graça diante de Deus.» (Lc 1, 30-35)

 

27 - Ana Falcão, técnica de Sistemas de Informação

«Saiu o semeador para semear a sua semente. [...] Uma vez nascida, deu fruto centuplicando.» (Lc 8, 4-8)

 

28 - Maria Meireles, música

«Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, sou como um bronze que soa.» (1Cor 13, 1-3)

 

29 - Nuno Cunha, engenheiro informático

«Vende tudo o que tens, dá o dinheiro aos pobres e terás um tesouro no Céu; depois, vem e segue-Me.» (Mt 19, 16-23)

 

30 - Diogo Ai, bioquímico

«O meu mandamento é este: amai-vos uns aos outros como Eu vos amei.» (Jo 15, 12-17)

 

31 - Pedro Oliveira, engenheiro informático

«Comamos e alegremo-nos, porque este meu filho estava morto e reviveu.» (Lc 15, 21-24)

 

32 - Telma Mendes, Recursos Humanos

«De facto, a Vida manifestou-se; nós vimo-la, dela damos testemunho.» (1 Jo 2, 1-4)

 

33 - Tiago Roque, seminarista

«Se alguém quer vir após Mim, renuncie a si mesmo, tome a sua Cruz, cada dia, e siga-Me.» (Lc 9, 23-25)

 

34 - Francisca Ferreira Marques, estudante de Direito

«Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes.» (Mt 9, 9-13)

 

35 - Padre Miguel Ribeiro, Espiritano

«O Senhor disse: ‘Eu vi, eu vi a miséria do meu Povo que está no Egipto (...) Eu conheço as suas angústias.» (Ex 3, 7-12)

 

36 - D. Joaquim Mendes, Bispo Auxiliar de Lisboa

«Eu estou no meio de vós, como aquele que serve.» (Lc 22, 27)

 

37 - D. Nuno Brás, Bispo Auxiliar de Lisboa

«Viu uma grande multidão e ficou cheio de compaixão por eles, pois estavam como ovelhas sem pastor.» (Mc 6, 31-34)

 

38 - D. Rino Fisichella, presidente do Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização

«Já não vos chamo servos, mas amigos porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi ao meu Pai.» (Jo 15, 15-16)

 

Veja todos os vídeos em: http://bit.ly/desafiobiblechallenge

texto por Diogo Paiva Brandão
Na Tua Palavra
Ir à Missa faz bem
por D. Nuno Brás
A OPINIÃO DE
P. Nuno Amador
No dia 2 de abril de 2005, morreu o Papa João Paulo II. Foi num sábado à tarde, início do Domingo da...
ver [+]

Isilda Pegado
1 – O Tribunal Constitucional chumbou, no passado mês de Abril (Ac. 225/2018), a chamada “maternidade...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES