Roma |
Roma
Papa convida a rezar o terço diariamente
<<
1/
>>
Imagem

Teve início, em Roma, o Sínodo dos Bispos dedicado à juventude que vai contar com participação de bispos chineses. Na semana em que o Papa Francisco pediu aos católicos para rezarem o terço todos os dias, foi divulgado o tema para o Dia Mundial das Comunicações Sociais, o Papa lamentou a tragédia na Indonésia e apelou a uma Igreja atenta a quem vive outras formas de união.

 

1. Iniciou em Roma, no passado dia 3 de outubro, a 15ª Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, com o tema ‘Os jovens, a fé e discernimento vocacional’. A reunião, que vai durar até 28 de outubro, conta, pela primeira vez, com a participação de dois bispos da China, revelou o secretário-geral do Sínodo dos Bispos.  A presença de dois bispos chineses no Vaticano representa o desanuviar das tensões entre a Santa Sé e a China, depois da assinatura, em Pequim, de um acordo provisório para a nomeação de bispos, principal motivo do conflito. “Vai haver dois bispos da China continental. Eles foram convidados pelo Papa. Acho que eles já estão a caminho de Roma”, disse o cardeal D. Lorenzo Baldisseri, acrescentando que “a Santa Sé já tinha convidado os bispos da China continental antes, mas eles nunca puderam comparecer”.   2. Na sequência das convulsões que a Igreja vive atualmente com os casos dos abusos praticados por membro do clero, o Papa Francisco pediu a todos os católicos para rezarem o terço durante o mês de outubro. Numa nota publicada dia 29, a Sala de Imprensa da Santa Sé revela que “o Santo Padre decidiu convidar o mundo todo a rezar o terço todos os dias, durante todo o mês mariano de outubro; e a unir-se assim em comunhão e penitência, como povo de Deus, pedindo à Santa Mãe de Deus e a São Miguel Arcanjo que protejam a Igreja do demónio, que sempre procura separar-nos de Deus e uns dos outros”. A nota sugere que os católicos complementem a oração do terço com duas orações, uma das quais é a mais antiga invocação conhecida de Nossa Senhora enquanto Mãe de Deus, conhecida em latim como ‘Sub Tuum Praesidium’ e que em português se reza assim: “À Vossa proteção recorremos, ó Santa Mãe de Deus, não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre, de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita”. Com este pedido, diz ainda a nota da Santa Sé, “o Santo Padre pede aos fiéis de todo o mundo que rezem para que a Santa Mãe de Deus coloque a Igreja sob o seu manto protetor: para a preservar dos ataques do maligno, o grande acusador, e torná-la, ao mesmo tempo, cada vez mais consciente das falhas, dos erros, dos abusos cometidos no presente e no passado e empenhada em combater sem qualquer hesitação para que o mal não prevaleça”. A informação termina com a transcrição da invocação de São Miguel Arcanjo, que o Papa sugere que também seja rezada durante o mês de outubro: “São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede nosso refúgio contra a maldade e as ciladas do demónio. Ordene-lhe Deus, instantemente o pedimos, e vós príncipe da milícia celeste, pelo Divino Poder, precipitai ao inferno a satanás e a todos os espíritos malignos, que andam pelo mundo para perder as almas”.   3. “‘Somos membros uns dos outros’ (Ef 4,25). Das ‘community’ às comunidades” é o tema escolhido pelo Papa Francisco para o Dia Mundial das Comunicações Sociais, em 2019. Segundo revelou, a 1 de outubro, a Sala de Imprensa da Santa Sé, o Papa vai propor uma “reflexão sobre a atualidade e a natureza das relações na internet”. “O tema sublinha a importância de dar à comunicação uma perspetiva mais ampla, baseada na pessoa, e enfatiza o valor da interação sempre entendido como oportunidade de diálogo e encontro com os outros”, refere a apresentação, sublinhando que a escolha do tema “confirma” a atenção do Papa sobre os “novos ambientes de comunicação e, em particular, para as redes sociais”. “Algumas tendências dominantes nas redes sociais suscitam uma pergunta fundamental: até que ponto se pode falar de verdadeira comunidade a partir das características que hoje têm algumas comunidades nas redes sociais? A metáfora da rede como comunidade solidária implica a construção de um ‘nós’, fundado na escuta do outro, no diálogo e, consequentemente, no uso responsável da linguagem”, salienta a Santa Sé. O Dia Mundial das Comunicações Sociais é celebrado no Domingo que antecede o Pentecostes e, no próximo ano, assinala-se a 26 de maio. A Sala de Imprensa da Sé divulga a mensagem do Papa para este dia na festa litúrgica de São Francisco de Sales, padroeiro dos jornalistas, a 24 de janeiro.   4. O Papa Francisco lamentou a tragédia na Indonésia, após o sismo e tsunami de dia 28 de setembro, que devastaram a ilha de Celebes. “Exprimo a minha proximidade à população da ilha de Celebes, na Indonésia, atingida por um forte marmoto. Rezo pelos mortos – muito numerosos – pelos feridos e por todos os que perderam a casa e o trabalho. Que o Senhor os console e sustenha as forças de todos os que se empenham a fazer chegar ajuda”, rezou o Papa, durante a oração do Angelus, no passado Domingo, 30 de setembro, convidando os presentes a rezar uma Avé Maria pelas vítimas.   5. A Igreja tem de estar mais atenta a quem tem outras formas de união, fora do casamento, propondo o ideal cristão de matrimónio, defendeu o Papa. “O horizonte da pastoral familiar diocesana tem de ser cada vez mais amplo, assumindo o estilo próprio do Evangelho, encontrando e acolhendo também aqueles jovens que escolhem conviver sem se casar. É preciso testemunhar-lhes a beleza do matrimónio”, lembrou o Papa Francisco, no dia 27 de setembro, aos participantes no curso sobre matrimónio e família, promovido pelo Tribunal da Rota Romana. Na Basílica de São João de Latrão, perante cerca de 850 párocos, diáconos permanentes, casais e agentes da pastoral da família, Francisco pediu ainda que o casamento seja visto como mais do que um “acontecimento social”. O sacramento, assinalou, “comporta uma preparação adequada e uma celebração consciente”, que pondere a “vontade de construir juntos algo que jamais deverá ser traído ou abandonado”.

Aura Miguel, jornalista da Renascença, à conversa com Diogo Paiva Brandão
A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
A encíclica «Fratelli tutti» (FT) é uma corajosa invocação de S. Francisco de Assis, a lembrar-nos que...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Deo gratias! No passado dia 10 de Outubro, foi beatificado Carlo Acutis, um jovem italiano de 15 anos, falecido em 2006.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES