Juventude |
Panamá 2019
Peregrinos de Lisboa a caminho da JMJ
<<
1/
>>
Imagem

Os jovens peregrinos de Lisboa preparam-se para o encontro com o Papa Francisco na próxima Jornada Mundial da Juventude em Janeiro, no Panamá.

No passado Domingo, dia 9, realizou-se o terceiro de quatro encontros de preparação dos peregrinos de Lisboa rumo à JMJ. Com o Serviço da Juventude do Patriarcado viaja um grupo de 27 jovens, oriundos de várias paróquias e movimentos da Diocese. Os dois encontros anteriores, em Outubro e Novembro, serviram também para se conhecerem mutuamente e partilharem as razões que os levam a participar neste encontro mundial da juventude com o Papa Francisco. Foi também oportunidade para conhecer melhor a história e factos do país da América Central que recebe a JMJ e ainda a vida de muitos mártires, jovens e adultos, daquela região do mundo que, fazendo frente á perseguição política e militar dos cristãos e da repressão sobre os mais pobres, deram a sua vida em nome de Jesus. Alguns foram mesmo escolhidos para patronos da Jornada, como é o caso de José Sánchez del Río, ou “Joselito”, um rapaz de 15 anos martirizado durante os confrontos violentos da chamada “guerra dos cristeros” no México, quando muitos cristãos se revoltaram e lutaram contra a legislação anti religião promulgada em 1926, que proibia o culto público e ordenava fechar as igrejas. Quando lhe propuseram salvar a vida em troca de se juntar ao movimento militar, respondeu: “Jamais, jamais! Antes morto! Eu não me quero unir com os inimigos de Cristo Rei! Fuzilem-me!”. Por isso foi preso na Igreja de Santiago Apostolo de Sahuayo, onde havia recebido o batismo, e que estava convertida em galinheiro, quartel e prisão e quatro dias depois, na noite do dia 10 de fevereiro de 1928, foi torturado e executado. Foi beatificado em novembro de 2005 por Bento XVI e canonizado em outubro de 2016 pelo Papa Francisco.

Para o terceiro encontro de preparação o Serviço da Juventude convidou também outros grupos de jovens da Diocese que estarão no Panamá, mas que viajarão em organização própria. Com base no tema da JMJ – “Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a vossa palavra” – os cerca de 50 jovens presentes rezaram a partir de textos do Papa Francisco, reflectindo sobre três marcas da vida de Nossa Senhora: Maria, mulher de Escuta, de Decisão e de Acção.

Este encontro contou ainda com a presença da Senhora Embaixadora do Panamá em Lisboa, Ilka Varela de Barés, que no final dirigiu algumas palavras aos peregrinos, falando do seu país, dos preparativos para a jornada, mas também das relações crescentes entre os dois países, reforçadas com a presença de cerca de 60 estudantes universitários panamenses em Portugal e com o trabalho de empresas portuguesas no Panamá. Destaque também para a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima ao Panamá, em 2017, que marcou fortemente os habitantes daquele país e qua agora se repetirá na JMJ.

O Serviço da Juventude terá ainda mais um encontro de preparação antes da partida, a 20 de Janeiro. No Panamá esperam-se cerca de 375.000 peregrinos, 500 bispos e 4.000 jornalistas de todo o mundo.

 

__________________ 

 

“Cinta Costera Uno” ou “faixa costeira” (na foto 2) é o local escolhido para acolher os Atos Centrais da JMJ 2019, entre 22 e 27 de janeiro, na Cidade do Panamá

A OPINIÃO DE
Pe. Alexandre Palma
Não aprecio o género. Não só por isso, mas também por isso, nem sequer sou conhecedor da matéria. Mas,...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
A comunicação social vem acompanhando com todo o interesse, quase como se de uma novela se tratasse,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES