Família |
Festa da Família
Mensagem do Cardeal-Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente
<<
1/
>>
Imagem

Convido-vos a todos para a Festa Diocesana da Família, Domingo 16 de junho, este ano na Quinta das Conchas em Lisboa (Lumiar). Será um belo dia, pela beleza de cada família como lugar de vida convivida e Igreja doméstica de oração e partilha.

Com toda a Diocese, viveremos a Liturgia como lugar de encontro com Deus e com os outros, sendo em cada família que esse encontro começa a acontecer, juntando gerações, sonhos e experiências compartilhadas.

É Domingo da Santíssima Trindade, lembrando que Deus é em si mesmo um encontro absoluto, do Pai com o Filho no amor do Espírito que os une.

A família é sinal desse amor, que origina e realiza a vida da criação inteira.

Convido-vos a convivermos esta magnífica realidade. Serão particularmente abençoados os casais que comemoram 10, 25, 50, 60 e mais anos de Matrimónio. Mas com eles todos os outros, sacramentos vivos do amor de Deus na Igreja e no mundo.

Convosco sempre,

+ Manuel, Cardeal-Patriarca


______________

 

Festa da Família 

A Pastoral Familiar do Patriarcado de Lisboa convida todas as famílias a participar em mais uma edição da Festa da Família, este ano no dia 16 de Junho de 2019.

A Festa da Família, pretende ser um dia festivo de celebração e encontro entre as famílias da Diocese de Lisboa e o seu Bispo, o Cardeal Patriarca D. Manuel Clemente. O objetivo desta jornada é celebrar a família e sensibilizar a Igreja e a sociedade para a importância da família como célula fundamental da sociedade. Para isso, procuramos com esta Jornada ir criando redes, sinergias e estruturas de pastoral familiar que permitam às várias famílias, paróquias e vigararias da Diocese de Lisboa ir realizando uma verdadeira pastoral familiar.

A Festa da Família de 2019 terá o tema: "Família: Lugar de Encontro com Deus".

Teremos várias atividades para todas as famílias: percursos de oração, animação musical, feira familiar entre outras atividades, bem como a celebração dos Jubileus Matrimoniais durante a Eucaristia, presidida pelo Cardeal Patriarca D. Manuel Clemente.

 

______________


Programa da Festa da Família 2019

10h00: Acolhimento

10h30: Oração da manhã

11h00: Feira Familiar (workshops, stands, atividades várias)

11h00: Espaço de Oração e Reconciliação

11h00: 7 Percursos: “famílias encontram famílias”

13h00: Piquenique

14h00: Festival da Família – apresentação de José Pedro Cobra, com a presença de Cuca Roseta, “Figo Maduro” e alguns testemunhos dos casais jubilares.

15h30: Palava do Senhor Patriarca aos casais jubilares

16h00: Eucaristia e bênção dos casais que celebram os jubileus matrimoniais

 

______________


Aspetos Práticos

A festa será na no Parque da Quintas das Conchas no Lumiar. É um espaço agradável com muitas sombras, no entanto é aconselhável trazer um chapéu de sol e água. Quem vier de carro pode estacionar perto da rotunda dos Corvos, na Avenida Eugénio de Andrade, na Avenida Álvaro Cunhal, ou nas ruas periféricas ao Parque. Para quem vier de transportes públicos, sugerimos a estação do Lumiar ou da Quinta das Conchas da linha amarela do Metro.

 

______________


Percursos da Festa da Família

Cada uma das realidades eclesiais mais presentes na Vigararia IV de Lisboa orientam um pequeno percurso pelo Parque da Quinta das Conchas, onde vão abordar de uma forma dinâmica e criativa cada uma das temáticas abaixo descritas.

 

Família e Amor Conjugal

A vida conjugal e familiar é uma caminhada de várias etapas e desafios que vamos vencendo em conjunto e que nos fortalecem. Em família quanto mais trabalhamos como equipa mais conseguimos alcançar. Como na vida familiar este percurso é uma surpresa que irão descobrir e suplantar em conjunto, com a ajuda dos pontos concretos de esforço e a inspiração do Pe. Caffarel, fundador do movimento das Equipas de Nossa Senhora e das Equipas de Jovens de Nossa Senhora. A atividade estará preparada para ser realizada pelas famílias como um todo pensando em famílias com filhos de todas as idades mas também sem filhos. Até lá, poderão saber mais sobre as Equipas de Nossa Senhora e sobre as Equipas de Jovens de Nossa Senhora nos sites: www.ens.pt e www.ejns.pt.

 

Família e Educação

Ao receber o enorme dom dos filhos, a família torna-se lugar privilegiado de educação. Educar os filhos ao serviço da sociedade, educá-los tal como e para o que Deus os criou. O principal propósito de um verdadeiro percurso educativo é o de enfrentar a realidade com uma proposta de significado. O Movimento Comunhão e Libertação apresenta às famílias do Patriarcado de Lisboa, o percurso de educação proposto pelo seu fundador, o Padre Luigi Giussani, e sobre o qual se baseiam as nossas próprias propostas educativas. Seguimos o livro “Educar é um Risco” onde se fala da educação enquanto introdução à realidade total. Na exposição, falaremos da tradição e autoridade (fontes da certeza e de uma proposta coerente de juízo) numa perspetiva nova e atraente; discutiremos a necessidade de verificar a força e a verdade da proposta através da experiência e da crítica; finalmente refletiremos sobre o risco que a liberdade implica quando o “eu” educado entra em diálogo e encontro com a consciência de uma proposta para a sua existência. O percurso da exposição foi preparado e será guiado pelas famílias do Movimento. Esperamos a oportunidade de testemunhar e partilhar com todas as outras famílias a aventura da vida e da educação.

 

Família Santuário Vivo

Que desafio é este?

Na essência significa que cada família tem como modelo a Sagrada Família de Nazaré.

Quem, melhor que a Mãe de Jesus, para nos ensinar e conduzir?

No Movimento Apostólico de Schoenstatt a proposta é que as famílias deem um lugar de destaque a Nossa Senhora nas suas casas, e aí estabeleçam com Ela uma relação dinâmica e diária, partilhando alegrias e dificuldades, pedindo e agradecendo tudo.  Por Seu lado, Ela encarregar-se-á de nos conduzir, orientar e educar para sermos Santuários vivos do Amor de Deus.

Venham à Festa da Família conhecer melhor o nosso itinerário e dinâmica, onde com a alegria própria de um cristão explicamos como um santuário se replica na família, lugar da aliança, do mistério e da afirmação da Fé.

 

Família e Comunidade

O Movimento Famílias Novas, nasceu em Itália em 1967 e está presente em todo o mundo. Faz sua e irradia no mundo da família a espiritualidade da unidade, típica dos Focolares de Chiara Lubich, uma novidade de vida que brota do Evangelho.

Com esta espiritualidade o amor em casal enriquece-se de gratuidade, reciprocidade e comunhão, onde a sobriedade e a partilha são o antídoto à sociedade de consumo. Vive da comunidade e gera a comunidade.

Olha de forma especial para os namorados, as famílias jovens, os casais em crise e os separados e promove um quotidiano educativo que faça germinar uma cultura do dar assente nos valores da família e da vida.

A Festa da Família é uma oportunidade, através de um ‘percurso’, de experimentarmos a reciprocidade entre a família e a comunidade. Reciprocidade essa que pode ser experimentada com propostas de atividades concretas em cada uma das 6 etapas do percurso, que procuram desafiar-nos a sermos mais “comunidade”, começando dentro da família e envolvendo todos os que nos passam ao lado.

 

Família e Transmissão da Fé

Na Igreja primitiva, quando o mundo era pagão, quem desejava ser cristão devia iniciar um itinerário de formação e de preparação ao Batismo, chamado "catecumenato". Hoje o processo de secularização tem levado muita gente a abandonar a fé e a Igreja. Por isso, torna-se necessário um itinerário de formação cristã. (S. João Paulo II) O Caminho Neocatecumenal não é um movimento ou uma associação, mas um instrumento das paróquias ao serviço dos Bispos, para iniciar, renovar e amadurecer na fé tantas pessoas que se encontram dentro ou longe da Igreja.

Neste percurso convidamos a que te ponhas em marcha, num processo de gestação à fé, dando a conhecer algumas das muitas formas da sua transmissão.

Iniciaremos com uma oração de laudes, que é ocasião especial para dar graças a Deus e transmitir a fé aos filhos com base na Palavra de Deus.

De seguida, iniciaremos uma caminhada, numa atitude de saída para a evangelização de famílias por famílias. No caminho iremos cantando levando ao mundo a alegria de ser cristão.

Terminaremos como anúncio do Kérygma que chama à conversão: a boa notícia da morte e da ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, “com efeito... Deus quis salvar aqueles que crêem mediante a loucura do Kérygma” (1 Cor 1,21). Esta “Palavra de salvação” chama à conversão e à fé, convida a reconhecer-se pecador, a acolher o perdão e o amor gratuito de Deus e a pôr-se a caminho para a própria transformação em Cristo, pela potência do Espírito.

 

Família e Periferias

 

«O homem é criado para louvar, reverenciar e servir a Deus Nosso Senhor, e assim salvar a sua alma».

A família cristã, entendida à luz do “Princípio e Fundamento” dos Exercícios Espirituais de Santo Inácio de Loyola, é lugar da aliança de amor, de fidelidade e de santificação. Ainda assim, tem que saber enfrentar as vicissitudes da vida na sua fragilidade, indo às vezes até às periferias da existência, acompanhada pelo amor misericordioso do Pai.

Neste percurso, as famílias são convidadas a caminhar em quatro etapas:

1. Que família somos no presente;

2. O modelo da Sagrada Família de Nazaré na sua experiência de viver nas periferias;

3. Que nos pede Jesus para crescer no amor;

4. Desafios para encontrar Deus em todas as coisas. 

 

 

Família e Sociedade

Encontrar Deus no trabalho e na família. Este é o desafio que propomos no caminho Família e Sociedade. Procurar Cristo na Família, na pessoa de cada um e nas mais pequenas e correntes tarefas diárias. Encontrar Cristo no meio das alegrias, mas também nos momentos difíceis ou sofridos. Amar Cristo na entrega diária, no sentido de serviço, na transmissão dos valores e virtudes, na partilha e no diálogo, e na abertura aos outros no meio do mundo. Neste percurso, damos a conhecer os ensinamentos de São Josemaria, fundador do Opus Dei. O Opus Dei ajuda a encontrar Cristo no trabalho, na vida familiar, e nas restantes atividades quotidianas. A sua finalidade é contribuir para essa missão evangelizadora da Igreja, promovendo entre fiéis cristãos uma vida coerente com a fé nas circunstâncias comuns da existência humana e principalmente através da santificação do trabalho e da vida familiar. Direção espiritual, retiros, palestras doutrinais e aulas de catecismo são algumas das atividades que organiza para ajudar as pessoas que desejam melhorar a vida espiritual e o compromisso evangelizador. Realizam-se em centros do Opus Dei, em igrejas e paróquias ou nas famílias, e estão abertas a qualquer pessoa.


______________


Oração em família

 

Celebrar com a Santíssima Trindade

 

16 de Junho “É Domingo da Santíssima Trindade, lembrando que Deus é em si mesmo um encontro absoluto, do Pai com o Filho no amor do Espírito que os une. A família é sinal desse amor, que origina e realiza a vida da criação inteira.”

D. Manuel Clemente na mensagem para a Festa da Família de 2019.

 

 

Proposta de oração:

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Ámen.

 

Oração

Deus Pai, que revelastes aos homens o vosso admirável mistério, enviando ao mundo a Palavra da verdade e o Espírito da santidade, concedei-nos que, na profissão da verdadeira fé, reconheçamos a glória da eterna Trindade e adoremos a Unidade na sua omnipotência. Por Nosso Senhor.

 

Leitura (Ef 4, 3-6)

Empenhai-vos em manter a unidade de espírito pelo vínculo da paz. Há um só corpo e um só Espírito, como há uma só esperança na vida a que fostes chamados. Há um só Senhor, uma só fé, um só Baptismo. Há um só Deus e Pai de todos, que está acima de todos, actua em todos e em todos Se encontra.

 

Acção de Graças

Cada um agradece por um dom particular de cada um os membros da sua família.

 

Preces

Deus Pai, por meio do Espírito Santo, vivificou o Corpo de Cristo, seu Filho, e estabeleceu-O como fonte de vida para os homens. Ao Deus Uno e Trino elevemos o nosso grito de louvor, dizendo:

Todos: «Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo».

Após esta oração, poderão fazer preces espontâneas. Após cada prece, repetimos: «Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo».

 

Pai Nosso

Ave Maria

Glória!

A OPINIÃO DE
Pe. Alexandre Palma
Não aprecio o género. Não só por isso, mas também por isso, nem sequer sou conhecedor da matéria. Mas,...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
A comunicação social vem acompanhando com todo o interesse, quase como se de uma novela se tratasse,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES